InícioSaúdeGovernador comunista vai ao STF para que estados usem vacina não aprovadas...

Governador comunista vai ao STF para que estados usem vacina não aprovadas pela Anvisa

Ele não deixou claro se pediu também a liberação da aplicação das vacinas.

- continua após a publicidade -

Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão, anunciou hoje que entrou com uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal) por causa das vacinas contra covid-19.

O objetivo dele é liberar a aquisição de imunizantes que não estejam aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), mas tenham autorização de agências sanitárias internacionais.

Ele não deixou claro se pediu também a liberação da aplicação das vacinas.

“Ingressei ontem com ação judicial no Supremo. Objetivo é que estados possam adquirir diretamente vacinas contra o coronavírus autorizadas por agências sanitárias dos Estados Unidos, União Europeia, Japão e China. Com isso, estados poderão atuar, se governo federal não quiser”, publicou Dino no Twitter.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Descansa Olavo de Carvalho aos 74 anos

O corpo descansou, mas o "parteiro" do conservadorismo nunca morrera, suas ideias e pensamentos criaram raízes

Últimas vagas para cursos profissionalizantes na Celso Charuri

São 24 vagas para Torneiro Mecânico e seis para Construtor de Alvenaria; aulas começam em fevereiro

Parceria garante laboratório especializado em Genética Molecular para Ribeirão Preto

Entre as aplicações, poderão ser desenvolvidos, por exemplo, estudos oncológicos, farmacológicos, de doenças raras, de célula-tronco, entre outros.

Ultimo prazo para negociação de dividas com a prefeitura termina dia 31

Programa de regularização de débitos oferece descontos de até 100% nos juros e 90% nas multas para pagamentos à vista e possibilidade de parcelamento em até 36 vezes

Camping e Restaurante Vale dos Sonhos

Uma opção para passar os feriados ou então dar aquela fugidinha de final de semana, a uma hora de Ribeirão Preto, o local oferece diversão e descanso para toda família
- PUBLICIDADE -