InícioEsportesCiclismoEm prova internacional, Ciclismo de RP se destaca pela Seleção Brasileira

Em prova internacional, Ciclismo de RP se destaca pela Seleção Brasileira

- continua após a publicidade -

Tricampeã do Ranking Nacional de Estrada, a Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto (São Francisco Saúde/Klabin/SME) representou a Seleção Brasileira na tradicional Vuelta a San Juan 2018, na Argentina e conquistou importantes resultados.

Mais uma vez Rafael Andriato faturou um top-20, encerrando na 17ª colocação na 7ª etapa, que foi um circuito de 141,3 km em San Juan. Ao todo o ciclista conseguiu ficar entre os 20 primeiros em quatro das sete etapas. Um feito de destaque do ciclista brasileiro de renome internacional.

Entretanto quem obteve o maior destaque individual foi Atíllio Fetter. Foram sete provas de extrema regularidade, terminando com o 63º lugar na 7ª etapa. No geral, ficou com a 49ª posição, e mais do que isso, o ciclista de apenas 21 anos terminou em 6º no ranking sub-23.

Especificamente falando da última etapa, um momento marcou a disputa, quando o ciclista Rodrigo do Nascimento saiu em uma fuga com mais dois ciclistas, na segunda metade da prova, e se distanciou do pelotão de elite, se mantendo entre os primeiros até 10 quilômetros para o fim da prova, quando foi neutralizada. A etapa contou com o público de mais de 50 mil pessoas presentes em San Juan.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Se individualmente foi um bom resultado da Equipe de Ribeirão Preto, coletivamente o mesmo pode ser dito. A Seleção Brasileira encerrou a 7ª etapa na 15ªcolocação. No geral os brasileiros ficaram em 22º.

“Foram resultados expressivos dado o nível da competição. A elite do ciclismo mundial esteve presente aqui na Argentina e melhoramos com o passar das etapas. Conquistamos resultados expressivos e isso servirá de motivação para nossa temporada que promete ser das mais difíceis”, destacou o técnico Marcelo Donnabella.

Após o título nacional de 2017, a equipe ribeirãopretana ficou um período de recesso, e mesmo com apenas um mês de treinamento para a Volta de San Juan, os resultados obtidos nas ao longo das provas desta volta tradicional. Ao todo, 164 ciclistas disputaram a competição, uma das mais tradicionais do continente. Foram sete etapas entre os dias 21 e 28 de janeiro.

No ranking geral, Atíllio Fetter foi o melhor brasileiro na 49ª colocação. Rafael Andriato ficou na 72ª posição, Alan Maniezzo em 93°, Jeovane de Oliveira foi o 119º, Rodrigo do Nascimento o 126º e Maurício Knapp o 136º na classificação.

A Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto tem como patrocinadores a São Francisco Saúde, Klabin, SOUL Cycles e Usina Batatais, copatrocinadores a Passaredo e AOO Energia e o apoio da Secretaria Municipal de Esportes de Ribeirão Preto, Botafogo Futebol Clube, Clínica Collucci, Savegnago Supermercados, Cuida Bem, Santa Helena, ERT Uniformes, Goal Projetos, Passalacqua, Nutrigesso, Riberball, Balões Pic-Pic, TGM, LIBER Capital e Nacional Inn Hotéis e Centro de Convenções. Apoio institucional Lei de Incentivo ao Esporte.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Nós já avisamos que aconteceria: 72 casos de hepatite sem motivos no Brasil

Análises reúnem pacientes de dois meses a 16 anos; principais sintomas apresentados são pele e olhos amarelados, febre, vômito e dor abdominal. É só o começo dos efeitos da picada

Maior investidor da bolsa brasileira alerta: “Magazine Luiza vai quebrar”

Quem lacra lucra? : Lulista Magazine Luiza esta sentindo falta das tetas do governo e pode Quebrar. Triste

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech
- PUBLICIDADE -