InícioDiversosARTESP realiza blitz de fiscalização na região de Ribeirão Preto

ARTESP realiza blitz de fiscalização na região de Ribeirão Preto

O objetivo foi detectar irregularidades e veículos não autorizados. Ao todo, foram 37 veículos inspecionados, quatro autuados e quatro retidos.

- continua após a publicidade -

A equipe de fiscalização de Transporte Coletivo Intermunicipal da ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo realizou nesta quarta-feira (02/09) operações na região de Ribeirão Preto. O objetivo foi detectar irregularidades e veículos não autorizados. Ao todo, foram 37 veículos inspecionados, quatro autuados e quatro retidos. 

Durante a ação itinerante na cidade de Ribeirão Preto, foram vistoriados 17 veículos, sendo três retidos por  transporte irregular de passageiros e uma autuação por não portar contrato de prestação de serviço.

A força-tarefa no km 44 da Rodovia Abrão Assed (SP 333) km 44, em Ribeirão Preto, resultou em 10 veículos fiscalizados e três autuações (uma por não portar o cartão da declaração de vistoria e duas por não haver comunicação com o contrato).

Por fim, no km 328 da Rodovia Professor Zeferino Vaz (SP 332), em Sertãozinho, foram 10 veículos fiscalizado e uma retenção por transporte interestadual de passageiros sem autorização do órgão competente.  

foto arquivo

“Com o apoio da Polícia Militar Rodoviária, a ARTESP realizou operações na região de Ribeirão Preto, principalmente no trecho entre Ribeirão Preto e Serrana, ponto onde há o maior índice de transporte clandestino. Foram supervisionados também os veículos         que são registrados na ARTESP. Orientamos os passageiros e funcionários das empresas dos veículos registrados sobre a importância do uso de máscaras, cintos de segurança e higiene pessoal, como passar álcool gel, entre outras orientações. Nos veículos clandestinos, foram realizadas as retenções, o desembarque de passageiros e a condução desses usuários a um local com infraestrutura. Também orientamos os passageiros para que não utilizem esse tipo de transporte, pois não possuem vistoria da ARTESP, tornando-se uma opção de risco. Hoje, a operação ocorreu com sucesso”, afirma Reonaldo Raitz Leandro, Superintendente de Fiscalização da Diretoria de Procedimentos e Logística da ARTESP.  

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A ação faz parte de uma intensa série de fiscalizações que a Agência Reguladora está realizando nas últimas semanas, com apoio de diversos órgãos. A operação contou com o apoio da Polícia Militar Rodoviária do Estado de São Paulo. 

Para consultar os veículos cadastrados, basta acessar: https://bit.ly/39ItlZg 

foto divulgação

Sobre a ARTESP    

A ARTESP – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo – regula o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo há mais de 20 anos. Sob sua gerência, estão 20 concessionárias, que atuam em 10,8 mil quilômetros de rodovias, o que representa quase 31% da malha estadual, abrangendo 283 municípios. 

A Agência também fiscaliza o Transporte Intermunicipal de Passageiros, exceto nas Regiões Metropolitanas de São Paulo, Campinas, Baixada Santista, Vale do Paraíba e Litoral Norte. Dentre as ações, realiza auditoria de frota, garagem e instalações, ações fiscais na operação das linhas regulares, nos terminais rodoviários e nas rodovias. Além disso, a ARTESP é responsável pela regulação da concessão de cinco aeroportos regionais. 

arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?
- PUBLICIDADE -