InícioSaúdeTelegramas detalham "GOPI" de Dilma para favorecer Cuba no mais médicos

Telegramas detalham “GOPI” de Dilma para favorecer Cuba no mais médicos

- continua após a publicidade -

Telegramas da embaixada brasileira em Cuba reconstituem a negociação com o Brasil para a criação do Mais Médicos. Classificados como reservados e mantidos em sigilo por cinco anos, eles mudam parte da história oficial contada aos brasileiros.​

Mostram, por exemplo, que o programa foi proposto por Cuba e já para gerar renda a ilha de Fidel, e a preocupação com a população brasileira não era o motivo real para o contrato.

As autoridades cubanas exigiram que toda avaliação dos médicos fosse feita em Cuba.

As negociações foram sigilosas para evitar reações da classe médica. Foi nesses encontros que Cuba fez as exigências criticadas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e cuja possibilidade de reversão fez com que Cuba anunciasse a saída do programa.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...

Lula quer endurecer penas para crimes ‘contra a democracia’

O Ministério da Justiça e Segurança Pública trabalha em uma proposta para endurecer as punições para crimes “contra a democracia”. O projeto, ainda a...

Lula nomeia novo comandante do Exército; Saiba quem é o General Tomás

O governo federal anunciou na tarde deste sábado (21) que o general Tomás Miguel Ribeiro Paiva é novo comandante do Exército. O ex-comandante Militar...

General demitido por Lula reúne Alto Comando do Exército

Objetivo é anunciar a decisão do presidente de demiti-lo
- PUBLICIDADE -