InícioFutebolBotafogoSem ataque esta fogo e Bota completa 5 jogos sem vitória contra...

Sem ataque esta fogo e Bota completa 5 jogos sem vitória contra Mogi Mirim

- continua após a publicidade -

Ao não conseguir tirar o 0 a 0 do placar neste sábado (23) diante do Mogi Mirim, no estádio Vail Chaves, pela décima rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, o Tricolor poderá, após quase dois meses, deixar o G4 do Grupo 2 da competição.

Partida que marcou o início do returno do Campeonato Brasileiro da Série C. Apesar do espírito de luta, Sapo e Pantera abusaram das chances perdidas e acabaram empatando por 0 a 0. A partida marcou a abertura da rodada no Grupo B. Os outros jogos acontecem neste domingo.

O time botafoguense teve novidades na escalação, como as entradas de Matheus Mancini e Derli, que foram titulares pela primeira vez. Os comandados do técnico Márcio Fernandes criaram as melhores oportunidades do jogo, porém mais uma vez não houve pontaria dos atletas do Pantera para cravar uma vitória fora de casa.

O Tricolor saltou agora provisoriamente para a segunda colocação do Grupo B, com 16 pontos. Independente dos demais resultados da rodada, o Fogão conseguirá se garantir por mais uma rodada dentro do G4 da competição. O próximo compromisso da equipe será contra o Ypiranga-RS, no domingo (31), às 11h00, no Estádio Santa Cruz.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O JOGO
Mesmo atuando longe de seus domínios, o Botafogo não demorou a tomar controle da partida e foi superior aos donos da casa, que só conseguiam chegar em chutes de longa distância. Aos 18 minutos, Diego Pituca deu ótima assistência para Isac e o atacante arrematou já na entrada da pequena área. A bola tinha endereço certo, mas Gustavo saltou no canto e fez um milagre para evitar o gol botafoguense.

Os donos da casa passaram a bater cabeça e o Botafogo procurou explorar os espaços oferecidos no setor de ataque. A zaga adversária não afastou o perigo e Samuel Santos conseguiu girar e bater no canto. Mais uma vez, o goleiro do Mogi estava esperto para saltar e fazer a defesa.

O mesmo Samuel Santos ainda desperdiçou outra chance de gol ainda mais clara. Em lançamento feito da ponta esquerda, o camisa 10 apareceu livre na pequena área, mas errou no cabeceio e a bola passou por cima do travessão.

Na etapa complementar, o técnico Márcio Fernandes apostou nas entradas de Helton Luiz, Serginho e Brunão. O time ficou mais agressivo no ataque e outras oportunidades foram desperdiçadas. Mais uma vez o time ficou no quase e não conseguiu evitar um novo empate, mesmo atuando melhor que o adversário.

FICHA TÉCNICA:
Mogi Mirim 0 x 0 Botafogo
Brasileiro Série C 2016 – 10ª Rodada
Local: Estádio Vail Chaves, em Mogi Mirim (SP)
Data: 23/07/2016 – Horário: 15h30 (de Brasília)
Árbitro: Antônio Rogério Batista do Prado (SP)
Assistente 1: Patrick André Bardauil (SP)
Assistente 2: Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)
Quarto Árbitro: Thiago Luiz Scarascati (SP)

Cartões amarelos: Carlinhos e Diego Clementino (Mogi Mirim); Derli, Helton Luiz e Diogo Campos (Botafogo);

Público: 3.022 pagantes
Renda: R$ 15.350,00

Mogi Mirim: Gustavo; Romário, Henrique Motta, Murilo e Bruno Ré; Neto Paulista, Gilson, Kaio (Diego Torres) e Carlinhos (Keké); Roni (Edmar) e Diego Clementino. Técnico Leston Júnior.

Botafogo: Neneca; Daniel Borges, Filipe, Matheus Mancini e Diego Pituca; Rodrigo Thiesen, Derli, Zotti (Helton Luiz) e Samuel Santos; Isac (Brunão) e Diogo Campos (Serginho). Técnico: Márcio Fernandes.

com Agência Botafogo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

MST já fala em ‘distribuição de terras de latifúndios’

Movimento quer ainda a 'agroecologia' no Brasil

Não vai acontecer mas: Secretaria da Cultura e Turismo abre cadastro para Grupos Carnavalescos

Até o carnaval estaremos novamente com tudo fechado e eles já sabem, mas fazem de conta que nada sabem.

Departamento de Saúde e Serviços Humanos de Joe Biden é cúmplice na prostituição de crianças migrantes

Diz que o governo é cúmplice porque 'não somos processados ​​por traficantes'... Criança migrante: minha patrocinadora 'me prostituiria para homens'

CARTA DOS OFICIAIS SUPERIORES DA ATIVA AO COMANDANTE DO EXERCITO BRASILEIRO

Covardia, injustiça e fraqueza são os atributos mais abominados para um Soldado. oficiais superiores da ativa do Exército  Brasileiro, que o fazem de livre e espontânea vontade.
- PUBLICIDADE -