Início Educação J. Doria preocupado com eleição presidencial, nega á São Paulo escolas militar...

J. Doria preocupado com eleição presidencial, nega á São Paulo escolas militar do MEC

Buscando se lançar a presidência em 2022, Doria (oportunista) nega a população uma educação de qualidade. Ele foi eleito para cuidar de seus interesses ou da população?

- continua após a publicidade -

Estado mais rico do país, São Paulo decidiu não aderir ao programa do governo Jair Bolsonaro (PSL) de escolas cívico-militares.

Já nas regiões Norte, Centro-Oeste e Sul, todos os estados manifestaram interesse pelo programa. As informações foram divulgadas hoje pelo MEC (Ministério da Educação), em um balanço sobre a adesão dos estados à proposta.

Segundo Weintraub, a demanda por adesão à proposta é “gigantesca”. O MEC abre, agora, um prazo para que municípios demonstrem interesse em fazer parte do programa. As redes municipais terão de 4 a 11 de outubro para se manifestar.

Doria (oportunista) X Bolsonaro O estado paulista, que optou por não fazer parte do programa neste momento, é governado por João Doria (PSDB), potencial adversário de Bolsonaro nas eleições presidenciais de 2022. Antes próximos, os dois vêm acumulando uma série de embates públicos. Em um dos episódios mais recentes, o governador criticou o discurso do presidente na Assembleia Geral da ONU, chamando-o de “inoportuno e inadequado”. “Faltou bom senso e humildade”, disse.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Pela proposta, militares da reserva atuarão tanto na área administrativa como nas áreas pedagógica e educacional, onde serão responsáveis por fortalecer “valores humanos, éticos e morais”, além de “promover a sensação de pertencimento no ambiente escolar”. Em julho, ao anunciar o programa, o MEC previu que 108 escolas militares aderissem até 2023. O número dobrou no lançamento do programa, no início de setembro, passando para 216 unidades. Só em 2020, serão gastos R$ 54 milhões para implementação do projeto -cada escola receberá R$ 1 milhão para melhorias e adequações em infraestrutura.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Prefeito Greca sofre derrame mas não tem nada com a coronavac

Este é o que criou projeto de lei para multar quem distribuir comida a sem-teto sem autorização em Curitiba. Esperamos que ele esteja se alimentando no Hopital.

Anvisa autoriza uso emergencial de coquetel contra a covid-19

estes medicamentos apresentaram uma redução de 70,4% na hospitalização e mortes.

Feriado de Tiradentes: veja o que abre e o que fecha em Ribeirão Preto

Serviços essenciais estão mantidos, assim como a vacinação contra a Covid-19 seguirá normalmente.

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em julho

Trabalhadores informais nascidos em julho começam a receber hoje (20) a nova rodada do auxílio emergencial.

Com verba da Covid prefeitura antecipa 13º salário de aposentados e servidores

No total, a remuneração mensal dessas pessoas atinge a casa dos R$ 120 milhões mensais.
- PUBLICIDADE -