InícioTurismoEm parceria com Waze, usuários da Autovias terão acesso a informações das...

Em parceria com Waze, usuários da Autovias terão acesso a informações das rodovias em tempo real

- continua após a publicidade -

Usuários de 21 rodovias brasileiras terão acesso a informações sobre as condições da via e possíveis incidentes com maior confiabilidade, devido à interação dos Centros de Controle de Operações (CCO) com o Waze. A ação faz parte de um plano global da Abertis, uma das acionistas da Arteris, para promover a segurança viária e envolve sete países (Brasil, Espanha, Argentina, Chile, França, Itália e Porto Rico) no âmbito do Programa Connected Citizens. Os CCOs de nove concessionárias administradas pela Arteris fazem parte do programa – São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina e Paraná. Na região, as rodovias da Arteris Autovias já contam com o serviço.

Com a parceria, tanto os usuários das rodovias como as concessionárias poderão criar alertas que serão visualizados por meio do aplicativo. Outro benefício para a segurança de todos que trafegam pelos trechos administrados pela Arteris será a divulgação, via app, dos avisos de obras na pista, permitindo com que os usuários possam redobrar a atenção nos trechos com alerta.

Equipamentos modernos e inovadores dos CCOs das rodovias do grupo, como recursos da Rodovia Inteligente (ITS), câmeras e outros sensores, bem como veículos de operação distribuídos ao longo dos trechos, permitem o aumento do volume de informações geradas, proporcionando ao usuário uma viagem ainda mais planejada e segura.

Antes disso, os alertas que somente eram validados por outros usuários do aplicativo, com a parceria, passarão a ser verificados rapidamente pelos CCOs. Assim, além de validar a informação, as concessionárias poderão acionar recursos de forma mais efetiva e rápida para solucionar problemas. Vale ressaltar que o canal oficial para solicitação de atendimento entre usuários e as concessionárias segue sendo o telefone 0800-707-9000 ou diretamente nas Bases Operacionais.

“Conectividade, fluidez do tráfego e a segurança nas rodovias estão entre as principais preocupações daqueles que têm o desafio de contribuir para o desenvolvimento de cidades e rodovias em um contexto de crescimento acelerado. O investimento no monitoramento em tempo real é uma necessidade da atualidade e, por isso, parcerias com empresas de tecnologia têm se mostrado cada vez mais estratégicas. Receber informações de forma rápida e entender o comportamento do usuário do serviço é fundamental para promover um trânsito mais seguro”, afirmou Elvis Granzotti, gerente de operações da Arteris.

“O Waze é uma plataforma que evolui de acordo com a participação e engajamento dos usuários e de empresas que compartilham das nossas ideias e conceitos. A partir desse programa é possível ajudar nossos usuários a gastar menos tempo no trânsito e promover viagens mais seguras, com mais sinalização, e melhorar a mobilidade urbana”, diz Andre Loureiro, diretor do Waze para o Brasil.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O programa Connected Citizens do Waze, com quase 500 parceiros no mundo, reúne entidades públicas e privadas para acumular informações de tráfego em tempo real, a fim de aliviar o congestionamento, permitir que os motoristas tomem melhores decisões e melhorem a segurança rodoviária.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -