InícioDiversãoBaresLugar de mulher também é no boteco

Lugar de mulher também é no boteco

- continua após a publicidade -

Cada vez mais, as mulheres vêm dominando não apenas as mesas dos bares, mas também o comando dos botecos. Dos 19 bares participantes do concurso Comida di Buteco em Ribeirão Preto, pelo menos metade deles tem mulheres no comando ou ajudando a administrar o bar.

Andréia Fernanda Mariotini e Carmem Silvia Garcia, quiseram ter um negócio próprio e a oportunidade apareceu quando a financeira onde elas trabalhavam fechou. O dinheiro que tinham dava só para comprar um bar e foi o que fizeram.

“Não tínhamos experiência nenhuma com boteco, mas assumimos o risco e compramos, com a cara e com a coragem”, conta Carmen.

No bar, a equipe é toda composta por mulheres, na cozinha, no atendimento, no balcão e na administração. Andréia conta que elas nunca sofreram preconceito e que seu público é bem eclético, formado tanto por homens, como por mulheres, de diversas idades e várias classes sociais.

“O ambiente do boteco é democrático. Aqui, temos clientes mulheres, solteiras e casadas, que chegam no bar, muitas vezes sozinhas, sentam no balcão, pedem uma cerveja e se sentem super a vontade. Uma cena que há algum tempo atrás não era tão comum de se ver”, conta Andreia.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Contagens feitas através das cédulas de votação durante o período do Comida di Buteco em 2016, mostraram que elas são 53% do público. Ou seja, mais da metade do povo botequeiro e que ama apreciar um tira-gosto enquanto toma sua bebida geladinha no boteco, jogando conversa fora, é feminino.

“É uma mudança de paradigma. Se você pensar, há 20 anos tratava-se de um universo completamente masculino e sem espaço para as mulheres. E ficamos felizes pois sabemos que o concurso contribui para essa democratização do espaço. Cada vez mais mulheres também aderem à leveza de estar em um local onde possam sentir-se à vontade, principalmente depois do trabalho. O boteco é para todos”, afirma Mariana Silveira, coordenadora regional do Comida di Buteco.

Para a publicitária Gisele Calegari, botequeira de carteirinha e que há 4 anos frequenta o Comida di Buteco, lugar de mulher é onde ela quiser, inclusive no bar.

“Essa conversa de que mulher não bebe e que não pode ir no bar sozinha é ultrapassada. Eu e minhas amigas adoramos uma rodinha para bater papo, gostamos de cerveja e achamos que boteco é lugar de mulher sim. Não tem programa melhor que reunir a mulherada em uma mesa de bar”, conta Gisele.

Em Ribeirão Preto, entre os dias 14 de abril a 7 de maio, 19 bares que criaram petiscos exclusivos, passarão pelo crivo do público e de um corpo de jurados, que vai eleger o melhor buteco da cidade. Cada concorrente será avaliado em 4 categorias (petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida. O petisco leva 70% do peso da nota e as demais categorias 10% cada uma. O voto do público vale 50% do peso total e dos jurados 50%. Pelo segundo ano consecutivo, os petiscos terão o preço máximo de R$ 25,90, desafiando os butecos a serem criativos e acessíveis, não perdendo uma de suas características mais importantes: serem democráticos.

Para conhecer os botecos participantes da edição 2017 basta acessar o site oficial do evento: www.comidadibuteco.com.br ou instale o aplicativo do Comida di Buteco e tenha sempre à mão as informações sobre o concurso: nomes e endereço dos bares, fotos e descrição dos pratos e mapas de localização.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Confira a programação cultural do fim de semana em Ribeirão Preto

As Belezas Belezas meu Brasil um espetáculo de dança da EDALA, tem ainda Workshop Ho'oponopono, Sarau literário e muito mais confira.

Atlético-MG vence Bahia e volta a ser campeão brasileiro após 50 anos

O Atlético, já como campeão brasileiro de 2021, volta a campo no domingo (5), às 16h, para receber o Red Bull Bragantino no Mineirão, em Belo Horizonte, onde poderá celebrar o título ao lado da torcida.

Passaporte Não: Sob pressão da população Câmara arquiva projeto

Luís Antonio França (PSB) que é contra a liberdade pessoal, tentou emplacar este absurdo, mas a maioria votou pelo arquivamento.

Novas interdições atrapalham o transito na região norte e sul

Nas duas interdições, a Transerp orienta aos condutores que redobrem a atenção e diminuam a velocidade de seus veículos a fim de evitar acidentes.

27 cidades da região já decidiram cancelar o carnaval

Em Ribeirão se depender de alguns vereadores o carnaval devera ser cancelado, mas 8 deles querem o carnaval para comemorar as 3 mil mortes pela doença. Veja quem são.
- PUBLICIDADE -