InícioPolíticaDuda Hidalgo tenta se esconder embaixo da saia da justiça mas não...

Duda Hidalgo tenta se esconder embaixo da saia da justiça mas não tem êxito

A PTistas havia solicitado que a justiça paralisasse a investigação do Conselho de Ética até julgamento do mérito do mandado. Mais uma pizza?

- continua após a publicidade -

A PTistas havia solicitado que a justiça paralisasse a investigação do Conselho de Ética até julgamento do mérito do mandado.

A Juíza Luisa Helena Carvalho Pita, da 2ª. Vara da Fazenda Pública de Ribeirão Preto negou o pedido de liminar feito pela vereadora de Ribeirão Preto Duda Hidalgo (PT) em Mandado de Segurança em que ela pedia a paralisação do processo de investigação contra ela movido pelo Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara de Ribeirão Preto. O Mandado com pedido de liminar havia sido impetrado na manhã desta terça-feira, 8 de fevereiro.

Na decisão a magistrada afirmou que apesar da vereadora sustentar que, caso não fosse concedida a tutela de urgência, ela sofreria dano grave que poderá culminar injustamente na cassação de seu mandato, tal argumento não se justifica. Isso porque, o procedimento administrativo em questão encontra-se em fase instrutória de modo que inexiste, por ora, risco concreto de cassação do mandado da impetrante que imponha a concessão de liminar sem antes colher as informações dos impetrados.

Afirmou ainda que a vereadora não apresentou nos autos prova da existência e vigência dos fundamentos legais aplicáveis que dariam ensejo às supostas nulidades apontadas, remanescendo ainda nebuloso o efetivo regramento legal aplicável ao referido processo administrativo.

Denúncia

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Segundo a denúncia, a parlamentar realizou, ao longo do ano de 2021, uma série de viagens para eventos partidários realizados em outras cidades. O sistema Detecta, da Polícia Militar, confirmou que o veículo efetivamente esteve em algumas cidades em datas em que Duda afirmou à Câmara que o carro estaria em Ribeirão.

Segundo a defesa de Duda, a atuação do Conselho de Ética foi ilegal e impediu o exercício do direito de defesa da parlamentar, especialmente pelo presidente Maurício Vila Abranches (PSDB) e pelo relator do caso, o vereador Renato Zucoloto (PP). A parlamentar ainda afirmou ao Judiciário que o rito escolhido para a tramitação do processo foi incorreto.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Cai quem quer: Rio de Janeiro confirma quinto caso de varíola dos macacos

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro confirmou hoje (29) o quinto caso de varíola dos macacos (monkeypox) no estado. Segundo nota divulgada pela...

Bolsonaro confirma general Braga Netto como candidato a vice-presidente

O reservista Braga Netto atuou como chefe da administração civil de Jair Bolsonaro de fevereiro de 2020 a março de 2021

Cursos pré-vestibular e ENEM da USP estão com inscrições abertas

Os cursos populares relacionados à Universidade de São Paulo (USP) estão abertos para turmas no segundo semestre.

As UPAs continuam lotadas mesmo com varias doses, mas quem quer tem mais agendamento aberto

E a festa continua com a picada que não protege nada, mas pode ser motivo de muitos problemas que estão por ai.

6º Festival Nacional de Teatro de Ribeirão Preto tem inscrições abertas

Podem se inscrever grupos e companhias teatrais de todo o país, até o dia 17 de julho, no Portal da Prefeitura
- PUBLICIDADE -