Home » Cidades » BNDES autoriza linha de crédito de R$ 37,4 milhões para obras de mobilidade urbana

BNDES autoriza linha de crédito de R$ 37,4 milhões para obras de mobilidade urbana

Os valores de contrapartida são usados, entre outras ações, para a desapropriação de áreas particulares para a implantação das obras.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou nesta segunda-feira o empréstimo-ponte para as obras de mobilidade urbana de Ribeirão Preto. Os recursos, pouco mais de R$ 37,4 milhões, serão utilizados na contrapartida das obras viárias orçadas em cerca de R$ 320 milhões.

“O BNDES informou não ter nenhuma restrição e devemos assinar o contrato até o final deste mês. Com isso damos andamento às obras de mobilidade urbana que trará grandes melhorias para a cidade”, afirmou o prefeito logo após ser comunicado da liberação.

Após a confirmação dos recursos, serão retomados os processos licitatórios para os projetos executivos e, depois, para a realização das obras. A contratação de empresas para as obras dependem dos projetos executivos, que também estimam o custo do trabalho.

Funcionários trabalham na duplicação: melhoria viária beneficiará população de vários bairros

Os valores de contrapartida são usados, entre outras ações, para a desapropriação de áreas particulares para a implantação das obras. Única obra do pacote de mobilidade urbana que começou a ser feita foi a duplicação da avenida Antônia Mugnatto Marincek, na zona Leste.

Lá já foram feitas algumas desapropriações com recursos próprios da prefeitura, no valor aproximado de R$ 2,4 milhões. Outras desapropriações devem acontecer em outras etapas da obra, com valores estimados em mais de R$ 3 milhões.

Comente

Deixe uma resposta