InícioPolicialApós 19 anos Cury é condenado a 9 anos mas sai pela...

Após 19 anos Cury é condenado a 9 anos mas sai pela porta da frente

- continua após a publicidade -

Em júri popular com quase 12 horas de julgamento no Fórum de Ribeirão Preto, o usineiro Marcelo Cury, foi condenado nesta quinta-feira (25) a 9 anos de prisão pelo assassinato de João Falco Neto, ocorrido no dia 5 de abril de 1997. Apesar da sentença, ele saiu pela porta da frente e vai responder em liberdade.

Ainda foi condenado por homicídio culposo de Marco Antônio de Paula e pela tentativa de homicídio de Sérgio Alberto Nadruz Coelho, cujas penas já prescreveram.

O promotor de acusação do Eliseu Berardo considerou “um deboche” um laudo apresentado pela defesa de Marcelo Cury no júri do caso, na tarde desta quinta-feira, 25.
Ele aponta que o documento preparado pelo perito Ricardo Molina é um “ato de má fé”, e que é o último recurso utilizado pela defesa depois de diversos recursos para adiar o julgamento.

“O Marcelo contratou os melhores profissionais, e por isso estamos aqui 19 anos depois. O Marcelo sempre teve crença na impunidade”, afirmou o promotor, que também não eximiu as vítimas de serem pessoas “briguentas”, como definiu.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Antes do julgamento familiares fizeram uma manifestação em frente ao fórum, mas com o resultado do julgamento não podem se dar por satisfeitos.

Embora o crime tenha ocorrido há 19 anos, Cury nunca havia sido julgado e conseguiu postergar o júri graças a manobras jurídicas. Foi defendido pelo ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos (1935-2014) e, atualmente, é cliente do escritório de Antônio Cláudio Mariz de Oliveira.

O promotor considerou a decisão “lamentável”. “E vai recorrer em liberdade, acredite se quiser”, disse.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Organização IYF e empresas parceiras adotam como missão o desenvolvimento social e econômico do país

A essência da responsabilidade social está em adotar atitudes benéficas e proativas para a sociedade e o meio ambiente.

Cerca de 40 mil pessoas não retornaram para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19

Dados são Vigilância Epidemiológica, que conclama a população a procurar os postos de vacinação e manter o controle da doença

“Concertos Internacionais” apresenta homenagem a Astor Piazzolla

Concerto será transmitido no dia 23 de outubro, às 19h, como parte das comemorações de 91 anos do Theatro Pedro II

Nogueira quer que você receba agua do Rio Pardo nas torneiras

Hoje a agua do DAERP é do aquífero guarani, uma agua mineral será substituída por aguas do Rio Pardo. Você aprova esta mudança?

Atenção: Alerta para tentativa de golpe contra aposentados

Instituto de Previdência orienta beneficiários a não informar dados pessoais ou bancários
- PUBLICIDADE -