Início Região Araraquara Araraquara do PTista Edinho Silva continuava cortando energia elétrica, mas foi proibido...

Araraquara do PTista Edinho Silva continuava cortando energia elétrica, mas foi proibido pela justiça

Defensoria de SP obtém decisão em Araraquara que determina religamento de energia elétrica em residência com fornecimento interrompido

- continua após a publicidade -

Defensoria de SP obtém decisão em Araraquara que determina religamento de energia elétrica em residência cujo fornecimento tinha sido interrompido em razão de débitos antigos

A Defensoria Pública de SP na cidade de Araraquara obteve uma decisão judicial liminar que determina o religamento de energia elétrica em uma residência, cujo fornecimento havia sido interrompido em razão de contas não pagas há mais de 6 anos.

A ação foi proposta na última quarta-feira, após atendimento remoto realizado pela Defensoria Pública, em razão da pandemia do novo coronavírus.

arquivo

Consta dos autos que, em maio de 2013, o casal de idosos, que morava em Araraquara, mudou-se para Recife, em Pernambuco. Apenas em dezembro de 2019 eles retornaram para a casa em que moravam no interior paulista. Durante esse período, a residência permaneceu fechada, sem consumo. Em razão dos débitos antigos, a concessionária de energia elétrica negou o restabelecimento do serviço.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Na ação, o Defensor Público Mateus Bortoletto Raddi, que atuou no caso, apontou que os débitos antigos não podem ser invocados como motivo idôneo à interrupção no fornecimento de energia. Ele também diz que a ausência de fornecimento de energia elétrica configura o chamado “perigo de dano”, uma vez que este insumo é necessário “para que os idosos possam viver com a mínima dignidade”.

foto arquivo

Na decisão liminar, o Juiz Paulo Luis Aparecido Treviso, da 3ª Vara Cível de Araraquara, considerou descabida a interrupção do fornecimento de energia em razão de débito pretéritos.

“Em se tratando de bem de inestimável importância à subsistência de consumidores, a interrupção do serviço somente se justifica quando o inadimplemento disser respeito às contas regulares”. Assim, determinou que a empresa concessionária de energia elétrica promova o restabelecimento do serviço em até 48 horas.

arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Anvisa autoriza testes da vacina contra o coronavírus

nscrições para a terceira fase dos ensaios clínicos começam dia 13 de julho e processo de testagem será iniciado dia 20 na Escola da Faculdade de Medicina da USP de Ribeirão Preto.

Supermercados tem novo horário de funcionamento em Ribeirão Preto

Em virtude do novo decreto da prefeitura do município, em relação ao horário do comércio, as lojas da rede fizeram adaptações para o atendimento aos clientes

1ª Miss Brasil, Martha Rocha morre no Rio

Em julho de 1954, logo depois de chegar aos Estados Unidos, tornou-se a favorita nas casas de apostas para vencer o Miss Universo.

Peste negra volta assustar o mundo

Estima-se que a Peste Negra tenha matado até 60% da população da Europa. Só estamos no inicio do segundo semestre de 2020

Proibições: Praças, compra em mercados em família, policia multa cidadão e esquece bandidos, lei seca a noite. Isso é em Cuba não é em...

Mesmo após 120 dias de quarentena o prefeito não nega a determinação de um lockdown. Para que ficamos parado todo este tempo?
- PUBLICIDADE -