Início Economia Governo reduz a zero alíquota sobre diversos bens de capital

Governo reduz a zero alíquota sobre diversos bens de capital

Bens de capital são maquinários, ferramentas, instalações e outros tipos de equipamentos utilizados para a fabricação de produtos para consumo.

- continua após a publicidade -

Portaria do Ministério da Economia amplia a lista de bens de capital que terão sua alíquota de imposto de importação reduzida a zero. Bens de capital são maquinários, ferramentas, instalações e outros tipos de equipamentos utilizados para a fabricação de produtos para consumo. A medida foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (2).

Por meio dessa portaria, que começará a vigorar no prazo de dois dias, o governo pretende tornar equipamentos desse tipo, que nem sempre são produzidos no Brasil mas que são necessários para a modernização ou para o aumento da produção industrial, mais acessíveis para o setor. O governo já havia publicado portaria similar em maio.

Entre os equipamentos citados pela portaria há diversos tipos de caldeiras, motores, elevadores de escavadeiras, motobombas, centrífugas, rotores, fornos, cabeçotes, chapas, hidrolisadores, secadores, máquinas de laminação, rotativas, filtros, rotuladoras, embaladoras, balanças, dosadores, envernizadores, esmaltadores, lavadoras, guinchos, propulsores, guindastes, empilhadeiras, carenagens, cintas, descasdadores, polidores, moedores, amassadeiras, masseiras, tostadeiras, fatiadoras, serras, desfibradores, impressoras, cilindros, tornos, perfuradores, prensas, moinhos, misturadores, pavimentadoras, trançadeiras, trituradores, engrenagens, ultrassom, cabos e até máquinas automáticas de café expresso.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

CIÊNCIA: MPF de GO afirma resultados positivos no tratamento precoce

A rápida redução da carga viral e dos marcadores inflamatórios é o principal objetivo do tratamento inicial, pois estes eventos é que irão impactar na redução de duração de sintomas, dias de internação e mortalidade.

Nota de posicionamento SINCOVARP/CDL Ribeirão Preto

Bons eram os tempos em que o SINCOVARP/CDL tinham diretores que defendiam os interesses dos comerciantes e não se baixavam para não mostrar a bunda

Nogueira confirma: Ribeirão Preto passa para fase vermelha a partir do próximo sábado

Sobre o toque de recolher, nem mesmo o prefeito soube explicar como funcionara, e afirmou que divulgará ate a próxima Sexta-feira

Estudos mostram que vacina do Doria não funciona na nova cepa do vírus

“os resultados sugerem que a P.1 pode escapar de anticorpos neutralizantes induzidos por uma vacina de vírus inativado”, como a CoronaVac.

Zona vermelha com toque de recolher a partir das 20 horas em Ribeirão Preto e todo estado

A montanha russa continua, quem esta com peixe, carne, bebidas em estoque volta a perder o que investiu, e academias continuam a pagar aluguel e impostos sem trabalhar.
- PUBLICIDADE -