InícioTurismoSÃO TOMÉ DAS LETRAS: O QUE FAZER NA CIDADE MÍSTICA DE MINAS...

SÃO TOMÉ DAS LETRAS: O QUE FAZER NA CIDADE MÍSTICA DE MINAS GERAIS

Dica de turismo para você fugir da cidade e passar um final de semana ou se programar para o próximo feriado.

- continua após a publicidade -

Você já ouviu falar em São Tomé das Letras? A cidade, localizada em Minas Gerais, é famosa por seu lado místico e muitas cachoeiras. Rodeada por natureza e belezas naturais, São Thomé já foi tema de música de Milton Nascimento e do cantor de reggae Ventania – que está sempre por lá. Uma das histórias mais misteriosas da cidade é que lá existe um portal que leva para Machu Picchu, acredita?

Em São Thomé, você vai se esbaldar em cachoeiras, conhecer grutas, assistir o pôr do sol em lugares excepcionais (e quem sabe ver duendes!) e até mesmo conhecer uma ladeira na qual os carros sobem. Falei que o destino é bem místico, não falei? Prontos para conhecer São Tomé das Letras?

Dicas São Thomé das Letras
São Thomé das Letras | Foto: Malu Pinheiro

O QUE FAZER EM SÃO TOMÉ DAS LETRAS

CENTRO DE SÃO THOMÉ DAS LETRAS

É no centro histórico de São Thomé das Letras que está a maioria das pousadas, bares, restaurantes e até algumas pequenas agências de passeios. Ah, já adianto: você vai subir e descer muitas ladeiras! Dedique um tempo especial para caminhar pelas ruas de pedras e conhecer as ruelas de São Tomé.

Que fazer em São Tomé
Centro de São Thomé das Letras | Foto: Malu Pinheiro

É na principal praça da cidade, a Praça Barão de Alfenas, que está a Igreja Matriz de São Thomé construída em 1785. Logo por ali também fica a Gruta de São Thomé, onde foi encontrada a imagem de São Thome, que deu nome a cidade.

Que fazer em São Tomé
Igreja de Pedra | Foto: Malu Pinheiro
Passeios em São Thome
Igreja Matriz de São Thomé | Foto: Wikimedia Commons
- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Subindo mais algumas ladeiras, você chegará a um dos cartões postais da cidade, a Igreja de Pedra, ou Nossa Senhora do Rosário. Toda construída em pedras, como o nome sugere, ela vale o registro! Sua construção se deu em 1833 e ela foi entregue apenas em 1999. O legal é perceber que não foi usado nenhum tipo de cimento ou argamassa, ela é erguida apenas com o encaixe de uma pedra na outra.

PARQUE MUNICIPAL ANTÔNIO ROSA

Em um dos pontos mais altos de São Thomé das Letras está o Parque Municipal Antônio Rosa que abriga quatro pontos turísticos da cidade, um ao lado do outro:

Que fazer em São Tomé
Parque Municipal Antônio Rosa | Foto: Malu Pinheiro

PEDRA DA BRUXA

Passeios em São Thome
Pedra da Bruxa | Foto: Wikimedia Commons

Bem, o nome se dá pela formação da pedra que, olhando lateralmente, parece desenhar o perfil de uma bruxa. É um dos locais bacanas para ver o pôr do sol.

CRUZEIRO

Também no alto, a cruz foi construída ali no período colonial e até hoje a cidade permanece com a tradição de celebrar a Semana Santa de lá.

CASA DA PIRÂMIDE

Passeios em São Thome
Casa da Pirâmide | Foto: Wikimedia Commons

A atração mais disputada de São Thomé. Ali, as pessoas se juntam para admirar o pôr do sol (o visual é lindo mesmo)! E vale tudo, viu? Tem quem coloque sua canga até mesmo no telhado!

PRAÇA TERAPIA AO PENSAMENTO

Você vai reconhecer esse local rapidinho! Um espaço separado para você juntar pedras, construir sua própria pirâmide e fazer um pedido. Segundo a lenda, quando outra pessoa derrubar a sua construção, seu pedido irá se realizar!

São Thomé das Letras
Essa foi a pirâmide que eu construi | Foto: Malu Pinheiro

ASSISTIR O PÔR DO SOL

O pôr do sol é um dos momentos mais aguardados de quem visita São Thomé – principalmente porque é a hora que dizem que os duendes aparecem. Será que você dá a sorte de ver um?

Para contemplar o visual, existem três pedidas principais: a Pirâmide, o Cruzeiro e a Pedra da Bruxa. Os três ficam dentro do Parque Municipal Antônio Rosa que já comentamos acima. Ah, nada de chegar faltando 5 minutinhos para o horário, viu? O evento é dos mais aguardados e os lugares lotam rapidinho (principalmente se for um fim de semana ou feriado)!

Passeios em São Thome
Foto: Wikimedia Commons

Se você quer evitar muvuca, fuja da Pirâmide. É ali que fica a galera mais jovem e até mesmo ambulantes. Mas, se você curte uma vibe mais musical, pode ser legal pois sempre tem alguém tocando violão!

CONHECER AS CACHOEIRAS DA REGIÃO

Além de todo o lado místico de São Tomé, a vila tem muitas (sim, muitas!) cachoeiras para conhecer! Se você adora tomar um belo banho de cachu, vai se encantar com as diferentes que existem por lá. Ah, vale já mencionar que para chegar na maioria delas é preciso pegar estrada de terra. Prepare-se para isso! Agora, vou falar das principais que estão nos arredores:

CACHOEIRA DA EUBIOSE

Que fazer em São Tomé
Cachoeira da Eubiose | Foto: Malu Pinheiro

Também pertinho do centro, cerca de 3 quilômetros seguindo pela estrada que vai para Baependi, está a cachoeira da Eubiose. A entrada dela é bem sinalizada e, depois de estacionar o carro, basta caminhar por uns 200 metros. A queda d’água não é tão alta, mas o poço é uma delícia! É cobrado uma taxa de R$5 para entrada.

CACHOEIRA DO FLÁVIO

Um pouco mais distante, a 7 quilômetros, também na estrada para Baependi, está a cachoeira do Flávio. A sinalização não é das melhores, mas fique atenta quando avistar a Pousada do Flavio. Também é bastante visitada pelos turistas!

CACHOEIRA VÉU DA NOIVA

Passeios em São Thome
Cachoeira Véu da Noiva | Foto: Wikimedia Commons

A mais longe de São Thomé, mas uma das mais bonitas. A Véu da Noiva, apesar de ser bastante famosa, fica mais distante. São 9 quilômetros em estrada de terra – então, muita gente acaba desistindo de ir! Até chegar a queda principal, seguindo pelo caminho do rio, você passará pela Cachoeira do Paraíso e Cachoeira da Lua de Mel. É cobrado uma taxa de preservação de R$15.

CACHOEIRA DOS ANTARES

São Thomé das Letras
Cachoeira dos Antares | Foto: Malu Pinheiro
Passeios em São Thome
Cachoeira dos Antares | Foto: Wikimedia Commons

Ainda mais longe, a Cachoeira dos Antares foi uma das minhas favoritas de São Thomé! Ela fica a cerca de 15 quilômetros do centro em um desvio da estrada que leva para Conceição do Rio Verde. Também chamada de “Cachoeira da Conquista”, sua queda d’água tem 20 metros de altura. Uma delícia!

VALE DAS BORBOLETAS

Sim, já falamos sobre as cachoeiras, mas o Vale das Borboletas é tão especial que merece um item só para ele! Ela fica bem próximo do centro, apenas a três quilômetros, por isso costuma ter bastante gente (planeje checar bem cedinho)! O acesso se dá por asfalto e estrada de terra.

Que fazer em São Tomé
Vale das Borboletas | Foto: Malu Pinheiro

O complexo tem duas quedas d’água e muita vegetação ao redor. Você pode parar o carro no estacionamento e caminhar por cerca de 100 metros até chegar na cachoeira. Na entrada é cobrada uma taxa de visitação de R$5 e, com sorte, você vai ter que disputar o lugar com borboletas – principalmente se o dia for de muito sol!

São Thomé das Letras
Vale das Borboletas | Foto: Malu Pinheiro
Que fazer em São Tomé
Vale das Borboletas | Foto: Malu Pinheiro

GRUTA DE SOBRADINHO

Tem uns dias a mais em São Thomé? Vale então incluir Sobradinho na jogada, que fica a 20 quilômetros, e ir conhecer a Gruta e a Cachoeira de Sobradinho. Também dá para esticar e ir até os Poços Escondidos (são quatro piscinas naturais: Poço das Esmeraldas, Poço Azul, Poço Cristalino e Poço Verde).

São Thomé das Letras
Gruta de Sobradinho | Foto: Malu Pinheiro
Que fazer em São Tomé
Gruta de Sobradinho | Foto: Malu Pinheiro

A Gruta é bem especial. Ela tem 110 metros de extensão, 6 metros de altura e 3 de largura. Para conhecê-la é preciso ir com os guias da região que fornecem o equipamento e segurança necessário (prepare-se para molhar os pés!). No caminho alguns poços que dá para mergulhar e o seu final é em uma queda de cachoeira deliciosa.

Que fazer em São Tomé
Gruta de Sobradinho | Foto: Malu Pinheiro

É só chegar lá, pagar a taxa de visitação (R$25), esperar juntar uma galera e curtir o passeio! Eles funcionam todos os dias das 08h às 18h.

LADEIRA DO AMENDOIM

A ladeira do Amendoim é mais um dos pontos que revelam o misticismo de São Tomé. Por uma estrada de terra, siga as placas até o determinado momento que você chega em uma ligeira ladeira. Coloque o carro em ponto morto e tcharam! Ele continuará a subir! Saia do carro e veja com seus próprios olhos!

É claro que nada mais é do que uma grande ilusão de ótica – mas é muito mais legal pensar que faz parte dos mistérios da cidade.

São Thomé das Letras
Ladeira do Amendoim | Foto: Malu Pinheiro

No final da Ladeira do Amendoim ainda está a Gruta do Carimbado onde, segundo a lenda, a civilização Inca teria criado uma passagem subterrânea até Machu Picchu. Desde 2012 a gruta está fechada por questões ambientais e não é permitido a entrada. Mas fica a curiosidade, né?

COMO CHEGAR EM SÃO TOMÉ DAS LETRAS

São SÃO TOMÉ DAS LETRAS fica a menos de 400 km de Ribeirão Preto, ou 5 horas de viagem.
Seguindo sentindo Serrana, Cajuru, Guaxupé
Confira a rota aqui>>>>>.

ALUGUEL DE CARRO

Se você não tem carro pode locar ou fazer uso de carona partindo de Ribeirão Preto pelo link do whataspp https://api.whatsapp.com/send?phone=5516997944016

ONDE FICAR EM SÃO TOMÉ DAS LETRAS

No geral, as hospedagens em São Tomé das Letras são bem simples, mas muito aconchegantes.

QUANTO TEMPO FICAR EM SÃO TOMÉ DAS LETRAS

Dá para conhecer as principais atrações de São Thomé das Letras em 2 ou 3 dias. Eu dedicaria 4 dias para conhecer tudo com folga e sem pressa.

Claro que aqui também vale a premissa de evitar feriados, já que a pequena cidade fica bem mais cheia do que em dias normais (muitos turistas aproveitam feriados curtos ou até mesmo um fim de semana para conhecer a cidade). Ninguém merece ter que ficar caçando lugar para ver o pôr do sol, né?

E aí, curtiu nossas dicas de São Tomé das Letras? Já conhece a cidade? Tem alguma sugestão? Deixe nos comentários!

Siga para mais dicas:

https://www.facebook.com/Emubatuba

https://www.facebook.com/UbatubaoParaisoeAqui

https://www.instagram.com/emubatuba/

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Organização IYF e empresas parceiras adotam como missão o desenvolvimento social e econômico do país

A essência da responsabilidade social está em adotar atitudes benéficas e proativas para a sociedade e o meio ambiente.

Cerca de 40 mil pessoas não retornaram para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19

Dados são Vigilância Epidemiológica, que conclama a população a procurar os postos de vacinação e manter o controle da doença

“Concertos Internacionais” apresenta homenagem a Astor Piazzolla

Concerto será transmitido no dia 23 de outubro, às 19h, como parte das comemorações de 91 anos do Theatro Pedro II

Nogueira quer que você receba agua do Rio Pardo nas torneiras

Hoje a agua do DAERP é do aquífero guarani, uma agua mineral será substituída por aguas do Rio Pardo. Você aprova esta mudança?

Atenção: Alerta para tentativa de golpe contra aposentados

Instituto de Previdência orienta beneficiários a não informar dados pessoais ou bancários
- PUBLICIDADE -