InícioPolicialVagabundo solto após ejacular em mulher é preso de novo ao atacar...

Vagabundo solto após ejacular em mulher é preso de novo ao atacar outra passageira

- continua após a publicidade -

Depois de ter sido preso na última terça-feira (29) por ejacular em uma mulher dentro de um ônibus e ser solto pela

17ª.  pela Justiça de São Paulo, Diego Ferreira de Novais, de 27 anos, foi preso mais uma vez cometendo o mesmo crime hoje (2).

O Vagabundo, de 27 anos, foi preso inicialmente por suspeita de ato obsceno contra uma mulher dentro de um ônibus que passava pela Avenida Brigadeirio Luis Antônio. Mas na delegacia acabou indiciado por estupro porque foi acusado de esfregar o pênis no ombro da vítima e ainda tentado impedi-la de fugir dele.

O juiz José Eugenio do Amaral Souza Neto que soltou o estuprador esta semana deve estar envergonhado.
De acordo com informações da Polícia Civil, ele será autuado por estupro, com pedido de prisão preventiva. O delegado responsável pelo caso, Rogério de Camargo Nader, informou que, caso a prisão seja negada, pedirá que Diego seja encaminhado para tratamento psiquiátrico.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Segundo a Polícia Civil, hoje ele ficou ao lado de uma passageira no banco do coletivo, começou a mexer no pênis e, em seguida, abriu a calça e expôs o órgão tentando encostá-lo na vítima, uma mulher entre 30 e 40 anos. Ela gritou, e quando tentou se afastar, foi segurada pelas pernas pelo agressor.

Esta é a quarta vez que Diego é preso por estupro. Ele também já foi preso 13 vezes por ato obsceno e importunação ofensiva ao pudor. Mais uma vez o agressor será encaminhado para audiência de custódia e corre o risco de algum juiz soltar o indefeso estuprador.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Botafogo encara S. José o frio e gramado sintético no sul

O treinador Argel Fuchs relacionou 20 jogadores para o duelo contra o São José-RS, marcado para este domingo (1º)

Governo estuda aumento do Bolsa Família, diz Guedes

A intenção é que o valor do benefício chegue a R$ 300.

Tribunal de Justiça abre concurso para para 845 vagas de Escrevente

Certame disponibiliza oportunidades entre diversas localidades do estado; veja como participar

Dois lotes de parques municipais serão administrados por iniciativas privadas

Gestão e encerramento do contrato (até cinco anos de contrato com a possibilidade de prorrogação por mais cinco anos).

Ribeirão Preto estende abertura do comércio a partir desta sexta-feira, dia 30

Medida se antecipa ao Plano São Paulo. Veja como ficam os horários.
- PUBLICIDADE -