Início Turismo Em parceria com Waze, usuários da Autovias terão acesso a informações das...

Em parceria com Waze, usuários da Autovias terão acesso a informações das rodovias em tempo real

- continua após a publicidade -

Usuários de 21 rodovias brasileiras terão acesso a informações sobre as condições da via e possíveis incidentes com maior confiabilidade, devido à interação dos Centros de Controle de Operações (CCO) com o Waze. A ação faz parte de um plano global da Abertis, uma das acionistas da Arteris, para promover a segurança viária e envolve sete países (Brasil, Espanha, Argentina, Chile, França, Itália e Porto Rico) no âmbito do Programa Connected Citizens. Os CCOs de nove concessionárias administradas pela Arteris fazem parte do programa – São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina e Paraná. Na região, as rodovias da Arteris Autovias já contam com o serviço.

Com a parceria, tanto os usuários das rodovias como as concessionárias poderão criar alertas que serão visualizados por meio do aplicativo. Outro benefício para a segurança de todos que trafegam pelos trechos administrados pela Arteris será a divulgação, via app, dos avisos de obras na pista, permitindo com que os usuários possam redobrar a atenção nos trechos com alerta.

Equipamentos modernos e inovadores dos CCOs das rodovias do grupo, como recursos da Rodovia Inteligente (ITS), câmeras e outros sensores, bem como veículos de operação distribuídos ao longo dos trechos, permitem o aumento do volume de informações geradas, proporcionando ao usuário uma viagem ainda mais planejada e segura.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Antes disso, os alertas que somente eram validados por outros usuários do aplicativo, com a parceria, passarão a ser verificados rapidamente pelos CCOs. Assim, além de validar a informação, as concessionárias poderão acionar recursos de forma mais efetiva e rápida para solucionar problemas. Vale ressaltar que o canal oficial para solicitação de atendimento entre usuários e as concessionárias segue sendo o telefone 0800-707-9000 ou diretamente nas Bases Operacionais.

“Conectividade, fluidez do tráfego e a segurança nas rodovias estão entre as principais preocupações daqueles que têm o desafio de contribuir para o desenvolvimento de cidades e rodovias em um contexto de crescimento acelerado. O investimento no monitoramento em tempo real é uma necessidade da atualidade e, por isso, parcerias com empresas de tecnologia têm se mostrado cada vez mais estratégicas. Receber informações de forma rápida e entender o comportamento do usuário do serviço é fundamental para promover um trânsito mais seguro”, afirmou Elvis Granzotti, gerente de operações da Arteris.

“O Waze é uma plataforma que evolui de acordo com a participação e engajamento dos usuários e de empresas que compartilham das nossas ideias e conceitos. A partir desse programa é possível ajudar nossos usuários a gastar menos tempo no trânsito e promover viagens mais seguras, com mais sinalização, e melhorar a mobilidade urbana”, diz Andre Loureiro, diretor do Waze para o Brasil.

O programa Connected Citizens do Waze, com quase 500 parceiros no mundo, reúne entidades públicas e privadas para acumular informações de tráfego em tempo real, a fim de aliviar o congestionamento, permitir que os motoristas tomem melhores decisões e melhorem a segurança rodoviária.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Avenida Antônia Mugnatto Marincek recebe novas adequação

Via foi duplicada em mais de quatro quilômetros, recebeu ciclovia, cerca de 50 pontos de acessibilidade e nova sinalização

Construção da UPA do Ribeirão Verde tem local definido

A área institucional com 7.107 metros quadrados, além de melhor localizada, atende os requisitos necessários para construção da unidade de saúde.

INSS divulga calendário de pagamentos de benefícios em 2021

A autarquia divulgou o calendário de depósitos para todo o próximo ano.

Ministério vai buscar vacina de excelência, diz Pazuello no Congresso

Ele reafirmou que a população não será obrigada a se imunizar contra Coronavírus

Após 40 anos USP busca voluntários para testar vacina contra HIV

Estudo é desenvolvido em cooperação com instituições de outros países, 32,7 milhões morreram com a doença.