Início Mundo Tanzânia revê testes de coronavírus após bode e mamão testarem positivo

Tanzânia revê testes de coronavírus após bode e mamão testarem positivo

Deu bode: O presidente havia afirmado que os testes importados da China já estariam contaminados, e após testes positivos em substancias não humanas, demitiu o secretario da saúde.

- continua após a publicidade -

O presidente da Tanzânia, John Magufuli, suspendeu o chefe do laboratório nacional de saúde, encarregado pelos exames de coronavírus.

O presidente havia afirmado que os testes importados – que não tiveram sua origem revelada – haviam falhado, pois apontaram resultados positivos ao examinar um bode, um mamão, óleo de carros, entre outras amostras não-humanas também submetidas a exames.

foto ebc

A oposição acusa o governo da Tanzânia de omitir dados e de não levar a pandemia a sério.

Freeman Mbowe, líder do principal partido opositor, o Chadema, acusou John Magufuli de “falta de transparência” sobre a questão do coronavírus.

O presidente respondeu. “Pode ter havido erros técnicos ou os reagentes importados também estão com problemas. Também é provável que os técnicos estejam sendo pagos para enganar”, afirmou em discurso transmitido pela TBC, emissora pública da Tanzânia.

internet
- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A chefe interina de comunicação do Ministério da Saúde, Catherine Sungura, afirmou que o diretor do laboratório e o gerente de garantia de qualidade foram suspenso para abrir caminho para investigação.

O presidente pediu ao ministro de Assuntos Constitucionais e Jurídicos, Mwigulu Nchemba, que chefie esta vistoria.

Tanzania não decretou isolamento e mantém casos baixos

Algo que vale notar é que, além disso, enquanto a maioria dos países da região apostou no confinamento, a Tanzânia simplesmente fechou as escolas, e tanto o comércio quanto o transporte público continuaram funcionando. A África em si tem níveis baixos de testagem, o que a leva a também apresentar baixos números de casos e mortes por COVID-19, em relação a outras regiões como a Europa, por exemplo.

Fonte: Africa News

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Odebrecht fez pagamentos a Toffoli, denuncia Marcelo Odebrecht à PGR

Marcelo Odebrecht e os demais diretores da empresa sempre se referiam a Toffoli como “amigo de Adriano” ou “amigo de AM (Adriano Maia)”

Gol de Bolsonaro: SBT acerta transmissão da final do carioca, Flamengo e Fluminense

O SBT alcançou a sua maior audiência na história da emissora até então com a transmissão da final da Copa do Brasil, decidida por Corinthians e Grêmio

Divirta-se com os melhores tweets do MBL tratando Ayan como um guru

Com a prisão de Luciano Ayan por suspeita de lavagem de dinheiro, separamos os melhores do tweets em que mblistas idolatram o prisioneiro.

Ribeirão Preto tem leitos sobrando na rede privada e deveria contratar com urgência

Presidente da entidade diz que hospitais de campanha são um erro estratégico e que Ribeirão Preto vive o cenário já experimentado por Manaus

Preso por lavagem de dinheiro do MBL teve cargo no governo Doria

Os presos Alessander Mônaco e Carlos A. de Moraes Afonso são investigados por ocultação de patrimônio, além de lavagem de dinheiro.
- PUBLICIDADE -