InícioLazer e CulturaAEAARP revive noite solene de 1948 no palco do Theatro Pedro II

AEAARP revive noite solene de 1948 no palco do Theatro Pedro II

- continua após a publicidade -

Na próxima sexta-feira (14), a Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Ribeirão Preto (AEAARP) vai reviver a noite solene de instalação da entidade, realizada em 1948, com um concerto especial da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto no Theatro Pedro II.

Há 70 anos, o evento aconteceu no salão nobre do Centro Médico de Ribeirão Preto com a apresentação da OSRP, tendo como solista a pianista Olga Tarlá, um dos grandes nomes da música da cidade. Tudo foi transmitido ao vivo pela PRA-7, uma das primeiras emissoras de rádio do país.

“Mantivemos a essência daquela noite, que foi a de valorizar a organização de uma entidade de profissionais, e incluímos elementos que são próprios da nossa época, além de inserirmos atrações que contam a nossa própria história”, explica o engenheiro Arlindo Sicchieri Filho, diretor da AEAARP que está à frente da organização deste evento.

Na Noite de Gala dos 70 anos da AEAARP a Orquestra Sinfônica vai executar músicas de trilhas sonoras de grandes sucessos do cinema mundial; cinco delas serão cantadas pelo coral Som Geométrico, grupo vocal da AEAARP iniciado nos anos de 1990.

A engenheira e maestrina Regina Foresti confessa que está ansiosa com a oportunidade de colocar o seu grupo no palco do Theatro Pedro II, acompanhando uma das orquestras mais tradicionais do país. “E para homenagear os 70 anos da associação, o que transforma tudo em uma grande oportunidade e um gigantesco desafio”, fala.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Para completar, a cerimônia será transmitida pelo Facebook, mantendo a sequência dos acontecimentos e incluindo ferramentas atuais.

Os convites para a Noite de Gala estão à venda vendidos na AEAARP. Toda a renda obtida com o evento será revertida à Casa do Vovô.

História

A AEAARP foi fundada em 1948 por um grupo de profissionais da área tecnológica que buscavam valorizar as profissões de engenheiro, arquiteto e agrônomo junto aos setores público e privado.

“O que fazemos agora é exatamente reproduzir aqueles objetivos, agregando benefícios e serviços aos nossos associados”, fala o engenheiro Carlos Alencastre, presidente da AEAARP.

A associação oferece convênios exclusivos com instituições de ensino superior, prestadores de serviços, escolas de idiomas e serviços de saúde. A lista completa está no portal da AEAARP.

A AEAARP também tem representantes nos conselhos de classe – Conselho Regional de Agronomia e Engenharia (CREA) e Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) –, em conselhos municipais que pautam temas como urbanismo, patrimônio histórico etc e nas comissões especiais do conselho da Região Metropolitana de Ribeirão Preto.

A AEAARP mantém uma revista mensal, a Painel, cuja pauta atende aos interesses específicos desse público e mantém canais em redes sociais – Facebook e Instagram – para divulgação de informações relevantes.

Agenda:

Noite de Gala AEAARP 70 anos

Data: 14 de setembro

Horário: 19h30

Local: Theatro Pedro II

Convites: R$ 10,00

Reservas: 16 2102.1700

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Universidade federal terá cotas para detentos, ex-presidiários e refugiados

Ser bandido virou bom negocio no Brasil, com aplauso do PSOL a decisão penaliza o cidadão de bem

A importância dos Bandeirantes para o desenvolvimento do Brasil

A historia dos Bandeirantes estão diretamente ligada ao desenvolvimento do Brasil. Não fossem estes bravos desbravadores estaríamos vivendo até hoje apenas no litoral brasileiro. Defendem genocidas e ditadores e atacam verdadeiros herois.

Contações de histórias compõem a programação do final de semana do Museu Casa de Portinari

Conheça também a faceta poética de Candido Portinari no Pela Janela (25); on-line e gratuita

Terceira via discute impeachment de Bolsonaro como única forma de derrotar Lula

Com economia e empregos em recuperação, falta de escândalos no governo e popularidade nas ruas em alta, os concorrentes enxergam no impeachment a única forma de barrar Bolsonaro em 2022

Olimpíada de Tóquio: saiba quem são os brasileiros favoritos ao ouro

Judô? Vôlei? Natação? Atletismo? Futebol? De onde virão as medalhas de ouro para o Brasil?
- PUBLICIDADE -