InícioAtualidadesRetrospectiva 2021: conheça as principais notícias de março

Retrospectiva 2021: conheça as principais notícias de março

O mês de março começou com 18 estados brasileiros mais o Distrito Federal com ocupação de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) para covid-19 em mais de 80%, sendo que dez estavam com ocupação acima de 90%.

- continua após a publicidade -

O mês de março começou com 18 estados brasileiros mais o Distrito Federal com ocupação de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) para covid-19 em mais de 80%, sendo que dez estavam com ocupação acima de 90%. Com o avanço da pandemia, a busca por mais imunizantes se intensificou. Governadores de 18 estados e do Distrito Federal visitaram as instalações da União Química, que seria responsável por produzir a vacina e pediram celeridade à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para aprovação do imunizante.

Por parte do governo, foi sancionada a lei que autorizava a União a aderir à estratégia Covax Facility, aliança internacional da Organização Mundial da Saúde (OMS) voltada para aquisição e distribuição de vacinas a diversos países.

Por parte do governo, foi sancionada a lei que autorizava a União a aderir à estratégia Covax Facility, aliança internacional da Organização Mundial da Saúde (OMS) voltada para aquisição e distribuição de vacinas a diversos países.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Foi também em fevereiro que o Ministério da Saúde assinou a intenção de compra das vacinas da Pfizer e da Janssen.

Março também foi o mês da primeira vacinação em massa contra o coronavírus. A escolhida foi a cidade de  Serrana (SP). A população participou de estudo clínico do Instituto Butantan para medir a eficácia da CoronaVac contra a disseminação do novo coronavírus.

E no fim do mês – mais precisamente no dia 23 – o então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, deixou o cargo. No lugar dele, assumiu o médico cardiologista Marcelo Queiroga. O novo ministro destacou a importância de a população se engajar nas medidas de prevenção à covid-19, incluindo o uso de máscaras e distanciamento social.

Alíquota Pis/Cofins zerada

Logo no início do mês, o presidente Jair Bolsonaro zerou a alíquota PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha com o objetivo de diminuir os tributos sobre esses itens e, dessa forma, tentar conter o avanço dos preços. No dia 16, o Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI) decidiu incluir a Eletrobras, os Correios e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) no Programa Nacional de Desestatização (PND).

arquivo

Política

No início do mês, no dia 4, o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral foi condenado a mais dez anos de prisão, que se somaram a 332 anos de reclusão por crimes de fraudes investigados pela Operação Lava Jato. No mesmo dia, outro ex-governador do Rio, Antony Garotinho, teve a pena aumentada e se tornou inelegível por oito anos.  No dia 8, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu anular as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Lava Jato. O ministro entendeu que a 13ª Vara Federal em Curitiba não tinha competência legal para julgar as acusações.

Auxílio emergencial

Ainda em março, o presidente Jair Bolsonaro enviou ao Congresso Nacional a medida provisória que institui o Auxílio Emergencial 2021, para atender à população mais vulnerável. O texto prevê o pagamento de quatro parcelas mensais de R$ 250, em média.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?
- PUBLICIDADE -