InícioMundoNa Argentina: Greve paralisa 22 portos e deve se prolongar

Na Argentina: Greve paralisa 22 portos e deve se prolongar

Argentina a passos largos a caminho de uma "Venezuelização", congela preços, tributa grandes fortunas, proíbe o desemprego por lei, e sua classe media já busca outros países para viver

- continua após a publicidade -

Argentina a passos largos a caminho de uma “Venezuelização”, congela preços, tributa grandes fortunas, proíbe o desemprego por lei, e sua classe media já busca outros países para viver, enquanto empresas fecham suas portas definitivamente, e agora com os sindicatos entrando em greve, que até então eram parceiros, não sobrara nada da Argentina que conhecemos e logo os asiáticos tomarão conta de todas estatais.

O pais comunista, que prorroga o maior look down do mundo e tem uma das maiores taxas de morte por milhão, torna todos “iguais”, nivelando por baixo.

Que sirva de lição aos Brasileiros.

arquivo

A greve de trabalhadores argentinos do setor portuário deve se estender até semana que vem — pela terceira consecutiva. É o que informou Daniel Yofra, secretário-geral do sindicato dos processadores de soja do país, em comunicado divulgado à imprensa.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A paralisação se deu por causa da falta de aumento de salários e benefícios durante o surto de coronavírus.

No total, 22 portos argentinos estão sem atividades. Calcula-se que 4,5 milhões de toneladas de grãos e subprodutos seguem em espera para serem embarcados em 129 navios. A Argentina perde dinheiro com a situação.

“As greves vão continuar”, salientou Yofra. “As empresas estão muito relutantes em chegar a um acordo considerando nossas demandas. Por isso, não prevemos uma solução para este conflito pelo menos até a próxima semana”, acrescentou ele. O Sindicato dos Receptores de Grãos e Anexos da República Argentina, um dos três representantes dos trabalhadores que lidera a greve, informou que, depois de mais de dez horas de audiência com o governo peronista de Alberto Fernández e Cristina Kirchner, “não houve um acordo que pudesse pôr fim ao protesto”. Funcionários seguem de braços cruzados.

Argentina: A prova que não há nada de ruim que não possa piorar

Desilusão na Argentina uma futura Venezuela

Coca-Cola vai deixar a Ar­gen­tina e pas­sará a fun­ci­onar no Brasil

internet

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Projeto Guri ainda dispõe de vagas para cursos gratuitos de música na região de Ribeirão Preto

Matrícula diretamente no polo de ensino do Projeto Guri; não é necessário ter conhecimento prévio de música nem possuir instrumento musical

Covid-19: Butantan identifica nova variante recombinante em São Paulo

Trata-se da variante XG da cepa Ômicron. Eles não desistem e vão continuar controlando o gado que segue estes "cientistas" negacionistas.

Táxis poderão utilizar corredores de ônibus em Ribeirão Preto

Veículos de urgência e emergência também podem utilizar os corredores de ônibus a partir do dia 23 de maio

Entidades Assistenciais começam a receber cobertores da Campanha do Agasalho

Confira os locais de doação no site da Campanha do Agasalho. A campanha, que segue até o dia 31 de agosto, tem como objetivo arrecadar cobertores e agasalhos, novos ou usados em bom estado de conservação

Projeto CineMaterna do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto exibe filme Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

Sessão adaptada para receber as famílias será exibida na próxima quarta-feira, dia 18
- PUBLICIDADE -