InícioSaúdeMedico voluntario da vacinação contra Covid morre no RJ

Medico voluntario da vacinação contra Covid morre no RJ

Médico de 28 anos teve complicações da covid-19 e morreu. Anvisa já repassou informação aos responsáveis pelo estudo

- continua após a publicidade -

Um médico de 28 anos, morador do Rio de Janeiro morreu por complicações da covid-19. Uma notícia triste, com uma complicação a mais: ele era um dos 10 mil voluntários que testam a vacina que a Universidade de Oxford desenvolve em parceria com a AztraZeneca no Brasil.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu uma nota sobre o caso nesta quarta-feira, 21, informando que recebeu a notícia no dia 19.

De acordo com a reguladora governamental, o comitê independente que acompanha o caso sugeriu que o estudo continuasse. “O processo permanece em avaliação”, informou.

Ainda não se sabe se o homem tomou a vacina ou um placebo.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A pesquisa está na terceira fase de testes clínicos e até o momento o imunizante foi considerado seguro e eficaz.

O Ministério da Saúde deve pagar R$ 1,8 bilhão por 100 milhões de doses da vacina para o primeiro semestre do ano que vem, caso ela seja aprovada e mais 165 milhões de aplicações a serem produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no segundo semestre.

Confira abaixo a nota divulgada pela Anvisa sobre o caso.

“Em relação ao falecimento do voluntário dos testes da vacina de Oxford, a Anvisa foi formalmente informada desse fato em 19 de outubro de 2020. Foram compartilhados com a Agência os dados referentes à investigação realizada pelo Comitê Internacional de Avaliação de Segurança. É importante ressaltar que, com base nos compromissos de confidencialidade ética previstos no protocolo, as agências reguladoras envolvidas recebem dados parciais referentes à investigação realizada por esse comitê, que sugeriu pelo prosseguimento do estudo. Assim, o processo permanece em avaliação.

Portanto, a Anvisa reitera que, segundo regulamentos nacionais e internacionais de Boas Práticas Clínicas, os dados sobre voluntários de pesquisas clínicas devem ser mantidos em sigilo, em conformidade com princípios de confidencialidade, dignidade humana e proteção dos participantes.

A Anvisa está comprometida a cumprir esses regulamentos, de forma a assegurar a privacidade dos voluntários e também a confiabilidade do país para a execução de estudos de tamanha relevância.

A Agência cumpriu, cumpre e cumprirá a sua missão institucional de proteger a saúde da população brasileira.”

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

🌎 Feira de Intercâmbio no Iguatemi Ribeirão Preto! ✈️

"Especialista da área da matéria do portal em Ribeirão, o único portal independente da região que não recebe verbas públicas." Resumo O Iguatemi Ribeirão Preto...

Sertãozinho: Programação da Camara de vereadores vai alem da politica

Camara de vereadores tem novos canais de comunicação, exposições e informações importantes para a população

Iguatemi Ribeirão Preto anuncia pop-upda grife Yves Saint Laurent

Empreendimento recebe um dos maiores ícones globais da moda na próxima quarta-feira, 24 de abril

Mirage Circus entra nas últimas semanas de apresentações em Ribeirão Preto

Os ribeirão-pretanos ainda têm chance de ver as últimas apresentações do Mirage Circus, localizado na Rodovia Prefeito Antônio Duarte - em Frente ao Novo Shopping - e que tem como anfitrião o ator Marcos Frota.

Grupo ApanelA leva espetáculo teatral gratuito a jovens da zona norte da cidade

Espetáculo, que exibe a personagem Pétala, construída com materiais recicláveis descartados irregularmente em lixões da cidade
- PUBLICIDADE -