InícioSaúdeSecretaria da Saúde reorganiza serviços oferecidos pelo Posto de Atendimento Médico

Secretaria da Saúde reorganiza serviços oferecidos pelo Posto de Atendimento Médico

- continua após a publicidade -

A partir do próximo dia 27 de junho, alguns serviços oferecidos pelo PAM, antigo Posto de Atendimento Médico, passam a ser realizados no prédio do NGA (Núcleo de Gestão Assistencial) localizado na Rua Minas.

“São atendimentos de especialidades nas áreas infantil e adolescente, como gastroenterologia, cardiologista, hematologia e exames como eletroencefalograma e cardiograma”, explica a psicóloga Edila Muniz Retamal, gerente da unidade.

Também a partir do dia 27, os serviços de atenção básica como pediatria, vacinas e serviços de enfermagem passam a funcionar na CSE (Centro Saúde Escola) Profª Drª M.ª Herbênia O. Duarte, localizada na Rua Gonçalves Dias, 790.

Os serviços de saúde mental como psicologia, psiquiatria, fonoaudiologia, neurologia e assistência social continuarão sendo oferecidos no PAM até que o novo prédio alugado pela Secretaria da Saúde tenha passado pelas adaptações necessárias.

A reorganização dos serviços, segundo o secretário da Saúde, Stenio Miranda, é necessária por dois motivos principais.
-O primeiro é que o modelo de serviço representado pelo PAM foi adotado há mais de três décadas e hoje está obsoleto. Além disso é desfavorável à adequada atenção à saúde da população.
-Outro fator é que o prédio que abriga o serviço é antigo, de estrutura imprópria para o desempenho das ações assistenciais de saúde nos moldes atuais (sem acessibilidade, por exemplo). Sua reforma custaria mais que a construção de uma nova edificação e resultaria em estrutura ainda imprópria e desajustada às necessidades de atendimento à população.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A nova unidade funcionará a cerca de mil metros de distância do prédio atual, em edificação reformada para oferecer serviços de saúde. São consultórios espaçosos, todos com banheiro privativo, salas de espera, administrativa, copa, almoxarifado, espaço externo. Tudo em absoluta concordância com a legislação sanitária vigente, com as recomendações do Corpo de Bombeiros, com as normas legais de acessibilidade para deficientes físicos e pessoas com restrição de mobilidade.

“Trata-se de um novo serviço, alinhado com as mais modernas diretrizes de assistência em saúde e que funcionará em instalações de excelente qualidade”, frisou Miranda.

O PAM realiza diariamente cerca de 150 atendimentos e conta com cerca de 30 profissionais, que também serão transferidos para os serviços mencionados.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

STF julga liberação de crininosas para prender manifestantes de 8 de janeiro

Vão soltar criminosas para sobrar lugar para prender senhoras que se manifestavam dentro da constituição e acreditaram em um capitão e alguns generais

As críticas do New York Times a Moraes

O jornal norte-americano New York Times voltou a falar sobre o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Uma reportagem publicada neste domingo, 22,...

5 depredações da esquerda contra o patrimônio público

“Nunca vocês leram alguma notícia sobre um movimento ou partido de esquerda invadir o Congresso Nacional, a Suprema Corte ou o Palácio do Planalto”,...

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...
- PUBLICIDADE -