InícioTurismoPeríodo de chuvas pede atenção redobrada de motoristas nas rodovias e na...

Período de chuvas pede atenção redobrada de motoristas nas rodovias e na cidade

- continua após a publicidade -

Com a proximidade do Verão, as chuvas ficam muito mais frequentes e, com elas, há um expressivo aumento de buracos nas vias pavimentadas. Na estrada, todo resíduo de óleo que escapa de automóveis no período de estiagem e se encontra seco no solo se mistura com a água, deixando o asfalto escorregadio. Os cuidados com pneus, freios e suspensão, alguns dos itens que mais impactam nestes problemas, não são exclusivos desta época do ano, mas é um momento em que se exige muito mais prudência dos condutores.

Os pneus gastos imprimem riscos tanto pela maior probabilidade de estourar como pela baixa aderência ao solo. “Todo equipamento tem uma marca, o indicador TWI (Tread Wear Indicator), que fica entre os sulcos. Os pneus devem ser substituídos quando estiverem a um milímetro do TWI, porém, a maioria dos clientes não escuta a orientação e somente o fazem quando o indicador já está nivelado com os sulcos”, explica Rogério Chinarelo, gerente de Pós-Venda da Jidai Nissan.

A suspensão deve ser revisada a cada 10 mil quilômetros. Ela é muito afetada pelos buracos causados nas pistas e ruas, o que pode acarretar instabilidade no veículo, desgaste prematuro dos pneus, danificação de outras peças e graves problemas no sistema de frenagem. “Quando o veículo para bruscamente, o peso vem todo para o amortecedor. Se este não responde de forma adequada, o carro pode sair de lado, derrapar”, diz Chinarelo.

O ar-condicionado pode parecer mero item de conforto, mas faz uma incrível diferença na visibilidade do para-brisa e dos vidros laterais. Acontece que no Verão, além de chover muito, o calor é intenso. Ao fechar todos os vidros para se proteger da água que cai o ar dentro do carro aquece junto com a respiração e se condensa quando em contato com os vidros, que estão frios, embaçando-os. Manter o ar condicionado ligado evita isso totalmente.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Limpador de para-brisa

Outro detalhe que pode passar despercebido é o ressecamento da borracha das paletas do limpador de para-brisas. Como Ribeirão Preto e as cidades da região passaram por longos períodos de estiagem, durante os quais pouco se usou esta peça, quando chove o motorista pode ser surpreendido com a ineficácia da limpeza do vidro, o que diminui muito a visibilidade. A verificação é fácil – a borracha precisa ser trocada caso esteja muito rígida ou se quebrando com facilidade. Nesta condição ela não adere perfeitamente ao vidro e, portanto, não elimina bem a água.

Acostumado com a incidência de carros que chegam à oficina da concessionária com problemas causados por acidentes motivados pelas chuvas, o gerente de Pós-Venda diz que a prevenção poderia evitar muito disso. “Infelizmente, algumas pessoas têm o hábito de esperar acontecer alguma coisa para tomar providências”, pondera.

A revisão veicular, orienta Chinarelo, deve ocorrer a cada 10 mil quilômetros ou a cada 6 meses, o que vier primeiro. Normalmente, as oficinas têm um checklist padronizado que inclui, entre outras coisas, freios, óleo de motor, filtro de óleo, alinhamento, balanceamento, lanternas e troca de paletas do limpador. Ele observa que as pessoas veem este cuidado como um gasto extra, o que considera engano. “As despesas com reparos, depois, podem ser maiores”, conclui.

 

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Integra da carta de uma mãe que querem calar

A notícia incomoda, não sendo divulgada na grande mídia, mas tem o apoio dos médicos pela vida. Uma vitima entre quantas escondidas?

Fábrica clandestina de cigarros é fechada

O espaço era grande e tinha total estrutura para produção irregular dos cigarros e até mesmo para venda com "Caixas, maquinários, embalagens, uma estrutura completa.

Ipem-SP detecta fraude em veículo-tanque em Ribeirão Preto

A Polícia Militar foi acionada após a constatação da fraude

SÃO TOMÉ DAS LETRAS: O QUE FAZER NA CIDADE MÍSTICA DE MINAS GERAIS

Dica de turismo para você fugir da cidade e passar um final de semana ou se programar para o próximo feriado.

Museu Casa de Portinari promove Música no Coreto, neste sábado (18)

Realizada na praça Martim Moreira, a apresentação contará com repertório de música popular; gratuita e respeitando todos os protocolos de segurança
- PUBLICIDADE -