InícioRegiãoDono de farmácia é preso em Serra Azul

Dono de farmácia é preso em Serra Azul

- continua após a publicidade -

Essa é a segunda vez que ex-líder do PMDB na cidade é preso em 23 dias.
Ex-líder do PMDB em Serra Azul (SP), Antônio Marcos Fagundes foi preso temporariamente nesta quarta-feira (5), pelo período de cinco dias, por suspeita de obstruir a investigação da Polícia Civil sobre o roubo de uma carga de medicamentos em Batatais (SP).

Fagundes, que é proprietário de uma farmácia na cidade e também estaria envolvido no roubo dos remédios, passou a coagir agentes da Vigilância Sanitária, de acordo com informações da Polícia Civil. Essa é a segunda vez que ele é preso em 23 dias.

O advogado Flávio Tiepolo negou as acusações contra Fagundes e disse que a nova prisão é desnecessária.
Apesar disso, o defensor afirmou que não pretende entrar com pedido de habeas corpus ao cliente.
Fagundes renunciou ao cargo no partido após a primeira prisão.

Na farmácia dele, a polícia apreendeu quatro lotes de medicamentos que constam no site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) como sendo produto de roubo. O estabelecimento foi lacrado por cinco dias.

“Ele informou que apenas vendia os produtos, era um receptador. Alegou que não participou do roubo. A princípio, ele responde por associação criminosa, receptação, coação no curso do processo e crime contra as relações de consumo”,

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

disse o delegado Eduardo Martinez.

Investigação
Fagundes foi preso pela primeira vez na noite de 12 de abril, após ser flagrado em Serrana (SP) dirigindo o veículo usado no roubo de medicamentos, na Rodovia Cândido Portinari (SP-334), na manhã do mesmo dia.

A vítima do assalto reconheceu o suspeito como um dos participantes do crime, segundo a Polícia Civil. Além disso, no porta-malas do automóvel foram encontradas as notas fiscais dos remédios levados pelos suspeitos, avaliados em R$ 50,5 mil.

“Ele foi identificado pela vítima, que anotou a placa do carro”,

afirmou Martinez, destacando que, nessa quarta-feira, após ser preso novamente, Fagundes indicou um local em Ribeirão Preto (SP) onde estava parte dos remédios roubados.

Defesa nega
O advogado Flávio Tiepolo negou que os lotes de medicamentos apreendidos na farmácia de Fagundes tenham sido roubados e também que o cliente estivesse intimidando agentes da Vigilância Sanitária de Serra Azul.

“O que ele pediu foi só agilidade no envio de documentos por parte da Vigilância, à Justiça”,

afirmou, destacando que o suspeito também não participou do roubo de remédios em Batatais. O advogado confirmou, no entanto, que o cliente conhece os autores do crime.

“O carro não é do Antônio Marcos, é de uma terceira pessoa e estava com ele naquele momento [da prisão]. Mas, sobre esse fato, eu teria que entrar no mérito da investigação e não posso fazer dessa forma”,

afirmou.

Tiepolo considerou desnecessária a nova prisão temporária de Fagundes, a segunda em 23 dias, mas disse que não entrará com pedidos de habeas corpus porque confia na inocência do cliente.

“Foi uma decisão da Justiça baseada em fatos novos, que apareceram nas investigações e que precisam ser esclarecidos. Vamos aguardar a apuração e estamos convencidos de que, antes do vencimento dessa prisão, ele será liberado”,

disse.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Subsídio do Casa Verde Amarela aumentará em até 21,4%

Acréscimo varia conforme região, renda familiar e tamanho da população

Câmara aprova limite da alíquota de ICMS sobre combustíveis

Acabou a farra dos governadores: Projeto também limita alíquota para eletricidade e telecomunicações

Cervejaria Colorado lança edição especial colecionável para celebrar o João Rock 2022

No estilo American Lager e produzida com mandioca, cerveja possui 4,2% de teor alcoólico e 18 IBU e chega em seis embalagens diferentes

4 verdades sobre empréstimo online que você precisa conhecer

Existem muitos mitos sobre o empréstimo online. É seguro? Mais caro? É possível conseguir crédito para negativado? Descubra neste artigo.
- PUBLICIDADE -