Início Educação Dia triste: SESI devolve à Prefeitura prédios cedidos há 52 anos e...

Dia triste: SESI devolve à Prefeitura prédios cedidos há 52 anos e deixa de atender 17 unidades

Unidades serão readaptadas para atender 1.156 crianças de zero a cinco anos na rede municipal de ensino

- continua após a publicidade -

Na tarde desta segunda-feira (21), a Prefeitura de Ribeirão Preto formalizou a devolução de três prédios cedidos em 1967 pelo então prefeito Antônio Duarte Nogueira. Acompanhado do secretário da Educação, Felipe Elias Miguel, do diretor do SESI, Álvaro Alves Filho, e do gerente administrativo do SESI Ribeirão, Adriano Parras, o prefeito Duarte Nogueira assinou o termo de devolução e recebeu as chaves das unidades da Vila Tibério, Vila Virgínia e Ipiranga.

“Essas unidades serão reformadas e adaptadas para atender 1.156 crianças de zero a cinco anos na educação infantil, seguindo o plano de expansão da Secretaria em criar 6.447 vagas entre Ensino Infantil, Fundamental I e II até o final de 2020”, afirmou o prefeito.

As obras incluem serviços de readequação da parte elétrica e hidráulica, assim como adequação às novas regras de acessibilidade e as reformas necessárias para Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Além disso, os telhados serão revisados e uma nova caixa d’água será criada. O prazo de execução de cada unidade é de cinco meses.

“Prevemos um investimento em torno de três milhões de reais nessas reformas. O prédio da Vila Virgínia já foi licitado, o da Vila Tibério está em processo de licitação e do Ipiranga está em fase de orçamento de projeto”, acrescentou Miguel.

Novas escolas

Atualmente, Ribeirão Preto conta com 47 mil alunos matriculados na rede municipal, distribuídos entre educação infantil, ensino fundamental, educação especial, educação profissional básica e educação de jovens e adultos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

De acordo com o secretário, o plano de expansão prevê 6.447 novas vagas entre Educação Infantil e Ensino Fundamental I e II até o final de 2020. Para isso, a pasta já deu andamento aos projetos de 17 novas unidades escolares. Confira abaixo:

1.    CEI e EMEI Cristo Redentor;

2.    CEI Heitor Rigon;

3.    CEI Paulo Gomes Romeo;

4.    CEI Parque dos Pinus;

5.    CEI e EMEI – Sesi Vila Virgínia;

6.    CEI e EMEI – Sesi Vila Tibério;

7.    CEI e EMEI – Sesi Ipiranga;

8.    CEI e EMEI Jd. Paraíso;

9.    CEI e EMEI Quintino II;

10.    CEI e EMEI Jd. Interlagos;

11.    CEI e EMEI Jardim Marchesi;

12.    EMEF Domingos Angerami;

13.    CEI e EMEI Wilson Toni;

14.    EMEF Raul Machado II;

15.    CEI e EMEI Jd. Aeroporto;

16.    CEI e EMEI Fazenda da Barra;

17.    CEI e EMEI Manoel Penna.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Confira discurso do presidente Bolsonaro na Cúpula do Clima

O presidente Jair Bolsonaro participou hoje (22) da Cúpula do Clima. O evento virtual, que começou hoje (22) e vai até amanhã

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em agosto

Também hoje, beneficiários do Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de dígito final 4 poderão sacar o benefício.

Onda de frio chega ao Brasil na próxima semana

Uma frente fria avança para o Brasil no próximo fim de semana, 23 e 24 de abril, e traz uma massa de ar frio, de origem polar, com intensidade moderada a forte.

Sertãozinho abre processo seletivo para estágio em serviço social

Serão selecionados 15 estagiários. Inscrições devem ser feitas até 27 de abril.

COVID-19 leva a escalada de mortes e colapso de hospitais no Peru

Uma onda brutal da doença atingiu o país nas últimas semanas, resultando em hospitais superlotados, enquanto o acesso à vacinação continua sendo um grande desafio
- PUBLICIDADE -