Início Educação Como consultar o seu local para as provas do Enem 2020.

Como consultar o seu local para as provas do Enem 2020.

INEP divulgou nesta terça-feira (05) as datas e locais para realização das provas impressas e digitais do Enem 2020.

- continua após a publicidade -

A partir da manhã desta terça-feira (05), os estudantes inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), podem consultar o seu cartão de confirmação de inscrição, por onde poderão consultar o local onde devem fazer a prova.

Para ter acesso ao cartão e consultar o local de sua prova os estudantes devem acessar a página do participante no site do INEP ou através do aplicativo oficial do Enem disponível na Play Store e na App Store. No cartão de confirmação também consta o número de inscrição, o registro da data e hora do Enem e a confirmação caso tenha solicitado atendimento especializado para o dia da prova.

É recomendado que você imprima o documento e leve no dia da realização da prova, junto com um documento oficial com foto além de sua caneta preta.

Segundo o Inep, o sistema tem funcionado sem problemas e algumas reclamações em redes sociais sobre dificuldade de acesso podem ter sido causadas por tentativas de acesso durante a madrugada, quando o cartão de confirmação ainda não estava disponível.

Datas do Enem 2020

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Pela primeira vez, além das provas impressas o Enem terá uma versão da prova aplicada virtualmente. A edição impressa do Enem será nos dias 17 e 24 de janeiro, a versão digital será aplicada para 100 mil inscritos, desta vez nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Ao todo, 5.783.357 inscritos foram confirmados.

Em alguns casos específicos, como quando houver problemas estruturais no local das provas, o exame poderá ser reaplicado. As datas para isso são 24 e 25 de fevereiro. Nessas datas, as provas serão aplicadas também para as pessoas que estiverem privadas de liberdade. Em todas as situações, o resultado do Enem está marcado para ser divulgado em 29 de março.

As datas da atual edição do Enem foram divulgadas em junho, após o Ministério da Educação anunciar o adiamento do exame, que seria realizado em novembro, em razão da pandemia de covid-19. À época, estudantes fizeram campanha para que o governo ou o Congresso adiassem as provas.

Reaplicação por doença

Também poderá pedir para participar da reaplicação da prova em fevereiro quem estiver diagnosticado com covid-19, nas primeiras datas de realização das provas. A solicitação poderá ser feita na Página do Participante do Enem.

O mesmo serve para outras doenças infectocontagiosas. São elas: coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, Influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola, e varicela.

O Inep orienta o participante que seja acometido por sintomas de qualquer dessas doenças no dia ou na véspera da realização do Enem a entrar em contato também pela Central de Atendimento, no número 0800-616161, de modo a agilizar a análise do caso.

Como será o Enem Digital

Apesar de ser anunciado como novidade para 2020, a aplicação digital da prova já é debatido pelo MEC desde 2015. Esse ano, no entanto, a aplicação de forma digital ao invés dos tradicionais cadernos impressos será feita em formato piloto, para apenas 2% dos mais de 5 milhões de estudantes esperados nos dias de provas.

E não há motivo para grandes preocupações. A migração das provas para o formato digital será gradual. De acordo com os planos do Inep, o ENEM só será totalmente digital em 2026. São seis anos para escolas e alunos poderem se adaptar.

Como funciona o Enem Digital na prática?

Basicamente, o Enem Digital é a versão informatizada do Enem.

Os participantes farão as provas diretamente nos computadores de laboratórios de informática em diversas faculdades e escolas brasileiras, ou seja, as provas serão realizadas com segurança e monitoramento, assim como as impressas, a versão digital da prova não significa que as provas poderão ser feitas de casa, por exemplo.

Os computadores utilizados para a versão digital do Enem serão fornecidos pelos locais de prova e durante a aplicação do exame, não terão acesso à internet.

As provas aplicadas no formato impresso e no Enem Digital serão diferentes, mas o tempo para resolução e a dificuldade das questões serão as mesmas. Dessa forma, a igualdade será garantida pela Teoria da Resposta ao Item, a TRI, que é usada para fazer o cálculo da nota do Enem.

O Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) avalia o desempenho do estudante e colabora para:

  • Acesso à educação superior: Sisu | Prouni | instituições portuguesas.
  • Acesso a financiamento e apoio estudantil: Fies | Prouni.
  • Autoavaliação
  • Desenvolvimento de estudos e indicadores educacionais.

Dividido em dois dias, os estudantes farão 04 provas objetivas, com 45 questões de múltipla escolha cada dos seguintes temas:

  • Linguagens, códigos e suas tecnologias.
  • Ciências humanas e suas tecnologias.
  • Ciências da natureza e suas tecnologias.
  • Matemática e suas tecnologias.

Os estudantes também precisam desenvolver uma redação de no máximo 30 linhas. Um texto dissertativo-argumentativo desenvolvido a partir de uma situação-problema (tema), sugerido.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com R$ 166 milhões em caixa, prefeitura gastou 0,65% com medicamentos para Covid

Quebrar o pequeno comerciante e fazer obras faraônicas, é a marca deste prefeito que se mostra um capacho do governo de SP

Ribeirão Preto abre hoje (17) agendamento para 2ª dose da CoronaVac em idosos de 69 a 71 anos

Cadastro pode ser feito pela internet ou por telefone. Ao todo, são 13,1 mil vagas disponíveis.

Novos exames mostram que câncer se espalhou pelo corpo de Covas

O câncer atingiu fígado e ossos, em 2019 foi descoberto um tumor no estômago, mas sofreu metástase e se espalhou

Ribeirão Preto já aplicou mais de 133 mil doses de vacina contra a Covid-19

Aproximadamente 47 mil munícipes, entre profissionais da saúde e idosos, já receberam a segunda dose da imunização

Fase Doria: Nem laranja, nem vermelha. Medo de sair do armário

A fase Doria é aquela que não sai do armário, não é vermelha e não é laranja, mas como quarentena só aumentou os casos, eles decidiram voltar voltar atrás, mas não muito
- PUBLICIDADE -