InícioVariedadesMenininha e bebê gorila protagonizam foto emocionante

Menininha e bebê gorila protagonizam foto emocionante

- continua após a publicidade -

Crianças e filhotes de animais em geral já são bonitinhos por natureza, mas quando uma menininha e um bebê gorila protagonizam uma cena linda como a que você verá na foto abaixo, a internet não consegue aguentar de tanta fofura.

A imagem foi registrada no zoológico de Fort Worth, no estado americano do Texas, e mostra a garotinha e o macaquinho “dando as mãos” através do vidro que os separa.

Gus, como é conhecido o pequeno gorila, parece encantando com a menina de 2 anos de idade. E vice-versa.

Filha da americana Cadee Davis, Braylee deixou a mãe sem palavras ao protagonizar a cena junto do animal. Ela aproveitou a situação para divulgar a foto para a administração do estabelecimento, que por sua vez compartilhou nas rede sociais.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Nascido em 5 de dezembro de 2015, Gus é o primeiro gorila do zoológico criado no ocidente.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Vacinação: Agendamento para pessoas com 43 a 59 anos será aberto nesta quarta-feira (23)

Serão disponibilizadas 21 mil vagas; vacinação acontecerá na sexta-feira, sábado e segunda-feira, dias 25, 26 e 28 de junho

Receitas de sopas e caldos para fortalecer a imunidade nesse inverno

Gripe, asma, bronquite, sinusite e até pneumonia costumam ser mais comuns nessa época do ano - além de ainda estarmos em pandemia, sempre com o risco de contaminação do vírus da Covid-19.

Brasil antecipou mais de 16 milhões de doses de vacinas

Tem governador de calça colada, fazendo campanha dizendo que esta adiantando a vacinação, só não conta que isso é possível por conta do governo federal

Pediatra ensina receitas criativas e saudáveis para uma Festa Junina em casa

Junho chegou e, com ele, a lembrança das Festas Juninas que, mais uma vez, precisaram ser adiadas devido à pandemia.

‘Araraquara vive situação de pós-guerra’, afirma presidente da Ceagesp

“Havia pessoas passando fome, tendo de comer animais domésticos”, lamentou. “A situação que eu vi, na cidade, é de pós-Guerra.
- PUBLICIDADE -