• Política
Início Política Grave Denuncia: Programado atentado contra Bolsonaro no dia 12 na UFPEL de...

Grave Denuncia: Programado atentado contra Bolsonaro no dia 12 na UFPEL de Pelotas

Alguém se voluntaria aí pra dar uma facada direito ?

- continua após a publicidade -

A Polícia Federal e o MPF já começaram a apurar as denúncias que receberam sobre ameaças de atentado contra Jair Bolsonaro, tudo programado para ocorrer na segunda-feira, quando da visita do presidente a Pelotas, segunda-feira. Bolsonaro visitará Pelotas, Cristal e Canguçu, quando inaugurará a duplicação do trecho de 47 kms da BR-116, obras realizadas pelo Exército.

O editor está de posse das cópias das ameaças feitas via página fechada do Facebook, intitulada Grupo UFPEL. A Universidade Federal de Pelotas nega qualquer ligação com a página.

Dezenas de mensagens foram printadas por, Miguel Pagano, que entregou tudo na PF e no MPF. As ameaças estão todas assinadas. Uma das mensagens, assinada por Tess Gonçalves, ameaça:
Alguém se voluntaria aí pra dar uma facada direito ?

Existem até instruções de como fabricar bombas caseiras e explodir o palanque de Bolsonaro.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -



Miguel Pagano também foi ameaçado de morte, em consequência de suas denúncias. Uma das ameaças, assinada por alguém que se intitula Paulo Cerqueira, diz o seguinte: “Esse Miguel Pagano tá arranjando jeito de se foder bonito !”. Juliana de Moraes Xismendes tuitou em seguida:”Esse é um bolsomínio de plantão”.

As ações são orquestradas e combinadas em reuniões no sindicato da alimentação de Pelotas, ou seja; com a participação da companheirada.

Os “estudantes” bandidos que usam o dinheiro do nosso imposto para programar atentado contra autoridade, festas e anarquia, e ninguem pode fazer nada. Este é o Brasil que o poste mija no cachorro, pais onde deuses de toga mandam e desmandam e ninguem pode fazer nada.
Pais onde quem coloca bandido na cadeia acaba perseguido, e ladrões de informações são heróis.

É provável que nas próximas manifestações troquem as camisetas de Che Guevara pela de Adelio Bispo.

Esta cambada com nome e fotos, precisam ser cobrados e forma exemplar, ou teremos uma milícia agindo dentro das universidades. Professores, reitores precisam ser cobrados, pois ser fazem de rogado, mas é claro que estão cientes de tudo.

publicidade
publicidade

Últimas Notícias

Hard Rock Cafe Ribeirão Preto anuncia mais de 100 vagas de emprego

O Job Fair do Hard Rock Ribeirão Preto espera receber mais de dois mil candidatos para a seleção

Inscrições abertas para a edição comemorativa de 20 anos do Voluntários do Sertão.

A próxima edição do projeto acontecerá de 18 a 26 de abril de 2020, em cidade ainda a ser definida.

Devido ao grande sucesso, acontece dia 10 mais uma vivencia de Ho’oponopono

O que é o Ho’oponoponoLiteralmente, na língua havaiana, Ho’o significa “causa”, e ponopono é definido como ...
Darcy Vera expõe vereadores e fala da base política em Ribeirão Preto

Lula de sai: Darcy Vera ganha liberdade

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça tornou sem efeito a prisão preventiva determinada contra a ex-prefeita de Ribeirão Preto (SP)...

Chegada do Papai Noel da ACIRP movimenta cerca de 6 mil pessoas

Parada do Natal Luz Ribeirão aconteceu na noite da terça-feira, dia 3, na Esplanada do Theatro Pedro II

Inscrições para o Sisu vão de 21 a 24 de janeiro; confira o cronograma

Por meio do sistema, instituições selecionam estudantes para a educação superior pública

Instituição Aparecido Savegnago apresenta Quebra Nozes no dia 9

O 1º Espetáculo de Dança e Música da instituição será realizado às 19h30 no Teatro Municipal de Sertãozinho

Santa Helena lança espaço personalizado na nova loja Olianchi Ribeirão

Ambiente será inaugurado em dezembro e trará uma apresentação completa dos produtos da empresa

Shopping Iguatemi promove Feira de Adoção de Animais neste sábado

No próximo dia 7 de dezembro, o Shopping Iguatemi Ribeirão Preto realiza a última edição do ano de sua tradicional Feira de...

Casa da Memória Italiana ganha novas áreas de convivência

Projeto teve início em 2018 e preserva o estilo arquitetônico original do quintal mantendo a distribuição dos espaços
- PUBLICIDADE -