InícioDiversosDoria liga para Guedes e pede que deixe governo. Veja a resposta.

Doria liga para Guedes e pede que deixe governo. Veja a resposta.

O ditador não descansa e solta mais essa: Em nome da sua biografia, quero te dar um conselho: desembarque do governo agora.

- continua após a publicidade -

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) ligou para o Ministro da Economia Paulo Guedes para pedir que deixasse o governo de Jair Bolsonaro. A informação publicada pelo site Poder 360. 

O Poder 360 afirma ter ouvido cinco pessoas que relataram a mesma versão da conversa. Segundo estes relatos, Doria ligou para Guedes no fim de semana passado, após Sergio Moro se demitir do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Veja o diálogo publicado pelo site:

João Doria – Paulo, estou te ligando não como governador, mas como amigo. Quem sustentava governo era o Sergio Moro e você. Agora, sobrou você. Você é muito admirado. Em nome da sua biografia, quero te dar um conselho: desembarque do governo agora.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Paulo Guedes – João, eu agradeço sua ligação, mas não sou eu que sustento o governo Bolsonaro. Quem sustenta o governo é o povo que elegeu o presidente. Ele tem 1/3 de apoio. E outro 1/3 que fica no meio do caminho depois vai apoiá-lo. João, o país vive um momento democrático que é barulhento, mas virtuoso.

Ao veículo de comunicação, Guedes não quis falar sobre o assunto. Doria não comentou o conteúdo do diálogo e disse que se tratava de uma conversa “pessoal, não pública”.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

No Dia do Publicitário, APP Ribeirão lança calendário de atividades de 2023

Com novas datas de atividades e eventos, a Associação dos Profissionais de Propaganda de Ribeirão Preto reúne diretoria no Chopp Time

Saúde prorroga inscrições de concurso público para bolsistas do Programa de Aprimoramento

Inscrições vão até 17 de fevereiro; bolsas são para as áreas de Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Nutrição, Psicologia e Terapia Ocupacional

Lula promete nova regulação para trabalhadores de aplicativos

Brasil tem 1,5 milhão de trabalhadores por aplicativos que podem deixar de trabalhar e ter uma renda, caso seja levado adiante

‘lambança’ é como Haddad chama aredução de ICMS

Durante a campanha lula e Haddad já avisavam que eram contra redução de impostos, bem como a bancada do PT foi contra durante a votação da lei criada por Bolsonaro

A brilhante ideia: Correios podem substituir Uber

O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, disse que não está preocupado com a possibilidade de o Uber deixar o Brasil, se a regulamentação de aplicativos...
- PUBLICIDADE -