Início Região Jaboticabal Santa Clara inaugurou nova fábrica de fertilizantes especiais em Jaboticabal

Santa Clara inaugurou nova fábrica de fertilizantes especiais em Jaboticabal

- continua após a publicidade -

Com investimento da ordem de R$ 7,5 milhões, a Santa Clara Agrociência, empresa líder em inovação tecnológica na área de nutrição vegetal, inaugurou nesta quarta-feira (20), em Jaboticabal, interior de São Paulo, uma nova fábrica. Dotada dos equipamentos mais sofisticados existentes no mundo para o processamento de insumos de nutrição e proteção vegetal, a nova unidade ocupa uma área total de 4.200 m2, deve ampliar a produção dos atuais 2,5 milhões de kg/litros de insumos, para algo na casa dos 26,9 milhões de kg/litros por ano.

Em razão desse expressivo aumento previsto para a produção, o sistema de armazenamento concebido para a nova unidade teve, como princípio básico, a máxima eficiência nos diversos processos produtivos. “Na prática, isso significa que será possível armazenar uma quantia de produtos 5 vezes superior ao sistema convencional, pois o design interno da nova fábrica é todo verticalizado, com as etapas de paletização e movimentações de cargas praticamente toda ela automatizada, conferindo maior racionalização, segurança e agilidade no armazenamento e expedição dos produtos”, informou João Pedro Cury, CEO da empresa.

Os principais itens que serão produzidos na nova unidade são: formulações organominerais, de sais solúveis, de concentrados solúveis e síntese de componentes para produtos multifuncionais, além de compostos produzidos por meio de suspensões de nanopartículas. Diretamente, o novo empreendimento gerou 40 novos empregos diretos, além de 300 indiretos, considerando montagem, produção de equipamentos e pré-moldados, transporte, consultoria, construção civil, instalações de equipamentos, etc.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

De acordo com CEO da Santa Clara, a instalação da nova planta produtiva se insere no plano estratégico global que projeta um expressivo crescimento da companhia. “Nossa meta é estar, já em 2019, entre as 10 maiores indústrias brasileiras do segmento de tecnologia de nutrição vegetal e entre cinco maiores exportadoras do segmento”, afirma Cury, lembrando ainda que atualmente os produtos são exportados para 36 países. A estimativa da empresa para os próximos anos é conseguir um crescimento médio da ordem de 40% nos negócios, um percentual bastante expressivo, sobretudo quando se compara com uma média de crescimento dos últimos três anos que se manteve em torno dos 75%.

Entre os principais diferenciais tecnológicos da planta inaugurada nesta quarta, em Jaboticabal, estão: processo produtivo de alta eficiência e adaptados para a produção de fertilizantes; otimização de espaços que permite reduzir em 5 vezes a área de estocagem; menor transito e movimentação de cargas na fábrica, gerando maior segurança para a equipe industrial e menor consumo de combustível (até 50% de economia); estrutura de armazenagem adequada para garantir a adoção de processo FIFO (first in: first out) que otimiza o processo de expedição; e capacidade fabril para produzir fertilizantes com nanotecnologia. 

Optou-se por Jaboticabal para instalar a nova planta pela proximidade com universidades e centros de pesquisas agronômicas, pelas facilidades logísticas de recebimento de matéria-prima e expedição de produto acabado para os mercados interno e externo; acesso fácil à mão de obra qualificada; em função do custo de instalação ser bastante competitivo e pelo fato de a empresa já ter outras unidades na região.

Perfil Santa Clara Agrociência:

Fundada oficialmente em 1997, mas com uma bagagem de mais de 50 anos de experiência acumulada pelos seus idealizadores, a Santa Clara Agrociência é uma empresa líder em inovação tecnológica na área de nutrição e proteção vegetal no Brasil. Seu objetivo principal é contribuir com soluções inovadoras de qualidade na pesquisa, desenvolvimento, produção e distribuição de insumos que auxiliem no ganho de produtividade do agricultor brasileiro. Com fábricas em Jaboticabal-SP e Cravinhos-SP, além da sede administrativa em Ribeirão Preto, atualmente lidera um grupo de empresas que, além da Santa Clara, inclui: a CCA, voltada à produção de insumos para produtos de proteção vegetal; a Hydromol, destinada a fabricação para terceiros; e a Brazilian Seeds, focada na produção de sementes. O grupo emprega hoje 140 profissionais (considerando funcionários e promotores de venda), investe 5,3% de sua receita anual em P&D, exporta para 30 países, possui registradas 5 patentes de alta tecnologia na área e disponibiliza insumos avançados para todas as principais culturas do país.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Governo amplia vetos na lei que torna obrigatório o uso de máscara

Esses dispositivos vetados pelo presidente Jair Bolsonaro, poderiam ferir a inviolabilidade do domicílio privado.

Comunicado do Sindicato dos Servidores sobre presidente da ACIRP

Estranhamente, o líder empresarial entende que sua classe está sendo atingida por medidas determinadas por Antônio ou por João, mas, por receio ou conveniência, decide combater José.

Secretário do Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo acredita em melhora na economia da região no segundo semestre

No Webinar Avança 016 realizado pela Amcham, Marco Vinholi falou sobre expectativas para a retomada na região

Estado de SP tem queda de mortes por coronavírus pela 2ª semana seguida

Taxa de letalidade também caiu para 5% e é a menor já registrada desde o início da pandemia; dados apontam tendência de achatamento de curva

Com quarentena, varejo e serviços registram os piores resultados para um mês de abril

A estimativa da FecomercioSP é de que, em 100 dias do comércio não essencial de portas fechadas no Estado, o prejuízo tenha chegado a R$ 43,7 bilhões
- PUBLICIDADE -