InícioLazer e CulturaAEAARP revive noite solene de 1948 no palco do Theatro Pedro II

AEAARP revive noite solene de 1948 no palco do Theatro Pedro II

- continua após a publicidade -

Na próxima sexta-feira (14), a Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Ribeirão Preto (AEAARP) vai reviver a noite solene de instalação da entidade, realizada em 1948, com um concerto especial da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto no Theatro Pedro II.

Há 70 anos, o evento aconteceu no salão nobre do Centro Médico de Ribeirão Preto com a apresentação da OSRP, tendo como solista a pianista Olga Tarlá, um dos grandes nomes da música da cidade. Tudo foi transmitido ao vivo pela PRA-7, uma das primeiras emissoras de rádio do país.

“Mantivemos a essência daquela noite, que foi a de valorizar a organização de uma entidade de profissionais, e incluímos elementos que são próprios da nossa época, além de inserirmos atrações que contam a nossa própria história”, explica o engenheiro Arlindo Sicchieri Filho, diretor da AEAARP que está à frente da organização deste evento.

Na Noite de Gala dos 70 anos da AEAARP a Orquestra Sinfônica vai executar músicas de trilhas sonoras de grandes sucessos do cinema mundial; cinco delas serão cantadas pelo coral Som Geométrico, grupo vocal da AEAARP iniciado nos anos de 1990.

A engenheira e maestrina Regina Foresti confessa que está ansiosa com a oportunidade de colocar o seu grupo no palco do Theatro Pedro II, acompanhando uma das orquestras mais tradicionais do país. “E para homenagear os 70 anos da associação, o que transforma tudo em uma grande oportunidade e um gigantesco desafio”, fala.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Para completar, a cerimônia será transmitida pelo Facebook, mantendo a sequência dos acontecimentos e incluindo ferramentas atuais.

Os convites para a Noite de Gala estão à venda vendidos na AEAARP. Toda a renda obtida com o evento será revertida à Casa do Vovô.

História

A AEAARP foi fundada em 1948 por um grupo de profissionais da área tecnológica que buscavam valorizar as profissões de engenheiro, arquiteto e agrônomo junto aos setores público e privado.

“O que fazemos agora é exatamente reproduzir aqueles objetivos, agregando benefícios e serviços aos nossos associados”, fala o engenheiro Carlos Alencastre, presidente da AEAARP.

A associação oferece convênios exclusivos com instituições de ensino superior, prestadores de serviços, escolas de idiomas e serviços de saúde. A lista completa está no portal da AEAARP.

A AEAARP também tem representantes nos conselhos de classe – Conselho Regional de Agronomia e Engenharia (CREA) e Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) –, em conselhos municipais que pautam temas como urbanismo, patrimônio histórico etc e nas comissões especiais do conselho da Região Metropolitana de Ribeirão Preto.

A AEAARP mantém uma revista mensal, a Painel, cuja pauta atende aos interesses específicos desse público e mantém canais em redes sociais – Facebook e Instagram – para divulgação de informações relevantes.

Agenda:

Noite de Gala AEAARP 70 anos

Data: 14 de setembro

Horário: 19h30

Local: Theatro Pedro II

Convites: R$ 10,00

Reservas: 16 2102.1700

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Cerca de 40 mil pessoas não retornaram para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19

Dados são Vigilância Epidemiológica, que conclama a população a procurar os postos de vacinação e manter o controle da doença

“Concertos Internacionais” apresenta homenagem a Astor Piazzolla

Concerto será transmitido no dia 23 de outubro, às 19h, como parte das comemorações de 91 anos do Theatro Pedro II

Nogueira quer que você receba agua do Rio Pardo nas torneiras

Hoje a agua do DAERP é do aquífero guarani, uma agua mineral será substituída por aguas do Rio Pardo. Você aprova esta mudança?

Atenção: Alerta para tentativa de golpe contra aposentados

Instituto de Previdência orienta beneficiários a não informar dados pessoais ou bancários

Ditador Moraes manda prender e extraditar Allan dos Santos

Se não estamos vivendo em uma ditadura do judiciário, o que se compara com atitudes destes loucos? Maduro, Chaves, Alexandre de Moraes...
- PUBLICIDADE -