InícioEsportesOlimpíadasLimpa onde o padre vai passar. É um ditado mas os prefeitos...

Limpa onde o padre vai passar. É um ditado mas os prefeitos estão assim com a passagem da tocha olímpica.

- continua após a publicidade -

Nas cidades da região tem ocorrido algo comum:
Uma maquiagem nas vias e locais onde a comitiva da tocha olímpica passara e fara parada.
Recapiamento, pintura do meio fio, poda de arvores, corte de vegetação de canteiros públicos e praças, nova pintura de faixas de pedestres e ate colocação de placas de indicação de pontos turísticos.
Isso não seria problema se as ruas no entorno continuassem com os mesmos problemas de meses, e a periferia que não vera a passagem da tocha olímpica fica esquecida.
Em Ribeirão não é preciso de esforço para encontrar galhos jogados pelas ruas, buracos no asfalto , falta de sinalização e um verdadeiro descaso.

Já em Jaboticabal não é diferente:
Os moradores de Jaboticabal se revoltaram com as obras nas ruas em que vai passar a Tocha Olímpica. É que enquanto se faz um trabalho de limpeza, pintura, como há anos não se via na cidade, os bairros permanecem esquecidos e sem nenhuma assistência do poder público. Os funcionários da prefeitura tem até feito pintura de solo em horário noturno.

E o povo esta preocupado com essa tocha olímpica ou quer solução na porta de sua casa?

Veja o trajeto e dias da tocha na região.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Nova data do Kiss em Ribeirão Preto – Dia 1º de maio de 2022

Os ingressos já adquiridos seguem válidos para a nova data, portanto, não há necessidade de troca ou substituição.

Inscrições para o Sisu começam nesta terça-feira

Prazo para o segundo processo seletivo de 2021 termina no dia 6

Oportunidade de 220 vagas de emprego para diversas áreas

De janeiro a junho deste ano, Ribeirão Preto registrou saldo de 6.955 novos registros em carteira de trabalho, ficando na 6º posição no Estado de São Paulo

GCM recebe 20 armas para uso em patrulhamento

Spark permite imobilizar o infrator sem a necessidade de uso de força
- PUBLICIDADE -