InícioEspeciaisFestival TanabataSecretaria do Meio Ambiente orienta montagem do Tanabata

Secretaria do Meio Ambiente orienta montagem do Tanabata

- continua após a publicidade -

O tradicional Festival Tanabata, realizado em um dos cartões postais de Ribeirão Preto, o Parque Municipal do Morro de São Bento, está seguindo orientações da Secretaria de Meio Ambiente para organizar a montagem da festa e atender diretrizes ambientais como cuidado com ruídos e descarte de rejeitos.

O Parque Municipal do Morro de São Bento, que receberá o Tanabata no próximo final de semana, entre os dias 6 e 8 de julho, é o ponto mais alto da cidade (519 metros) e sua utilização segue parâmetros ambientais estabelecidos por lei.

A montagem e a infraestrutura do Festival foram planejadas para que o evento não impacte os ecossistemas naturais durante os três dias de festa no complexo cultural que compreende a Casa da Cultura, Teatros de Arena e Municipal e as praças do entorno.

A pedido da organização do 24º Festival Tanabata, sob orientação da Secretaria Municipal da Cultura, foi elaborado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente um documento que preconiza medidas para garantir que o evento fique em conformidade com os padrões legais. Na lista de ações sustentáveis estão o cuidado com a emissão de sons e ruídos, o direcionamento das águas residuais para a rede coletora de esgoto e o manejo adequado do óleo de cozinha, que deve ser acondicionado e corretamente destinado.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Para cuidar dos resíduos sólidos (lixo convencional e material reciclável), uma equipe do Projeto Catasonho será designada ao evento. De acordo com Kelly Cristina da Silva, que vai coordenar aproximadamente 10 catadores, a atuação no 24º Festival Tanabata está muito próxima daquilo que é desenvolvido no dia a dia deles: coletar, triar e vender materiais recicláveis.

O Projeto Catasonho visa melhorar a qualidade de vida do catador, tirando-o da informalidade, e é coordenado pelo Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Preto, tendo a FEA-USP como parceira. “Com essa iniciativa, o catador conquistará benefícios como renda financeira e, principalmente, a autoestima”, ressalta.

Além da preocupação ambiental, das decisões sobre as atrações artísticas nos dois palcos, dos mais de 60 expositores confirmados, da ampla oferta gastronômica e das oficinas culturais, o 24º Festival Tanabata investe também na comodidade dos visitantes. Nesse quesito, uma das novidades é o contêiner sanitário. O módulo habitacional, como também é conhecido esse tipo de banheiro, comporta até sete usuários.

Serão quatro unidades presentes no festival, possibilitando que 28 pessoas utilizem a estrutura ao mesmo tempo. A empresa fornecedora do serviço garantirá a manutenção e a limpeza do equipamento que, segundo ela, oferece o mesmo conforto de um banheiro de alvenaria convencional.

O constante aprimoramento do festival, famoso por receber milhares de pessoas num único final de semana, é assegurado por medidas atualizadas de segurança, como as do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) que afere a segurança levando em consideração a lotação máxima do evento.

Outro item verificado com sucesso é o modelo de fornecimento do gás de cozinha para expositores. A padronização implantada há alguns anos facilitou a utilização do GLP, o que agregou ainda mais segurança.

Outra aposta para um futuro próximo é o aumento do número de visitantes que vêm à festa por meio de “carona amiga” ou via corrida contratada por aplicativo de mobilidade. Sendo assim, o Tanabata disponibilizará marcações de dois pontos VENUES para que os motoristas localizem por GPS e possam oferecer um desembarque tranquilo aos seus passageiros.

Serviço
24º Festival Tanabata (entrada gratuita)

Data: 6, 7 e 8 de julho
Local: Morro de São Bento
Realização: Associação Cultural Japonesa e Associação Nipo-Brasileira
Apoio Cultural: Secretaria Municipal da Cultura

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Dois lotes de parques municipais serão administrados por iniciativas privadas

Gestão e encerramento do contrato (até cinco anos de contrato com a possibilidade de prorrogação por mais cinco anos).

Ribeirão Preto estende abertura do comércio a partir desta sexta-feira, dia 30

Medida se antecipa ao Plano São Paulo. Veja como ficam os horários.

GCMs realizam doação de sangue em Ribeirão Preto

Ação contribuiu com o estoque de sangue do hospital São Lucas; tipos O-, O+ e A - são os mais críticos, com menos da metade das bolsas necessárias

Brasil gera 309 mil empregos formais em junho

Governo deve lançar programas para inclusão de jovens no mercado

Anvisa alerta sobre casos de Guillain-Barré após vacinação

A Anvisa explica que a SGB é um distúrbio neurológico autoimune raro, no qual o sistema imunológico danifica as células nervosas.
- PUBLICIDADE -