InícioTecnologiaFa­ce­book, Go­ogle e Twitter são acu­sados di­re­ta­mente de cen­sura em grupo

Fa­ce­book, Go­ogle e Twitter são acu­sados di­re­ta­mente de cen­sura em grupo

Se­nador norte-ame­ri­cano acusa gi­gantes tec­no­ló­gicas de se unirem para aplicar téc­nicas de cen­sura contra a po­pu­lação.

- continua após a publicidade -

O se­nador Josh Ha­wley, do Par­tido Re­pu­bli­cano, pres­si­onou, nesta terça-feira (17 de no­vembro), o CEO do Fa­ce­book, Mark Zuc­ker­berg, du­rante uma au­di­ência no Con­gresso dos Es­tados Unidos. A de­núncia alega que os fun­ci­o­ná­rios do Fa­ce­book co­or­denam com os mem­bros do Twitter e do Go­ogle para agir como mo­de­ra­dores do con­teúdo, fa­vo­re­cendo nar­ra­tivas e ideais com­par­ti­lhados pelos ad­mi­nis­tra­dores. 

Ha­wley disse que um ex-fun­ci­o­nário do Fa­ce­book “com co­nhe­ci­mento di­reto das prá­ticas de mo­de­ração de con­teúdo da em­presa” en­trou em con­tato com seu es­cri­tório aler­tando sobre uma “pla­ta­forma in­terna cha­mada Ta­refas que o Fa­ce­book usa para co­or­denar pro­jetos, in­cluindo cen­sura”. 

Em de­cla­ração du­rante a au­di­ência, Ha­wley de­clarou:

“As equipes de cen­sura do Fa­ce­book se co­mu­nicam com suas con­tra­partes no Twitter e no Go­ogle e, em se­guida, in­serem as su­ges­tões dessas em­presas para cen­sura na pla­ta­forma para que o Fa­ce­book possa acom­panhá-las e co­or­denar de forma eficaz seus es­forços de cen­sura”.

Em men­sagem no Twitter, Ha­wley apre­sentou uma cap­tura de tela da pla­ta­forma em questão, e acres­centou: 

“Twitter e Go­ogle ro­ti­nei­ra­mente su­gerem tó­picos para cen­sura — hash­tags, in­di­ví­duos, sites, muitos deles con­ser­va­dores – e o Fa­ce­book re­gistra-os para acom­pa­nha­mento”.

O se­nador con­cluiu: “Você já se per­guntou como um usuário blo­queado numa pla­ta­forma fre­quen­te­mente é ra­pi­da­mente ba­nido ou blo­queado em ou­tras? É assim”.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Ainda du­rante a au­di­ência no Con­gresso, o se­nador do Mis­souri per­guntou a Zuc­ker­berg se os fun­ci­o­ná­rios do Fa­ce­book, Twitter e Go­ogle co­or­de­navam as de­ci­sões de mo­de­ração de con­teúdo em re­lação a “in­di­ví­duos, sites, hash­tags (ou) frases a serem proi­bidas”.

“Se­nador, não co­or­de­namos nossas po­lí­ticas”, disse Zuc­ker­berg, acres­cen­tando mais tarde, porém, que “es­pe­raria algum nível de co­mu­ni­cação”. As in­for­ma­ções são do portal Re­nova Mídia.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Bolsonaro na ONU: discurso sóbrio e responsável

‘Estávamos à beira do socialismo’, diz Bolsonaro em discurso na ONU Na abertura da Assembleia-Geral da entidade, presidente criticou lockdown e defendeu tratamento precoce contra a covid-19 O...

Corrente de Amor fomenta doações em prol do Hospital de Amor de Barretos

Facilidade de doação através de aplicativo e em pontos espalhados pelo Brasil, faz com que a campanha seja uma importante fonte de arrecadação para a instituição que operou com déficit mensal de mais de R$ 36 milhões em 2020

Primavera 2021: previsão geral para o Brasil

Primavera começa nesta quarta-feira (22). Crise hídrica e novo La Niña à vista. Quais as expectativas do clima para primavera 2021?

Bolsonaro faz abertura da assembleia geral da ONU logo mais por volta de 10 h

Na abertura da 76ª Assembleia Geral, expectativa é de que Bolsonaro use o púlpito para passar aos demais dirigentes mundiais um panorama do Brasil diferente do que os globalistas e velha mídia fazem.

Amazonas: governador se torna réu por desvio de recursos na pandemia

Se decidirem prender todos verdadeiros GE N0 C1 DAS, faltará cadeia. STJ aceitou hoje denúncia contra Wilson Lima e mais 13 pessoas
- PUBLICIDADE -