InícioEsportesVôlei Ribeirão é campeão da Superliga B

Vôlei Ribeirão é campeão da Superliga B

- continua após a publicidade -

Criado em 2017 com audaciosas metas como chegar a Superliga B e conseguir a vaga na elite do voleibol brasileiro em apenas uma temporada.
Missão dada missão cumprida:
O time já estava classificado para jogar a elite o voleibol brasileiro, quando venceu as semifinais, mas faltava o titulo, e nesta tarde de Sabado (21) o time entrou em quadra disposto a deixar o campeonato na cidade.

Ao vencer Itapetininga na Cava do Bosque por 3 sets a 1 o time ficou com o título da Superliga B.

Para testar o coração da torcida, o time começou perdendo o primeiro set, 23/25
Mas em um emocionante jogo o time soube se impor e aplicou o placar pelas, Parciais de 23/25, 25/21, 26/24 e 25/17

O time agora jogara contra os principais times do Vôlei brasileiro e proporcionara grandes partidas na cidade.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Foi o segundo título de Ribeirão na temporada de estreia, e os dois sobre Itapetininga, tanto na Taça Prata, quanto na Superliga B.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Ipem-SP detecta fraude em veículo-tanque em Ribeirão Preto

A Polícia Militar foi acionada após a constatação da fraude

SÃO TOMÉ DAS LETRAS: O QUE FAZER NA CIDADE MÍSTICA DE MINAS GERAIS

Dica de turismo para você fugir da cidade e passar um final de semana ou se programar para o próximo feriado.

Museu Casa de Portinari promove Música no Coreto, neste sábado (18)

Realizada na praça Martim Moreira, a apresentação contará com repertório de música popular; gratuita e respeitando todos os protocolos de segurança

ShoppingSantaÚrsula recebe a exposição “Arte que Fala”

Com curadoria da artista plástica e educadora Cristiane Cordeiro, mostra reúne cinco latas ilustrativas, com uma mensagem e link para palestras que fizeram parte da Feira Internacional do Livro 2021

Menor NÃO: Ministro destaca eventos adversos em adolescentes vacinados

Segundo Queiroga, foram identificados 1,5 mil eventos adversos em adolescentes imunizados. “A OMS não recomenda a vacinação de adolescentes
- PUBLICIDADE -