Início Cidades Parceria entre Cohab e MRV tem projeto para a construção de 2.912...

Parceria entre Cohab e MRV tem projeto para a construção de 2.912 apartamentos

- continua após a publicidade -

A Prefeitura de Ribeirão Preto, por intermédio da Cohab-RP, a Caixa Econômica Federal (gestora operacional do Programa Minha Casa Minha Vida) e a Construtora MRV Engenharia oficializam nesta segunda-feira, dia 3 de julho, às 10h, no Salão Nobre do Palácio Rio Branco, o pré-lançamento de mais um programa habitacional na modalidade Minha Casa Minha Vida. Desta vez, trata-se do Residencial Reserva Real, localizado no bairro Jardim Juliana, e que prevê a construção de quatro condomínios, com 2.912 unidades no total, sendo 1.264 numa primeira etapa.

“Essa parceria favorecerá os inscritos na Cohab-RP, pois os imóveis serão direcionados para os cadastrados na Cia Habitacional, como forma de combater o déficit habitacional, respeitando os que estão inscritos há mais tempo”, destaca o prefeito Duarte Nogueira.

O novo empreendimento contará com uma estrutura diferenciada, com fachada e acabamento renovados, pomar de frutas, salão de festas, playground, espaço fitness, salão de jogos, quadra gramada, espaço gourmet, piscinas adulto e infantil, espaço kids e também bicicletário com bicicletas.

Além de contribuir para minimizar o déficit habitacional da cidade, que atualmente, de acordo com levantamento da Prefeitura Municipal, gira em torno de 60 mil imóveis, o empreendimento também representará um importante avanço na geração de empregos, neste momento sensível da economia brasileira. “A expectativa é que o Reserva Real gere, durante sua implantação, cerca de 1600 empregos, sendo 1000 vagas de empregos diretos e mais 600 vagas de empregos indiretos”, explica Breno Mendes Vilela, diretor comercial da MRV Engenharia.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Para o Presidente da Cohab, Edsom Ortega Marques, a parceria irá beneficiar muitas pessoas que estão há anos aguardando na fila.

“Temos uma lista de mais de 60 mil pessoas inscritas para realizar o sonho da casa própria e somente com a ajuda da iniciativa privada, como a MRV, poderemos reduzir esse grande déficit habitacional que a cidade enfrenta”, avalia Ortega.

Além da construção dos condomínios, a empresa irá investir R$ 18 milhões em obras de infraestrutura na região, significando uma importante melhoria para o bairro Jardim Juliana. Entre as benfeitorias que serão entregues à população estão a ampliação da UBS Dr. Rubens IssaHalack, a construção de uma creche, uma base da Polícia Militar, além da instalação de amplas áreas verdes e praças, contribuindo para a qualidade de vida dos moradores.

No local serão destinados 200 mil metros quadrados de áreas verdes e o plantio mais de 12.573 mudas de espécies arbóreas. Parte dessa área verde, 86 mil metros quadrados, será destinada a sistemas de lazer, como a construção de duas praças centrais com pista de caminhada, ciclovia, equipamentos para exercícios etc.

A empresa também será responsável por implantar uma malha viária de 87 mil metros quadrados, representando o prolongamento de uma faixa da Avenida José Antonio Ferrarezi, até a avenida Henri Nestle, que terá sua rotatória.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Setembro termina quente e outubro começa um forno

A frente fria já se afastou e é o ar seco e quente que está ganhando força novamente sobre o Brasil. A temperatura está em elevação.

Chegada do Pix impulsiona surgimento de novos bancos

A modernização do Sistema Financeiro Nacional prevista para novembro, e encabeçada pela chegada de inovações como Pix (pagamento instantâneo) e open banking

Vote: Com quem o próximo prefeito de Ribeirão Preto deve estar alinhado?

Com qual política você espera que o próximo prefeito de Ribeirão Preto esteja alinhado? Vote na enquete e informe a sua opinião.

PF realiza operação contra desvio milionário no SUS

Entre os crimes investigados pela Justiça estão peculato e falsidade ideológica

Câmara aprova ampliação de validade de CNH para 10 anos

Quanto à pontuação: estabelece uma gradação de 20, 30 ou 40 pontos em 12 meses