InícioEsportesBebeto de Freitas morre após passar mal na Cidade do Galo

Bebeto de Freitas morre após passar mal na Cidade do Galo

- continua após a publicidade -

O clima festivo que vivia a Cidade do Galo, na tarde desta terça-feira, foi interrompido abruptamente com a informação de que o diretor de administração e controle do Atlético, Bebeto de Freitas, passou mal, minutos após ele ter participado do lançamento oficial do time de futebol americano do Atlético. O gestor  acabou falecendo mesmo após receber atendimento médico.

De acordo com informação recebida pelo Super FC, o dirigente sofreu uma parada cardíaca e foi atendido em seguida pelo médico atleticano Marcos Vinícius. Um helicóptero e duas ambulâncias foram acionadas pelo Atlético na Cidade do Galo para fazer atendimento ao dirigente.

Bebeto de Freitas estava em um evento no hotel da Cidade do Galo referente a apresentação do time de futebol americano, quando passou mal. O dirigente já caiu desacordado e recebeu os primeiros atendimentos médicos, mas acabou não resistindo.

Paulo Roberto de Freitas (Rio de Janeiro, 16 de janeiro de 1950 – Vespasiano, 13 de Março de 2018), conhecido como Bebeto de Freitas, foi um jogador e treinador de voleibol. Foi sobrinho do jornalista e treinador de futebol João Saldanha e primo por parte de mãe do jogador de futebol Heleno de Freitas. Sendo um gestor desportivo, ele foi presidente do Botafogo de Futebol e Regatas entre 2003 e 2008 e, posteriormente, diretor-executivo do Atlético Mineiro. Umas das figuras-chave na transformação e identidade tática e técnica que o voleibol brasileiro adquiriu a partir do início dos anos 80, quando passou a dirigir a seleção masculina.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Após ser jogador de vôlei, assumiu a seleção brasileira da modalidade, sendo treinador da “geração de prata”, que encantou o mundo nos Jogos Olímpicos de 1984, em Los Angeles. Ele também comandou o Brasil na Olimpíada de 1988, em Seul.

Logo após, teve passagem de grande sucesso no voleibol italiano, onde fez o Maxicono Parma ser um dos times dominantes da “Bota”, com cinco títulos entre 1990 e 1995. O bom retrospecto o levou a treinar a seleção italiana entre 1997 e 1998, sendo campeão da Liga Mundial em 1997.

Seus feitos no voleibol o levaram a ser homenageado pelo Hall da Fama da modalidade, em 2015.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Covid-19: Butantan identifica nova variante recombinante em São Paulo

Trata-se da variante XG da cepa Ômicron. Eles não desistem e vão continuar controlando o gado que segue estes "cientistas" negacionistas.

Táxis poderão utilizar corredores de ônibus em Ribeirão Preto

Veículos de urgência e emergência também podem utilizar os corredores de ônibus a partir do dia 23 de maio

Entidades Assistenciais começam a receber cobertores da Campanha do Agasalho

Confira os locais de doação no site da Campanha do Agasalho. A campanha, que segue até o dia 31 de agosto, tem como objetivo arrecadar cobertores e agasalhos, novos ou usados em bom estado de conservação

Projeto CineMaterna do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto exibe filme Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

Sessão adaptada para receber as famílias será exibida na próxima quarta-feira, dia 18

Ciclista de Ribeirão Preto é campeão Paulista de Ciclismo

Além da primeira colocação com Gabriel Brasileiro Bortolin, a equipe ribeirão-pretana também subiu ao pódio na categoria Infanto-Juvenil com o ciclista Fernando Minervino de Almeida Leite
- PUBLICIDADE -