InícioBlogsDSOP Educação FinanceiraFérias escolares: veja brincadeiras para se divertir gastando pouco

Férias escolares: veja brincadeiras para se divertir gastando pouco

- continua após a publicidade -

A próximidade do período de férias escolares gera a pergunta: o que fazer com as crianças? As possibilidades são inúmeras – viagens, cinema e passeios –, mas tudo vai depender do tempo disponível e, principalmente, das condições financeiras da família. Contudo, o período também pode ser interessante para passar para crianças e jovens conceitos importantes de educação financeira e sustentabilidade.

Estes temas podem ser ensinados de forma lúdica, por meio de conversas e brincadeiras simples. As férias são ideais para essa abordagem, além disso, possibilita uma maior proximidade entre a família. Veja alguns exemplos:

Construção de brinquedos com materiais reutilizados

Quanto do chamado lixo seco – como papéis, garrafas plásticas, embalagens de papelão – sua família joga fora, por semana, por mês, por ano? E o quanto gasta com compras de brinquedos novos para as crianças?

Com materiais simples e de fácil acesso, elas podem aprender que é possível se divertir com o que temos em casa, basta um pouquinho de imaginação e criatividade.

Bilboquê de garrafa pet

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Materiais:

– 1 garrafa PET
– 1 tampinha de garrafa PET
– Barbante
– Tesoura
– Materiais para enfeitar

Como fazer:
– Corte a garrafa PET na altura do gargalo, lembrando uma tacinha.
– Corte cerca de 30 cm de barbante
– Amarre uma ponta de barbante na tampinha de refrigerante e amarre a outra ponta na ponta de garrafa PET
– Enfeite o bilboquê e agora é só brincar!

 

Cai não cai

Materiais:
– 2 garrafas PET de 2 litros
– Canudinhos
– Tampinhas de garrafas PET
– Objeto com ponta que possa ser aquecido
– Tesoura

Como fazer:
– Corte o bocal de uma das garrafas PET e o fundo da outra garrafa, que servirá de tampa para o brinquedo.
– Usando o objeto com ponta que possa ser aquecido, faça vários furinhos em volta da garrafa PET cortada (faça em fileiras horizontais, para ficar mais fácil). Atenção: um adulto deve fazer este passo, pois há risco das crianças se queimarem.
– Para montar o jogo é só “espetar” os canudos nos furinhos e colocar diversas tampinhas de garrafa em cima. Depois tampe com a tampa de PET.
– Para brincar cada jogador tem que tirar um palito por rodada, sem deixar cair as tampinhas. Aquele que deixar cair menos tampinhas, ganha o jogo.

Culinária

A maioria das crianças gosta de colocar a mão na massa. Confira receitas especialmente selecionadas para serem feitas por elas (ainda que tenham partes em que seja necessário o auxílio de um adulto). E, com o foco na economia, já que têm no máximo 3 ingredientes:

– Panquequinha de banana:

– Pão de queijo:

– Bolinho de frango e couve-flor:

– Docinho de leite ninho:

Feira de troca de livros e gibis

O que fazer com os gibis e livros já lidos? Jogar no lixo? Jamais. O que não tem mais uso para nós, pode ter utilidade para outra pessoa.

A ideia dessa atividade é juntar todos esses materiais já consumidos e fazer uma feira de trocas com amigos, parentes, vizinhos e alunos de outras turmas. Assim, todos terão novas histórias para ler e o melhor: sem gastar dinheiro.

 

Confira mais sugestões no Guia de Férias 2017: Diversão com sustentabilidade financeira garantida

 

 

Fonte: DSOP Educação Financeira

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Menor NÃO: Ministro destaca eventos adversos em adolescentes vacinados

Segundo Queiroga, foram identificados 1,5 mil eventos adversos em adolescentes imunizados. “A OMS não recomenda a vacinação de adolescentes

Teatro Municipal lança edital de ocupação do 1° semestre de 2022

Inscrições começaram dia 15 de setembro e vão até 15 de outubro

Avenida Thomaz Alberto Whately tem nova interdição para obras

Bloqueio ocorre para obras do trecho 1 do corredor de ônibus Norte-Sul pelo programa Ribeirão Mobilidade

IMPORTANTE COMPARTILHE: Anvisa e Min. da Saúde NÃO Recomendam a vacinação para Menores de 18 Anos

Não se vê veículos de imprensa ou governantes falando sobre o assunto, muito pelo contrario continuam incentivando a vacina que não tem teste para menores de 18 anos

Vacinados já são 81,7% dos internados em SP

Do total de hospitalizados, 51,6% (325 doentes) já foram totalmente imunizados, com as duas doses, (34,6%) com Coronavac.
- PUBLICIDADE -