• Cidades
Início Cidades Fiscalização da ARTESP no Terminal Rodoviário de Ribeirão Preto retira 16 veículos...

Fiscalização da ARTESP no Terminal Rodoviário de Ribeirão Preto retira 16 veículos de circulação

Operação, realizada nos dias 4 e 5, inspecionou 103 ônibus do Transporte Intermunicipal. Além das retenções, fiscais da agência fizeram 54 autuações

- continua após a publicidade -

A ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) determinou a retenção de 16 ônibus durante fiscalização ao Transporte Intermunicipal no Terminal Rodoviário de Ribeirão Preto, realizada na sexta-feira (4) e no sábado (5). Nos dois dias de fiscalização foram vistoriados 103 veículos. A operação tem o objetivo de melhorar as condições de conforto e segurança nas linhas intermunicipais que partem do terminal do município, além de verificar o cumprimento dos horários das viagens determinado pelas empresas que operam o serviço na região.

Além da retirada de circulação de 16 ônibus – 15 da Viação São Bento e um da Rápido D’Oeste – foram realizadas ainda 54 autuações. A maior parte das irregularidades se refere a supressão de viagens, seguido da falta de declaração de vistoria no veículo. Também houve autuações por falta de afixação de aviso sobre o valor de tarifas e por causa de atraso no horário de partida. Em relação à checagem dos itens de segurança, também houve penalizações a veículos que apresentavam farol de luz baixa queimado. A declaração de vistoria do veículo é um documento de porte obrigatório. Ele comprova que o ônibus passou por todas as inspeções exigidas pela legislação, garantindo, assim, estar em condições ideais para a prestação de serviço. A vistoria é fundamental para preservar a segurança dos passageiros durante as viagens.

Balanço. Nesse ano, até agosto de 2019, os agentes de fiscalização da ARTESP encontraram mais de duas mil irregularidades relativas a itens de segurança dos veículos. O problema mais comum é a presença de rachaduras no para-brisa, responsável por 851 autuações. Depois aparecem, pela ordem, as seguintes irregularidades: cintos de segurança danificados ou inexistentes (515), ausência de sinalização adequada das saídas de emergência (389), saída de emergência sem martelo ou alavanca (110), extintores de incêndio inadequados ou inexistentes (83) e pneus lisos (82). Esses são alguns dos problemas mais recorrentes encontrados pela fiscalização de rotina, que também observa itens de conforto dos passageiros e o cumprimento dos horários pelas empresas. Em 2018, a fiscalização da ARTESP identificou um total de 23.323 irregularidades no sistema de transporte, em suas diversas modalidades. Problemas em itens de segurança foram responsáveis por mais de 4,3 mil autuações.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Ouvidoria. Os usuários podem denunciar irregularidades no transporte intermunicipal pelo telefone da Ouvidoria Artesp (0800.727.83.77) ou o endereço eletrônico [email protected]. Todas as denúncias são apuradas. Por esses canais é possível também registrar manifestações, como reclamações dos serviços das concessionárias, solicitações de informações, além de sugestões e elogios sobre os serviços prestados, regulados e fiscalizados pela Agência.

publicidade
publicidade

Últimas Notícias

MPF denuncia Glenn e mais 6 por invasão de celulares de autoridades

O grupo ainda deve ser alvo de outra denúncia pelo crime de fraude bancária, que ainda segue em investigação, de acordo com o MPF.

Tihany Spectacular realiza sessões beneficentes todas as sextas-feiras

Entidades filantrópicas e ONGs podem assistir espetáculo gratuitamente; circo oferece ainda desconto de até 50% no ingresso com doação de livro em bom estado

Sertãozinho passa a contar com soro antiescorpiônico

Antídoto está disponível na UPA do município e será utilizado em acidentes graves e/ou moderados de picadas de escorpião

Alma abre agenda de audições para o primeiro semestre de 2020 Os cursos são...

A Academia Livre de Música e Artes (Alma) está com vagas abertas

Chef Alejandro Blanco, de Ribeirão Preto, disputa o “Oscar” da gastronomia brasileira

O coordenador do Espaço Gourmet do RibeirãoShopping e chef do Café Du Chef é um dos representantes do Estado de São Paulo no Prêmio Nacional Dólmã de 2020

Oportunidade: 20 mil vagas para cursos rápidos e gratuitos do programa Via Rápida Virtual

Visando qualificação profissional, as aulas são ofertadas na modalidade de Ensino à Distância (EAD) em áreas de gestão e tecnologia de informação

Museu Casa de Portinari convida crianças para se divertirem em oficinas temáticas gratuitas

Férias no Museu ainda traz brincadeiras e jogos; programação segue até dia 31

Simule em quais cursos você pode conseguir uma vaga pelo SiSu

Ribeirão Preto e cidades da região oferecem mais de 2900 vagas pelo SiSu. Veja como simular as suas chances para uma das vagas.

Novas placas de veículos serão obrigatórias a partir de 31 de janeiro

A nova placa será obrigatória apenas nos casos de primeiro emplacamento

Estudantes podem se inscrever no Sisu a partir desta terça-feira

Além de participar do Sisu, os estudantes podem usar as notas do Enem para concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos (ProUni).
- PUBLICIDADE -