Início Economia Coronavírus: BNDES anuncia injeção de R$ 55 bilhões na economia

Coronavírus: BNDES anuncia injeção de R$ 55 bilhões na economia

A primeira medida é a transferência de R$ 20 bilhões em recursos do PIS/Pasep para o FGTS, que permitiria novos saques dos trabalhadores.

- continua após a publicidade -

O BNDES anunciou hoje(22) novas medidas para injetar até R$ 55 bilhões na economia com ajuda a empresas e pessoas físicas em meio à crise do coronavírus.

Segundo o banco, esse valor representa quase o total de desembolsos feitos pela instituição em todo o ano de 2019.

As medidas anunciadas durante teleconferência com o presidente Jair Bolsonaro buscam colocar R$ 30 bilhões em setores como aeroportos, portos, energia, petróleo e gás, transporte, mobilidade urbana, saúde, indústria, comércio e serviços.

arquivo

“Nosso objetivo é ter mecanismos que assumam risco para os empreendedores”, disse Gustavo Montezano, presidente do BNDES. A primeira medida é a transferência de R$ 20 bilhões em recursos do PIS/Pasep para o FGTS, que permitiria novos saques dos trabalhadores.

arquivo

Além disso, o banco também anunciou que vai colocar R$ 19 bilhões em refinanciamento de operações diretas feitas com o BNDES, e mais R$ 11 bilhões em indiretas.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

No primeiro caso, haverá suspensão integral de juros por seis meses, além de capitalização do saldo devedor e manutenção do prazo total.

No outro, as bases são as mesmas, mas deve beneficiar mais pequenas e médias empresas

foto internet

Outros R$ 5 bilhões serão destinados ao capital de giro para as empresas que possuem faturamento anual até R$ 300 milhões.

Elas poderiam pedir empréstimos de até R$ 70 milhões com carência de dois anos para começar os pagamentos. O prazo total para o pagamento é de 60 meses, e as empresas não precisam especificar a destinação dos recursos.

“É a vida em primeiro lugar. Mas, por outro lado também, não perdemos emprego é muito importante, porque, afinal de contas, as pessoas que trabalham com essas pessoas que podem ser infectadas lá na frente têm que ter a garantir do seu emprego”, disse o presidente Jair Bolsonaro.

Montezano reforçou a situação financeira do BNDES para justificar os valores envolvidos nas medidas anunciadas hoje.

“O caixa do banco está bem confortável. Estes R$ 55 bilhões representam o valor desembolsado em 2019. Isso aqui é uma jornada, um primeiro passo, não é algo que se encerra agora”, disse. No final da conferência, Bolsonaro elogiou o BNDES.

arquivo

“Tenho certeza de que essas medidas virão de de forma essencial para a manutenção de empregos. Nós vamos vencer o coronavírus, mas a vida continua”, afirmou.

Coronavírus: Informações oficiais e atualizadas de Ribeirão Preto e estado de São Paulo
saiba tudo aqui

foto divulgação

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Pararam tudo menos os impostos, taxas publicas, alugueis, pedágios, multas

Durante um ano brincaram com a população com abre e fecha, quando em Ribeirão nem tínhamos casos. Onde estão os hospitais de campanha e o dinheiro que o governo federal enviou?

Governo suspende recursos da Lei Rouanet para estado com restrição

Medida publicada nesta sexta (5) prevê que não serão analisados recursos de eventos que envolvam interação com o público, uma vez que tudo esta proibido

Prefeitura suspende atendimento presencial aos munícipes a partir de segunda-feira

Para os funcionários concursados e nomeado, este periodo tem sido uma maravilha. Um ano em casa com salário integral e benefícios.

Com restrições, lojistas de shoppings falam em demissões em massa

"O poder público deveria, desde o começo, manter hospitais de campanha, aumentar a testagem, reforçar a oferta de transporte público"

Agendamento para vacinação de idosos entre 80 e 84 anos será reaberto ao meio-dia desta sexta-feira, dia 5

Vacinação será na segunda-feira, dia 8, das 8h30 às 14h30, em 26 salas de vacina nas UBSs (Unidade Básicas de Saúde) distribuídas pela cidade
- PUBLICIDADE -