Início Região Cássia dos Coqueiros Carreta da mamografia chega a Cássia dos Coqueiros que ainda recebe nova...

Carreta da mamografia chega a Cássia dos Coqueiros que ainda recebe nova ambulância

- continua após a publicidade -

O governador Geraldo Alckmin acompanhou nesta quarta-feira, 26, a chegada da carreta-móvel do programa “Mulheres de Peito”, da Secretaria de Estado da Saúde, à cidade de Cássia dos Coqueiros, na região de Ribeirão Preto. O veículo oferece mamografias grátis sem necessidade de pedido médico para mulheres entre 50 e 69 anos de idade.

O governador explicou a importância dos serviços oferecidos pela carreta na prevenção ao câncer. “A primeira causa de morte é coração e grandes vasos, que está diminuindo. A segunda causa é o câncer, sendo que o mais preocupante nas mulheres é o de mama. Por isso nós lançamos um programa para prevenção e tratamento do câncer, do qual a carreta faz parte”, afirmou Alckmin.

O veículo permanecerá no município até o próximo dia 5 de agosto, em frente ao Centro Comunitário da cidade, localizado na rua Padre Cassiano, s/n, Centro.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A carreta oferece exames de mamografia de segunda à sexta-feira, das 9h à 18h, e aos sábados, das 9h às 13h, exceto feriados. As imagens captadas pelos mamógrafos são encaminhadas para o Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem (Sedi), serviço da Secretaria que emite laudos à distância, na capital paulista. O resultado sai em até 48 horas após a realização do procedimento.

Para as mulheres entre 50 e 69 anos de idade, não há necessidade de pedido médico de mamografia para a realização do exame nas unidades móveis. Pacientes fora dessa faixa etária também poderão realizar os exames, desde que tenham em mãos um pedido médico que pode ter sido emitido tanto pela rede pública quanto particular.

A iniciativa da Secretaria tem como objetivo ampliar o acesso e incentivar as mulheres a realizarem exames de mamografia pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em todo o Estado. Para isso, cinco carretas-móveis percorrem os municípios paulistas ininterruptamente.

As unidades móveis de mamografia contam com uma equipe multidisciplinar composta por técnicos em radiologia, profissionais de enfermagem, funcionários administrativos e um médico ultrassonografista.

As carretas possuem 15 metros de comprimento, 4,10 metros de altura e, quando abertas, 4,90 metros de largura. Além do mamógrafo, cada veículo é equipado com aparelho ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antenas de satélite, computadores, mobiliários e sanitários.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Desde o início do programa, em 2014, até o momento, já foram realizadas mais de 124.434 mamografias, 5.124 ultrassonografias de mama, 573 biópsias de mama e encaminharam 1.625 mulheres para tratamento oncológico em unidades estaduais. As carretas já percorreram 155 localidades em SP.

0800
Mulheres paulistas com idades entre 50 e 69 anos, que nasceram em ano ímpar e fazem aniversário no mês de junho já podem marcar seus exames de mamografia sem necessidade de pedido médico, gratuitamente, pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Caso a mulher tenha nascido em ano ímpar e esteja há mais de dois anos sem fazer o exame, também poderá fazer o agendamento no mês de seu aniversário ainda neste ano.

Essa é uma iniciativa complementar às carretas-itinerantes, que tem como objetivo rastrear ativamente o câncer de mama e incentivar a realização de exames preventivos para detecção da doença.

Para fazer o agendamento da mamografia basta ligar para o callcenter da Secretaria, pelo número 0800-779-0000. O serviço telefônico estará disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às17h. Neste caso, os exames não serão realizados nas carretas, e sim em um dos 300 serviços com mamógrafo do SUS paulista.

As mulheres nascidas em ano par e que realizaram o exame recentemente terão a oportunidade de agendar a mamografia no próximo ano, também no mês do aniversário, em unidades como AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades), hospitais e clínicas.

A previsão é de que a mamografia seja realizada ainda no mês de aniversário da paciente ou, no máximo, em 45 dias após a solicitação do exame. Caso sejam detectadas alterações no exame ou suspeitas de câncer, a paciente será encaminhada a um serviço de referência do SUS para fazer exames complementares, acompanhamento ou tratamento, de acordo com cada caso.

“O câncer de mama é a maior causa de morte por tumores em mulheres no Brasil e também em São Paulo. O objetivo desse programa é ampliar e facilitar o acesso das mulheres ao exame de mamografia e, consequentemente, agilizar o diagnóstico e tratamento para a doença que possui grandes chances de cura se for descoberta e tratada precocemente”, afirma o secretário de Estado da Saúde de São Paulo, David Uip.

Aquisição de Ambulância
Ainda em Cassia dos Coqueiros, Alckmin assinou convênio com o município para aquisição de ambulância, no total de R$ 110 mil.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

SINCOVARP e CDL realizam ações de Natal no comércio de Ribeirão Preto

O NATAL MAIS RIBEIRÃO reúne iniciativas que vão de estímulo às vendas até cultura, entretenimento e conscientização sobre a prevenção e combate ao Covid-19

Agrishow anuncia alteração da data de realização na edição 2021

A feira estava prevista para acontecer no final de abril do próximo ano.

Trafico: Mulher melancia foi presa

A suspeita foi detida à cerca de 100 Km de Ribeirão Preto, enquanto ia de ônibus até o Rio de Janeiro.

Comercio de Ribeirão Preto poderá funcionar até 22 horas

O comercio não pode exceder 10 horas diárias, com isso precisarão se adaptar para atendimento noturno.

Dezembro Vermelho começa com “Dia Mundial de Luta Contra a Aids” em Ribeirão Preto

Testagem para HIV e Sífilis será reforçada de 1º a 5 de dezembro nas unidades de saúde da rede municipal