Início Turismo RIBEIRÃO PRETO TEM AUMENTO DE 15,5% NA OFERTA DE VOOS, DIZ ESTUDO

RIBEIRÃO PRETO TEM AUMENTO DE 15,5% NA OFERTA DE VOOS, DIZ ESTUDO

Segundo levantamento do Centro de Inteligência da Economia do Turismo, aéreas bateram em 38% a meta de novas frequências em todo o Estado de São Paulo após redução do ICMS sobre o querosene

- continua após a publicidade -

O aeroporto de Ribeirão Preto teve aumento de 15,5% na oferta de voos no segundo semestre de 2019 em comparação com o mesmo período de 2018, como efeito da redução do ICMS sobre o querosene de aviação no Estado de São Paulo. A região fechou o semestre com 3.922 frequências aéreas (uma média de 20 por semana), ante 3.396 de julho a dezembro de 2018. É o que mostra levantamento feito pelo Centro de Inteligência da Economia do Turismo (CIET), da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, em parceria com a Associação Brasileira de Empresas Aéreas (ABEAR) e a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Hoje, o aeroporto de Ribeirão opera voos para 14 cidades brasileiras em dez estados. Com exceção dos principais aeroportos paulistas – Congonhas, Guarulhos e Viracopos – o de Ribeirão tem a maior conectividade do Estado.

Em todo o Estado, as companhias Azul, Gol, Latam e Passaredo abriram 676 novas frequências aéreas semanais a partir dos aeroportos paulistas. O resultado ultrapassou em 38% o compromisso assumido inicialmente pelas empresas de criar 490 novas frequências após a redução do imposto.

“Esse resultado demonstra a correção da medida adotada pelo Governo do Estado, que está distribuindo desenvolvimento por todas as regiões”, disse Vinicius Lummertz, secretário estadual de Turismo.

O aumento da oferta teve impacto em todo o Brasil, com novas frequências para 21 estados e o Distrito Federal. No interior paulista, três novos aeroportos passaram a receber voos regulares: Araraquara, Barretos e Franca, totalizando dez regiões atendidas, sem contar Campinas, Guarulhos e a capital. Mais três estão em previsão para 2020: Guarujá, São Carlos e Votuporanga – todas dependendo de obras de infraestrutura a serem feitas pelas prefeituras ou pelo Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp).

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Sete novos aeroportos de outros estados passaram a receber voos de São Paulo: Guarapuava (Paraná), Montes Claros e Uberaba (Minas Gerais), Rio Branco (Acre), Macaé e Jacarepaguá (Rio de Janeiro) e Sinop (Mato Grosso).

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Prefeito Greca sofre derrame mas não tem nada com a coronavac

Este é o que criou projeto de lei para multar quem distribuir comida a sem-teto sem autorização em Curitiba. Esperamos que ele esteja se alimentando no Hopital.

Anvisa autoriza uso emergencial de coquetel contra a covid-19

estes medicamentos apresentaram uma redução de 70,4% na hospitalização e mortes.

Feriado de Tiradentes: veja o que abre e o que fecha em Ribeirão Preto

Serviços essenciais estão mantidos, assim como a vacinação contra a Covid-19 seguirá normalmente.

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em julho

Trabalhadores informais nascidos em julho começam a receber hoje (20) a nova rodada do auxílio emergencial.

Com verba da Covid prefeitura antecipa 13º salário de aposentados e servidores

No total, a remuneração mensal dessas pessoas atinge a casa dos R$ 120 milhões mensais.
- PUBLICIDADE -