InícioPolíticaSaiba como vai ser a sessão de votação do impeachment no Senado...

Saiba como vai ser a sessão de votação do impeachment no Senado hoje

- continua após a publicidade -

O Senado vota nesta quarta-feira (11) o relatório sobre a admissibilidade do processo de impeachment movido contra a presidente da República, Dilma Rousseff. Alguns detalhes, como o tempo de duração das intervenções e discursos dos senadores seriam definidos ainda numa reunião entre os líderes dos partidos no Senado, mas o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), adiantou o roteiro básico da sessão, que será transmitida ao vivo pela internet e TV senado.

Abertura e duração
Cada senador terá 10 minutos para discutir e mais cinco minutos para encaminhar o voto.

“O ideal é que cheguemos a um meio-termo, tudo acertado com os líderes dos dois lados”, destacou Renan. A expectativa é que pelo menos 60 senadores falem, o que somaria 10 horas de sessão.

Senadores inscritos
As inscrições para a sessão desta quarta-feira foram abertas nesta terça-feira (10), em dois livros – um para os parlamentares que estão a favor da admissibilidade e outro para os que se posicionam contrariamente. A primeira a colocar seu nome na lista –e que será, consequentemente, a primeira a se pronunciar entre os senadores– foi Ana Amélia (PP-RS), que é abertamente a favor do impeachment.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Defesa e acusação
Antes do início da votação, o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, terá 15 minutos para fazer a defesa da presidente Dilma Rousseff no plenário do Senado. Ele será precedido pelo relator do caso, Antônio Anastasia (PSDB-MG), que também terá 15 minutos para falar sobre seu parecer, que é favorável ao afastamento da presidente.

Horário e intervalos
A sessão terá início às 9h desta quarta-feira (11). Haverá uma interrupção às 12h. Os trabalhos retornam às 13h e seguem até as 18h. Uma nova interrupção será feita e a sessão é retomada às 19h seguindo até a votação, que deve ser realizada via painel eletrônico.

Será possível votar sim, não ou abstenção.
Após a conclusão da votação, será divulgado como cada parlamentar votou.

O quórum mínimo para votação é de 41 dos 81 senadores (maioria absoluta).
Para que o parecer seja aprovado, é necessário voto da maioria simples dos senadores presentes – metade mais um. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), só vota em caso de empate.

Se for aprovado o relatório da comissão, o processo é oficialmente instaurado e a presidente Dilma Rousseff afastada por até 180 dias.  Em caso contrário, o processo é arquivado e Dilma segue à frente do Executivo.

(Com Agência Brasil)

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Feijoada do Pinheiro fará homenagem às Raízes Sertanejas e ao Esporte Hípico Regional

Morada du Capiau, Liga das Corridas Hípicas Regionais e os Clubes Hípicos da região estão entre os homenageados. Evento acontece no dia 10 de agosto, em Franca

Vendas de Imóveis Usados Crescem Quase 45% em Todo o Estado de São Paulo 🏡📈

Casas e apartamentos com valores de até R$ 400 mil foram os preferidos por 63,23% dos compradores.

Educação de SP Amplia Vagas no Ensino Técnico na Região de Ribeirão Preto para 2025 📚🚀

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) anunciou uma ampliação significativa no número de vagas para o ensino técnico na região de Ribeirão Preto.

🌟 Últimos Dias para Inscrições no FestDigital 2024 da APP Ribeirão! 🚀

No site do FestDigital, você encontra todas as informações necessárias sobre o calendário, regulamento e área de inscrição. As inscrições podem ser feitas até o dia 26/07.

‘Ministro Taxadd’ e ‘Zé do Taxão’: Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, vira meme nas redes

Ministro da Fazenda vira alvo de memes na internet, associando-o ao aumento de impostos
- PUBLICIDADE -