InícioTrânsitoMuito Útil o novo projeto de Iluminação automatizada ajuda a reduzir colisões...

Muito Útil o novo projeto de Iluminação automatizada ajuda a reduzir colisões traseiras em rodovia

Projeto auxilia na visualização de veículo pesado à frente

- continua após a publicidade -

Veículos pesados e em baixa velocidade serão mais facilmente percebidos por usuários de veículos leves que seguem pela Rodovia Anhanguera (SP-330), entre os quilômetros 325 e 326, de Ribeirão Preto a Jardinópolis, trecho em aclive com alta incidência de colisões traseiras.

A Entrevias Concessionária de Rodovias, que integra o Programa de Concessão de Rodovias do governo do Estado de São Paulo, instalou um sistema automatizado de iluminação que utiliza câmeras com sensores que identificam a presença do veículo pesado em baixa velocidade e acionam, gradualmente, uma sequência de 33 postes de iluminação com lâmpadas led, distantes cerca de 30 metros cada um.  O objetivo, a partir desse sistema inovador, é reduzir os casos de colisão traseira, acidente com alto potencial de risco, e alertar motoristas de veículos leves que existe à frente a presença de veículo pesado em baixa velocidade. Um levantamento interno da Concessionária mostra que na Rodovia Anhanguera, em toda a extensão administrada pela Entrevias, foram 86 acidentes do tipo colisão traseira em 2019 (36% dos casos).

A velocidade regulamentada para o trecho da Entrevias na Anhanguera é de 110 km/h para carros e 90 km/h para veículos comerciais pesados. Com o novo sistema de iluminação, o usuário que trafega em velocidade regulamentada normal consegue ter maior tempo de ação e reduzir, se necessário.  

O gestor de segurança viária da Entrevias, Fábio Ortega, explica que no ponto onde a tecnologia está sendo utilizada, de aproximadamente um quilômetro, veículos pesados perdem muita velocidade, por se tratar de um aclive logo após descida. Em contrapartida, motoristas que seguem em velocidade normal e já estão “embalados”, devido a descida, se deparam com veículos que chegam a reduzir para 30 km/hora. 

“Principalmente à noite, o condutor do automóvel que está utilizando a velocidade permitida se depara, muitas vezes, com caminhões em baixa velocidade e com pouca iluminação. Se não houver tempo hábil para frenagem, a colisão traseira vai acontecer e com gravidade. Com essa iluminação gradual, ele consegue visualizar os caminhões e antecipar a tomada de ação”, afirma.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O sistema é uma inovação, é também um projeto piloto e poderá ser utilizado em outros locais da concessão, dependendo de estudos.

A Rodovia Anhanguera não é a primeira em número de ocorrências dessa natureza – mais recorrente no Anel Viário Sul, mas por ser um corredor logístico importante e rota de escoamento de produtos, os acidentes costumam ter maior gravidade. No trecho total operado na região de Ribeirão Preto, 299 quilômetros, os acidentes mais recorrentes são: os choques – entre defensas e muretas, a colisão traseira e em terceiro lugar o tombamento de motocicletas. O levantamento aponta ainda que as colisões na Anhanguera ocorrem principalmente aos sábados e segunda-feira, no período noturno.

Sobre a Entrevias Concessionária de Rodovias – A Entrevias Concessionária de Rodovias é responsável pela operação, manutenção e modernização do lote Rodovias do Centro-Oeste Paulista, com um total de 570 quilômetros de vias no eixo entre Florínea, na divisa com o Paraná, e Igarapava, na divisa com Minas Gerais. O contrato de concessão assinado com o governo do Estado de São Paulo – Artesp é a agência fiscalizadora – prevê investimentos de R$ 3,9 bilhões na restauração de rodovias, ampliação da malha viária e implantação de tecnologias e inovações que contribuem para prestação de serviços de alta qualidade aos usuários. Visite o site da empresa: www.entrevias.com.br. Em caso de emergência nas rodovias ligue para 0800-3000-333.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Finalistas do Concurso de Bandas do João Rock se apresentam neste sábado em novo local

Evento será na Arthouse em Ribeirão Preto e, além da grande final, terá shows da Banda Chavala e do coletivo Tutu Djs

Eisenbahn monta megaoperação de chope para o João Rock 2024

Patrocinadora master do festival, a marca premium do Grupo HEINEKEN levará 50 mil litros de chope para o evento

Ouro, prata e bronze: 3.483 estudantes da região de Ribeirão Preto são medalhistas da primeira edição da Olimpíada de Matemática de SP

Mais de 127 mil alunos dos anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio foram premiados em todo Estado

Centro universitário promove mutirão gratuito no próximo domingo para declaração do imposto de renda da população

Realizado no Parque Über Sul no dia 26, das 9h às 12h, evento realizado pela Estácio também vai oferecer orientações de carreira, elaboração de currículos, atividades pedagógicas, nutricionais, físicas, entre outras

 João Rock: o que pode e o que é proibido levar ao festival?

Evento será realizado no dia 08 de junho, em Ribeirão Preto/SP, e conta com mais de 30 atrações em quatro diferentes palcos
- PUBLICIDADE -