Início Turismo Turismo no Inverno: Poços de Caldas o charme das montanhas com o...

Turismo no Inverno: Poços de Caldas o charme das montanhas com o jeitinho e comida mineira

- continua após a publicidade -

Partindo de Ribeirão Preto Poços de Caldas fica a 200 km de distancia, com estrada boa, mesmo que em alguns pontos com pista simples. Existem duas opções que podem ser escolhidas, uma passando por Serrana sentido Cajuru, outra pela Anhanguera ate Porto Ferreira, depois seguindo sentido a Casa Branca, nas duas rotas o tempo de viagem é pouco mais de 02:h30, com bela paisagem.
Opções de lazer da estância agradam desde jovens até os mais idosos.
Gastronomia mineira e pontos turísticos tradicionais atraem visitantes.

Com a tranquilidade do interior é um dos destinos preferidos dos turistas. Uma pesquisa mostra que metade daqueles que passeiam pela cidade já visitou a estância pelo menos 10 vezes. A maior parte das visitas ocorre aos finais de semana.

Com pontos turísticos tradicionais e que passam por reativações, Poços de Caldas oferece um turismo barato e com opções que agradam desde os jovens, com esportes radicais em meio às montanhas da Serra da Mantiqueira, até os mais idosos, com as praças, concertos ao ar livre e, é claro, a culinária e gastronomia mineira.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Com mais de 50 hotéis e cerca de 8 mil leitos, Poços de Caldas tem opções de acomodação e hospedagem para diferentes públicos, gostos e bolsos.
Grande maioria dos hotéis oferecem pacotes com pensão completa no proprio estabelecimento, o que torna a estadia ainda mais agradável, pois o café da manhã sempre caprichado e farto agrada a todos os gostos, ja o almoço e jantar, oferecem opções variadas e fartas, sempre oferecendo as sobremesas típicas mineiras. O difícil é manter a dieta.

Para quem gosta de conhecer locais diferentes ou casas noturnas, a cidade oferece também cantinas, bistrôs e locais mais sofisticados, que servem feijão tropeiro, tutu à mineira e outros pratos de culinária típica.

O Mercado Municipal é visita imperdivel, que além dos tradicionais doces, queijos e vinhos, serve também um sanduíche de mortadela típico da terra mineira, com chopp artesanal, que transformou o box em uma nova parada turística-gastronômica.

Já a alimentação também varia de acordo com o gosto e o bolso. Pratos-feitos e executivos podem ser encontrados a partir de R$ 9,90 em restaurantes do Centro da cidade. Outras opções a partir de R$ 15 oferecem até mesmo o tradicional tutu à mineira, em uma refeição bastante ‘servida’, como dizem os mineiros.

Há também cantinas, bistrôs e locais mais sofisticados, que servem feijão tropeiro, tutu à mineira e outros pratos de culinária típica por R$ 50 para duas pessoas.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Outra opção é o Mercado Municipal, que além dos tradicionais doces, queijos e vinhos, serve também um sanduíche e frutas frescas.

Você pode contratar um taxista para conhecer os principais pontos turisticos, mas o diferencial na cidade são os passeios de charretes, que tem seus pontos nas praças do centro e com paciencia levam os turistas aos principais pontos de compras e turismo.

O voo livre é uma das principais práticas da cidade para os mais radicais.
Bem próximo ao Cristo Redentor, na Serra de São Domingos, o passeio é feito com acompanhamento de um instrutor e tem duração de 15 minutos.

A Represa do Bortolan, fica em uma das entradas da cidade:
Possui 3,45 km de área e oferece passeios de escuna, pedalinho e Jet-ski, que podem ser alugados nos bares e hotéis que ficam às margens do local. No local existem quiosques que servem peixes e poções com cerveja gelada.

Thermas Antônio Carlos é uma visita obrigatória.
Totalmente restaurada e ainda com o clima da década de 1930, quando foi inaugurado, o balneário é uma viagem no tempo, tanto pela arquitetura, como pelos móveis e aparelhos expostos. Com banho sulfuroso, escalda-pés, massagens e limpeza de pele, o local atende de terça a domingo.

Na Pedra Balão, formações rochosas seriam resultado de uma explosão do antigo e extinto vulcão que existe onde a cidade teria sido construída.

O local atrai não apenas pela beleza natural, mas pelos arredores, bem decorados e pelo aconchego dos bares e restaurantes. Apesar da proibição de entrada com bebidas e comidas, o local comercializa milho verde, quitutes mineiros e bebidas. Um “pé de latinhas” é uma novidade do ponto turístico, onde os visitantes fazem questão de posar para fotos.

A cachoeira Véu da noiva, é um local de passagem obrigatória, com opções de turismo ao redor e a beleza natural que encanta a quem visita.

Música e Dança fazem parte da cultura da cidade:
Todos finais de semana nas principais praças, musicas em todos estilos e para todos os gostos, desde chorinho tradicional no coreto, como musica e dança cigana, sertaneja e até mesmo dança de rua e eletrônica.
Grupo de Serestas Poços de Caldas
O Grupo de Serestas de Poços de Caldas iniciou suas atividades em 1980. Por ser uma atividade que encanta turistas e moradores da cidade, uma opção de divertimento com ar de nostalgia, o Grupo de Serestas foi declarado de utilidade pública pela Câmara Municipal em novembro de 2009.
Apresentações: Coreto da Praça Pedro Sanches
Horário: sextas, sábados e domingos, das 20h às 22h.

Em datas especiais, ocorrem as sinfonias das aguas, que é um show especial com apresentação da orquestra sinfônica, acompanhada de dança e projeções nos prédios no entorno da praça onde é realizado o evento.
Orquestra Sinfônica de Poços de Caldas
A Orquestra Sinfônica de Poços de Caldas, fundada em 1991, atualmente conta com 80 componentes e 2 maestros. A principal característica desta orquestra é a diversidade de estilos musicais em seu repertório, que pode ir do erudito ao popular. Sua versatilidade vai desde o clássico Mozart ao caipira João Pacífico, do erudito brasileiro Heitor Vila Lobos ao rei do baião Luiz Gonzaga. Outra característica desta orquestra é que, além da música instrumental, ela também acompanha cantores (eruditos e populares).
Fundada em 28 de Julho 1991, teve como sua primeira Presidenta Regina Maria Dias e o primeiro Maestro Sandro Gonçalves Francesquini. A Orquestra interrompeu suas atividades em fevereiro de 2001 e só foi reativada em fevereiro de 2003 já com a eleição do atual Presidente José Airton Nunes e como Maestro Titular Agenor Ribeiro Netto.
Apresentações: Sinfonia das Águas – Parque José Afonso Junqueira

Enfim para um passeio de um dia, ou para o final de semana, para passeio romântico em casal ou para toda família, Poços de Caldas é uma ótima opção de passeio o ano todo, mas em especial neste período quando fica ainda mais charmosa e com suas rua lotadas.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

O preço do arroz subiu, e agora? Bora substituir o cereal em grande estilo

O chef Melchior preparou uma receita saborosa com um acompanhamento ideal para substituir o arroz e salvar o seu bolso em grande estilo.

Mortes no trânsito sobem na região de Ribeirão Preto

Vítimas fatais aumentam em 17% no mês de agosto segundo o Infosiga SP. Índices reduziram em todo o Estado

Dia do Idoso: Autocuidado é ainda mais importante na terceira idade

Podóloga da Doctor Feet ensina rotina de cuidados com o pés, pernas e unhas, na melhor fase da vida

A pandemia e sua influência no relacionamento íntimo das pessoas

De uma hora para outra, fomos obrigados a mudar alguns hábitos, como sair com amigos, fazer um churrasco com toda a famílial, conhecer pessoas.

Vai concorrer a um cargo político? Saiba o que é preciso para estar em dia com a sua contabilidade

Além de todas providencias e seguir uma série de determinações da justiça eleitoral, os candidatos obrigatoriamente necessitam declarar todo o valor, inclusive patrimonial