InícioEsportesFutebolSeleção Brasileira Feminina apresenta nova camisa

Seleção Brasileira Feminina apresenta nova camisa

O futebol feminino brasileiro está passando por um processo de evolução louvável - e muito se deve à luta e conquistas das jogadoras

- continua após a publicidade -

O futebol feminino brasileiro está passando por um processo de evolução louvável – e muito se deve à luta e conquistas das jogadoras da seleção brasileira feminina ao longo dos últimos anos. E como forma de reconhecimento por todo o esforço e inspiração que estas jogadoras trazem à nova geração de atletas, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), juntamente à Nike, apresentou o mais novo uniforme da equipe, que pela primeira vez na história não terá as estrelas sobre o símbolo da CBF, que representavam as conquistas das edições de Copa do Mundo pela equipe masculina. A novidade é anunciada pouco tempo após a CBF igualar as diárias pagas tanto aos atletas da seleção  masculina quanto da feminina.

            Trajetória inspiradora

            De acordo com a Coordenadora de Seleções da Confederação Brasileira de Futebol, Duda Luizelli, “a nova camisa da Seleção feminina é uma grande oportunidade para inspirar toda uma nova geração de meninas que sonham em jogar futebol. Remover as estrelas da camisa é uma mensagem impactante e forte por si só, por isso, nosso foco será explorar o papel da Seleção na imaginação de todas que sonham em vestir a amarelinha. O time feminino do Brasil pode não ter uma estrela na camisa, mas as suas conquistas são históricas e dignas de serem celebradas”.

Tanto a Seleção Brasileira masculina quanto a feminina ao longo da história sempre inspiraram o respeito de seus adversários dentro e fora de campo. Elas também sempre tiveram um espaço especial no coração dos torcedores, que além de vibrarem com a equipe nos estádios, costumam dar alguns palpites nas partidas da Seleção em torneios importantes através das plataformas de apostas on line, onde há fácil acesso a um catálogo vasto de estabelecimentos reconhecidos e seguros.

Já para a atacante Debinha, a remoção das estrelas pode ser considerada um grande passo para as mulheres que amam o esporte. Afinal, as jogadoras valorizam muito a oportunidade de defender a camisa mais respeitada do futebol mundial, porém, elas querem escrever sua própria história. Dessa forma, elas poderão enaltecer suas conquistas e fortalecer a base do futebol feminino nacional, para que, assim, o surgimento de novas “Debinhas, Andressinhas, Adrianas e Bias sejam regra, não exceção”.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Sobre o novo uniforme

Os trajes que passaram pela alteração fazem parte da coleção lançada ano passado para o Mundial da França, e foram desenvolvidos a partir de estudos e opiniões de jogadoras amadoras e profissionais. E o resultado final foi um design especial, criado visando principalmente a alta performance das atletas, assim como as atividades físicas do dia-a-dia das amantes de futebol.

            Uma curiosidade sobre o novo manto, é a inscrição “secreta” que a Nike adicionou ao uniforme para homenagear as jogadoras do Brasil:

“Mulheres Guerreiras do Brasil”.

Além da inscrição e da retirada das estrelas, outra alteração foi realizada nos calções, que receberam uma nova modelagem, com um corte inovador, sendo ideal para a prática do esporte pelas mulheres, o que era um dos principais pedidos das atletas.

            Já a camisa principal continua carregando o icônico tom dourado, que para muitos simboliza o talento, a ousadia e habilidade de quem veste a Amarelinha. Enquanto isso, a barra da manga conta agora com um toque verde, já o short e as meias permaneceram inalterados, com as cores azul e branco respectivamente, como já estamos acostumados.

O segundo uniforme não foi esquecido, e também passou por alterações, ele agora está divido em dois tons de azuis que migram do azul escuro para o celeste. A camisa ainda conta com um grafismo inspirado em uma constelação de estrelas – mais uma homenagem para as jogadoras que já fizeram e fazem parte da Seleção Feminina. A barra das mangas da camisa e a gola continuam com o azul celeste, e completando o uniforme, o short brancos e meiões azuis.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Confira a programação cultural do fim de semana em Ribeirão Preto

As Belezas Belezas meu Brasil um espetáculo de dança da EDALA, tem ainda Workshop Ho'oponopono, Sarau literário e muito mais confira.

Atlético-MG vence Bahia e volta a ser campeão brasileiro após 50 anos

O Atlético, já como campeão brasileiro de 2021, volta a campo no domingo (5), às 16h, para receber o Red Bull Bragantino no Mineirão, em Belo Horizonte, onde poderá celebrar o título ao lado da torcida.

Passaporte Não: Sob pressão da população Câmara arquiva projeto

Luís Antonio França (PSB) que é contra a liberdade pessoal, tentou emplacar este absurdo, mas a maioria votou pelo arquivamento.

Novas interdições atrapalham o transito na região norte e sul

Nas duas interdições, a Transerp orienta aos condutores que redobrem a atenção e diminuam a velocidade de seus veículos a fim de evitar acidentes.

27 cidades da região já decidiram cancelar o carnaval

Em Ribeirão se depender de alguns vereadores o carnaval devera ser cancelado, mas 8 deles querem o carnaval para comemorar as 3 mil mortes pela doença. Veja quem são.
- PUBLICIDADE -