Início Educação Crianças homenageiam idosos do Lar Padre Euclides no último sábado

Crianças homenageiam idosos do Lar Padre Euclides no último sábado

Evento reuniu cerca de 200 pessoas, entre crianças e adultos, em celebração ao Dia dos Avós

- continua após a publicidade -

Crianças de todas as idades cantaram e tocaram instrumentos musicais no último sábado (27/7), às 14h, para idosos do Lar Padre Euclides, em celebração ao Dia dos Avós. A comemoração chamada “Mãozinhas que Ajudam o Vovô e a Vovó”, realizada por um grupo de voluntários de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e membros da comunidade, também contou com uma festa julina, músicas e comidas típicas.

A atividade, idealizada por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, reuniu aproximadamente 200 pessoas, entre eles, cerca de 50 crianças. No final, as crianças entregaram cartinhas personalizadas para os idosos. A ação ainda envolveu diversas cidades em todo o país, simultaneamente, onde milhares de pessoas se uniram em prol dos idosos. 

A festa fez a alegria daqueles que, às vezes, são esquecidos pela sociedade, e merecem atenção e carinho. Nelson Moreira, aposentado, de 71 anos, que vive há três anos no Lar com sua mãe, diz que nesses encontros os idosos se sentem como se estivessem com seus familiares. “É muito prazeroso ser homenageado, já que muitos não recebem visitas. Essa festa deve gerar assuntos para a semana toda. Para as crianças é interessante devido a interação com os idosos, e assim, começarem a valorizar os avós. Creio que é preciso um tipo de conscientização por parte dos adultos, sobre o modo de tratá-los. Eventos desse tipo são muito importantes para as crianças e adultos”, lembra.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O voluntário, Ariel Barbato de Oliveira, de 10 anos, tocou piano e fez a festa com os novos amigos, inclusive ajudou a servir os quitutes da festa. “Foi muito bom ajudar, e os senhores gostaram de nossa presença lá. Gostei muito da vovozinha de 100 anos. Quando perguntei se ela queria bolo, seus olhos se encheram de lágrimas. Foi uma experiência inesquecível”, relata.

Maria Eduarda Vicente, de nove anos, diz ter amado a oportunidade. “Cantamos e senti que eles gostaram muito. Foi muito divertido alegrar os avós”, reforça.

Segundo o voluntário, Lucas Ormeño, líder de música da atividade, foi muito bom e interessante ter conversado com os idosos. “São pessoas que infelizmente, se sentem abandonados por familiares. Mas isso me fez refletir muitas coisas em minha vida. O evento foi muito bem organizado. Tive prazer e gratidão por poder aprender com uma senhora em especial, que me falou sobre suas dores e alegrias. Uma senhora lúcida de 90 anos, que costura, faz aulas de pinturas e que apesar do descaso, tem uma vida feliz no Lar. Encontrou ali uma vida confortável e tranquila”, afirma.

Andréia Benavides, uma das organizadoras da atividade, afirma a importância de levar felicidade para os idosos. “Foi uma experiência única, onde todos puderam interagir e demonstrar carinho por nossos avós. São pessoas especiais, cheias de lindas histórias de vida, de superação e de trabalho. Parabenizo as crianças e os adultos que estiveram na atividade”, diz.

Ney Martins, presidente do Lar Padre Euclides, achou muito importante a interação da criança com o idoso. “A atividade realizou um sonho meu de trazer crianças para interagir com os idosos. Os familiares não fazem isso por eles, então foi muito interessante porque as crianças se tornaram netos dos idosos, que reviveram um pouco do que é ser avô e avó e receber carinho de neto”, conclui.

Na ocasião, foram arrecadados entre os participantes, mais de 100 litros de leite, mais de 60 litros de óleo, entre outros itens. Atualmente o Lar Padre Euclides necessita de produtos de limpeza, como papel higiênico, água sanitária, sacos de lixo de 100 litros, entre outros.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

O desespero do “Fique em Casa”, impediu a visão dos mais humildes ou desinformados

A politica da "reclusão" do povo, exemplificando o Estado de São Paulo, com a impossibilidade de tratamento antecipado de muitas pessoas, atrapalhou um resultado promissor

O preço do arroz subiu, e agora? Bora substituir o cereal em grande estilo

O chef Melchior preparou uma receita saborosa com um acompanhamento ideal para substituir o arroz e salvar o seu bolso em grande estilo.

Mortes no trânsito sobem na região de Ribeirão Preto

Vítimas fatais aumentam em 17% no mês de agosto segundo o Infosiga SP. Índices reduziram em todo o Estado

Dia do Idoso: Autocuidado é ainda mais importante na terceira idade

Podóloga da Doctor Feet ensina rotina de cuidados com o pés, pernas e unhas, na melhor fase da vida

A pandemia e sua influência no relacionamento íntimo das pessoas

De uma hora para outra, fomos obrigados a mudar alguns hábitos, como sair com amigos, fazer um churrasco com toda a famílial, conhecer pessoas.