InícioFutebolBotafogoDe virada, Botafogo bate Volta Redonda segue líder e mantém invencibilidade em...

De virada, Botafogo bate Volta Redonda segue líder e mantém invencibilidade em casa

- continua após a publicidade -

O Botafogo é mais líder do que nunca. De virada, o Tricolor bateu o Volta Redonda-RJ, por 2 a 1, em duelo realizado no Estádio Santa Cruz, na tarde deste domingo (30). Os visitantes saíram na frente com gol de David Batista, mas a vitória botafoguense foi construída com muita luta e os gols anotados por Edno e Samuel Santos.

O time do técnico Rodrigo Fonseca soma agora 21 pontos e abriu cinco pontos para o primeiro time fora da zona de classificação, que é o próprio Volta Redonda-RJ. De quebra, o Tricolor manteve a invencibilidade em casa e chegou à sétima rodada consecutiva na liderança do Grupo B.

O próximo compromisso do Botafogo pelo Campeonato Brasileiro da Série C será diante do Joinville-SC, em partida agendada para ocorrer neste domingo (6), às 15h00, na Arena Joinville. Para este jogo, Rodrigo Fonseca poderá contar com o retorno do zagueiro Gladstone, que cumpriu suspensão automática na partida contra o Volta Redonda-RJ. Por outro lado, Morais será desfalque certo por ter recebido o terceiro cartão amarelo.

O JOGO

A primeira parte da partida não foi das melhores para o Botafogo. Com seguidos erros de passes, o time botafoguense não conseguiu criar muitas jogadas ofensivas e viu os visitantes começarem a gostar do jogo. Com menos de um minuto, Dija Baiano pegou a sobra na entrada da área e mandou um tiro que passou perigosamente por cima.

Os cariocas chegaram à abertura do placar aos 16 minutos. Depois de um lançamento que foi cortado no meio do caminho, David Batista recebeu passe nas costas de Vinícius Simone finalizou para o gol. Neneca chegou a defender em um primeiro momento, mas a bola foi entrar lentamente no fundo do gol.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Atrás do placar, o Botafogo se lançou ao ataque para tentar igualar as ações. A melhor chance para o Tricolor veio dos pés de Alex Gonçalves, que foi uma das novidades na escalação. Morais fez grande jogada pela direita, deixou o marcador no chão e fez assistência para Alex Gonçalves. O atacante dominou e chutou no canto, mas a bola saiu sem direção e foi direto pela linha de fundo.

Aos 36 minutos, Samuel Santos começou a desequilibrar o jogo para o Botafogo. O lateral fez boa jogada pela ponta direita e cruzou na medida para Edno. O camisa 9 subiu no terceiro andar e testou firme no canto para vencer o goleiro Andrey.

No lance seguinte, Edno teve outra oportunidade de cabeça, porém dessa vez a finalização passou por cima do travessão.

Já na volta do intervalo, Rodrigo Fonseca mandou a campo o talismã Wesley. Mesmo sem fazer gol, o atacante deu mais movimentação ao setor de frente do Pantera e ajudou a criar espaço para os jogadores que vinham de trás.

Foi assim que surgiu o gol da virada. Edno se deslocou para a ponta e encontrou Samuel Santos livre na entrada da área. O lateral dominou e sem deixar a bola cair pegou um lindo chute que morreu no cantinho de Andrey, que saltou, mas não conseguiu evitar o gol da virada.

O Botafogo soube administrar o resultado e ainda teve uma bola na trave, que foi mandada pelo meia Vitinho em cobrança de falta frontal.

FICHA TÉCNICA:
Botafogo 2 x 1 Volta Redonda-RJ
Brasileiro Série C 2017 – 12ª Rodada
Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
Data: 29/07/2017 – Horário: 16h00 (de Brasília)
Árbitro: José Mendonça da Silva Júnior – PR (CBF)
Assistente 1: Luiz H. Souza Santos Renesto – PR (CBF)
Assistente 2: Diego Grubba Schitkovski – PR (CBF)
Quarto Árbitro: Márcio Henrique de Gois – SP (CBF)

Gols: Edno, aos 36’/2ºT, e Samuel Santos, aos 12’/2ºT (Botafogo); David Batista, aos 16’/1ºT (Volta Redonda-RJ);
Cartões amarelos: Vitinho, Morais e Rodrigo Thiesen (Botafogo); David Batista, João Cleriston, Bruno Barra, Luiz Gustavo e Dija Baiano (Volta Redonda-RJ);

Público: 3.776 pagantes / 4.244 total
Renda: R$ 61.680,00

Botafogo – Neneca; Samuel Santos, Caio Ruan, Vinícius Simon e Gerley; Carlos Henrique, Vitinho (Rondinelly) e Morais; Alex Gonçalves (Wesley), Edno e Ronaldo (Rodrigo Thiesen). Técnico: Rodrigo Fonseca.

Volta Redonda-RJ – Andrey; Luiz Gustavo, Luan, Mailson e Michel Benhami; Bruno Barra (Adriano), João Cleriston (Jorge Luiz) e Marcelo; Dija Baiano, David Batista e Luã Lúcio (Gustavo). Técnico: Felipe Surian.

 

 

Agência Botafogo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Justiça obriga Globo a publicar direito de resposta a Ana Paula Henkel por ofensas proferidas por Walter Casagrande

Casagrande publicou texto alegando que "uma pessoa intragável, prepotente, arrogante, defensora de armas, que se disfarçou de jogadora de vôlei"

Saúde distribui mais 10 milhões de vacinas para todo o país

De acordo com a pasta, serão distribuídas 4,8 milhões de doses da AstraZeneca, 3,3 milhões da Coronavac e 2,1 milhões da Pfizer.

Oportunidade de emprego: Ribeirão Preto tem 330 vagas em diversas áreas

Confira as opções das funções para vagas e formas de entrar em contato com o contratante. Compartilhe e marque amigos que procuram emprego.

Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020

Com apenas 13 anos atleta é a mais jovem na história a conquistar uma medalha para o país

De virada Fogão vence o Ituano e cola no G-4

Com a vitória, o Pantera chegou a 16 pontos —mesma pontuação do Ituano, quarto colocado
- PUBLICIDADE -