InícioLazer e CulturaBailarinas da Fundação Cultural de Serrana vão participar do festival "Demi Pointe...

Bailarinas da Fundação Cultural de Serrana vão participar do festival “Demi Pointe em Dança”, em Ribeirão Preto

- continua após a publicidade -

No próximo sábado (8), as alunas de Dança do Ventre da Fundação Cultural de Serrana vão se apresentar no festival “Demi Pointe em Dança”, que será realizado no Theatro Pedro II, em Ribeirão Preto. O espetáculo tem início às 19h30.

As 12 bailarinas, que fazem parte do projeto “Arte de Dançar”, vão mostrar ao público presente duas coreografias da Dança Oriental.

Os ingressos podem ser trocados por um pacote de fraldas geriátrica ou infantil. Todo o material arrecadado pelo festival será doado ao Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Preto.

O Theatro Pedro II fica localizado na Rua Álvares Cabral, 370, Centro.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Sobre o projeto

Desde março deste ano, o projeto “Arte de Dançar” promove aulas de quatro modalidades de dança: Balé Clássico e Contemporâneo, Dança de Rua, Dança de Salão e Dança do Ventre. A iniciativa conta com a participação de cerca de 700 pessoas, entre elas alguns alunos da APAE de Serrana. As aulas são realizadas na sede da Fundação Cultural de Serrana.

As atividades do “Arte de Dançar” acontecem com recursos de incentivo fiscal da Pedra Agroindustrial S/A. O projeto é realizado através da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), que destina parte do imposto de renda das empresas e pessoas físicas a projetos incentivados e aprovados pelo Ministério da Cultura.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

A economia a “gente vê depois” leva mais de 2 milhões a extrema pobreza

Pelo menos 2 milhões de famílias brasileiras tiveram a renda reduzida e caíram para a extrema pobreza entre janeiro de 2019 e junho deste...

Quem foi vacinado com coronavac continua proibido de entrar em países que aceitam turistas

A santa medicação do Doria, continua proibida em vários países que já abriram suas fronteiras. E como ficam os imunizados que precisam viajar?

‘Sofrimento global’ faz buscas por ajuda emocional e prevenção ao suicídio aumentarem

Psicológicos relatam aumento de transtornos alimentares e psicológicos na pandemia e falam em ‘crises potencializadas’; Centro de Valorização da Vida registrou 147 mil atendimentos a mais apenas em 2020

Dirigente do Botafogo esquece a tradição e coloca o time entre os da várzea

Agora a torcida vai precisar trocar os bumbos e tambores por rosário, bíblia e agua benta, se não quiser estar ao lado do Leão

Governo federal anuncia dose de reforço para profissionais de saúde

Aplicação extra ocorrerá a partir de seis meses da imunização completa
- PUBLICIDADE -