Início Lazer e Cultura Orquestra Jovem do Estado se apresenta em RP

Orquestra Jovem do Estado se apresenta em RP

- continua após a publicidade -

Sinônimo de excelência musical no Brasil, o Theatro Pedro II será o palco de uma apresentação da Orquestra Jovem do Estado na próxima sexta-feira, dia 17 de novembro, às 20h30. A Orquestra é referência por seu bem-sucedido plano pedagógico e sua cuidadosa curadoria artística.

Sob a regência de Cláudio Cruz, a Orquestra Jovem do Estado se apresenta com 90 integrantes e a participação do pianista Ricardo Castro, com um vasto repertório.

O concerto é uma parceria da prefeitura de Ribeirão Preto, por meio da Fundação Dom Pedro II, com o governo do estado de São Paulo. Os ingressos são gratuitos e começaram a ser distribuídos na bilheteria do Theatro uma hora antes de o espetáculo começar.

A presidente da Fundação Dom Pedro, Mariana Jábali, ressaltou que o maestro Cláudio Cruz já regeu a Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto e também já se apresentou como solista.

“A Fundação Dom Pedro II tem como objetivo promover essas parcerias e trazer o que temos de melhor em nossa cultura. Esse trabalho serve para fazer um intercâmbio cultural e trocar experiências, além de ser sempre oportuno oferecer espetáculos gratuitos”, disse Mariana.

 

 

Orquestra Jovem do Estado

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Desde sua reformulação, em 2012, passou a ter Claudio Cruz como regente titular e diretor musical, o que ocasionou um expressivo salto de qualidade.

Hoje, a Orquestra Jovem do Estado apresenta uma marcante identidade sonora. Sua forte coesão interna permite a construção de repertórios cada vez mais desafiadores técnica e estilisticamente.

Esse sucesso é fruto dos intensivos ensaios que seguem o modelo de festival, com preparação de naipes, imersão no repertório e profunda interação com solistas e regentes convidados, além da abrangência de suas atividades pedagógicas, que formam e inspiram os jovens instrumentistas.

Outro fator determinante na evolução do grupo foi a criação do Prêmio Ernani de Almeida Machado, em parceria com o escritório Machado Mayer Advogados.

Voltada aos bolsistas da Orquestra, a premiação contempla um grande vencedor e quatro finalistas, e todo dinheiro recebido pelos jovens deve ser investido em seu aperfeiçoamento musical, como a compra de instrumentos ou financiamento de cursos em academias estrangeiras.

Ciente da importância da vivência internacional para a formação dos jovens músicos, a Orquestra realiza regularmente turnês no exterior.

Com atuações elogiadas pelo público e crítica internacional, o grupo já se apresentou em importantes salas de concerto, como o Lincoln Center, em Nova York, o Kennedy Center, em Washington e a Konzerthaus, em Berlim,  além de ter participado como orquestra residente do Festival Berlioz, na cidade natal do compositor francês, La Côte-Saint-André, interpretando a “Sinfonia Fantástica”.

Repertório

Sergio Kafejian (1967)

Gritei…  e o Pássaro do Equilíbrio Perfeito na Ponta do Abeto Só Mexeu o Rabo [9 min].

Maurice Ravel (1875-1937)

Concerto para Piano em Sol Maior [23 min].

Nikolai Rimsky-Korsakov (1844-1908)

Scheherazade, opera 35 [42 min].

Regência: Cláudio Cruz

Iniciou-se na música com seu pai, o luthier João Cruz. Foi premiado pela Associação Paulista de Críticos de Artes, Prêmio Carlos Gomes, Prêmio Bravo e Grammy Awards.

Atuou como spalla da Osesp, foi diretor musical da Orquestra de Câmara Villa-Lobos e regente titular das Sinfônicas de Ribeirão Preto e Campinas. Regeu a Orquestra de Câmara de Osaka, New Japan Philharmonic, Hyogo Academy Orchestra, Svogtland Philharmonie (Alemanha), Jerusalem Symphony Orchestra.

É regente titular e diretor musical da Orquestra Jovem do Estado, diretor artístico da Oficina de Música de Curitiba e primeiro violino do Quarteto de Cordas Carlos Gomes.

Pianista: Ricardo Castro

Pianista e maestro, Ricardo Castro nasceu em 1964, em Vitória da Conquista/BA. Estabeleceu-se na Europa em 1984, onde estudou piano com Maria Tipo e Dominique Merlet, e regência com Arpad Gerecz.

Premiado no Concurso da ARD de Munique, em 1987, e Geza Anda de Zurique, em 1988, tornou-se um pianista de renome internacional ao receber o primeiro lugar no Leeds International Piano Competition, na Inglaterra, em 1993.

Em 2013, Ricardo Castro tornou-se o primeiro brasileiro a receber o Honorary Membership da Royal Philharmonic Society, passando a figurar desde então ao lado de personalidades chaves na história da música ocidental.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Lugar de criança é na rua: Justiça barra volta às aulas de Ribeirão Preto

Sindicato dos servidores acreditam que apenas quem tem condições de pagar escola particular, merece educação

Grupo de médicos e cientistas escreve Carta Aberta ao governo britânico solicitando auditoria imediata de mortes após vacinação no Reino Unido

Dados mostram que as mortes semanais em lares de idosos triplicaram nas duas semanas entre 8 e 22 de janeiro de 2021, em um momento em que houve um aumento maciço na taxa de vacinações

Nova linha de crédito da Caixa tem juros atrelados à poupança

Financiamentos serão de até 35 anos e valem para construção e reformas.

Inaugurada Escola de Educação Infantil Eduardo Diniz Junqueira

Creche está localizada no bairro Parque dos Pinus e atenderá 129 alunos de 0 a 3 anos

Ribeirão Preto abre agendamento para vacinação de idosos entre 80 e 84 anos

Imunização para a faixa etária se inicia nos dias 1º e 2 de março em 26 postos de vacinação da cidade
- PUBLICIDADE -