InícioSaúdeGovernador comunista vai ao STF para que estados usem vacina não aprovadas...

Governador comunista vai ao STF para que estados usem vacina não aprovadas pela Anvisa

Ele não deixou claro se pediu também a liberação da aplicação das vacinas.

- continua após a publicidade -

Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão, anunciou hoje que entrou com uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal) por causa das vacinas contra covid-19.

O objetivo dele é liberar a aquisição de imunizantes que não estejam aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), mas tenham autorização de agências sanitárias internacionais.

Ele não deixou claro se pediu também a liberação da aplicação das vacinas.

“Ingressei ontem com ação judicial no Supremo. Objetivo é que estados possam adquirir diretamente vacinas contra o coronavírus autorizadas por agências sanitárias dos Estados Unidos, União Europeia, Japão e China. Com isso, estados poderão atuar, se governo federal não quiser”, publicou Dino no Twitter.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

MST já fala em ‘distribuição de terras de latifúndios’

Movimento quer ainda a 'agroecologia' no Brasil

Não vai acontecer mas: Secretaria da Cultura e Turismo abre cadastro para Grupos Carnavalescos

Até o carnaval estaremos novamente com tudo fechado e eles já sabem, mas fazem de conta que nada sabem.

Departamento de Saúde e Serviços Humanos de Joe Biden é cúmplice na prostituição de crianças migrantes

Diz que o governo é cúmplice porque 'não somos processados ​​por traficantes'... Criança migrante: minha patrocinadora 'me prostituiria para homens'

CARTA DOS OFICIAIS SUPERIORES DA ATIVA AO COMANDANTE DO EXERCITO BRASILEIRO

Covardia, injustiça e fraqueza são os atributos mais abominados para um Soldado. oficiais superiores da ativa do Exército  Brasileiro, que o fazem de livre e espontânea vontade.
- PUBLICIDADE -