Início Turismo Ribeirão Preto registra mais de 14 mil legalizações para dupla cidadania e...

Ribeirão Preto registra mais de 14 mil legalizações para dupla cidadania e estudos no exterior

- continua após a publicidade -

Passados quatro meses do início da prática de Apostilamento pelos Cartórios – legalização de documentos brasileiros para utilização no exterior para obtenção de dupla cidadania, entre outros fins – como estudar ou exportar produtos para o exterior – os Cartórios de Ribeirão Preto já realizaram aproximadamente 14 mil legalizações, média de 3.500 procedimentos ao mês.

A procura maior do serviço nos cartórios se deu no mês de julho, período que coincide com as férias escolares e com a busca por cursos no exterior. Dados de universidades portuguesas, por exemplo, mostram um aumento significativo e recente na busca de brasileiros por graduação e pós-graduação no País. Só no Consulado Geral de Portugal em São Paulo, por exemplo, o volume de pedidos de visto de estudante nos primeiros cinco meses de 2017 foi 148% maior do que o mesmo período de 2016. Já as solicitações de vistos de residência para estudos de mais de um ano aumentaram 320%.

Para o oficial do 2º Cartório de Registro Civil da Vila Tibério e presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (Anoreg/SP), Leonardo Munari de Lima, tal resultado mostrou-se positivo e decorre da busca cada vez maior da população por novas oportunidades. “Temos visto o aumento constante de pessoas que estão buscando não só a dupla cidadania, mas também a oportunidade de estudar no exterior, fazendo cursos de graduação ou pós-graduação para obterem melhores oportunidades na carreira”, disse.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Regulamentada em agosto de 2016 pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a Convenção da Apostila da Haia agiliza e facilita o processo de legalização de documentos para que os mesmos tenham validade para uso no exterior. O tratado envolve 112 países e foi assinado pelo Brasil em 2015.

Entre os principais documentos que podem ser legalizados em Cartório para ter validade no exterior estão principalmente aqueles relacionados à obtenção de dupla cidadania, como as certidões de nascimento, casamento e óbito, além de diplomas universitários, atestados de antecedentes criminais, procurações, escrituras, matrículas de imóveis, documentos pessoais e administrativos, declarações oficiais em documentos privados, reconhecimento de assinatura, contratos, entre outros.

Até a delegação deste serviço aos Cartórios, para um documento público ter validade no exterior era preciso submetê-lo a uma série de etapas, como a tradução juramentada, a autenticação no Ministério das Relações Exteriores (MRE) e depois reconhecer a autenticação em uma embaixada ou consulado do País estrangeiro, em processo que demorava meses. Agora, basta apenas ir ao Cartório para sair com o documento validado.

A Apostila da Convenção de Haia consiste em um certificado utilizado em território internacional como facilitador de transações comerciais e jurídicas. Através de um selo aplicado pelo cartório confere-se veracidade, valor legal e autêntico ao documento, que pode ser utilizado em todo o Brasil – em caso de documentos produzidos no exterior – e, nos 111 países signatários da Convenção da Haia, em caso de atos originários do País.

Sobre a ANOREG/SP 

A Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (ANOREG/SP) congrega 1.546 mil cartórios distribuídos em todos os municípios do Estado, os quais empregam direta e indiretamente mais de 23 mil pessoas. Entre os objetivos da atividade realizadas pelos cartórios destacam-se a garantia de autenticidade, segurança e eficácia a todos os atos jurídicos. Acesse: www.anoregsp.org.br.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

CoronaVac: Cientistas divulgam relatório e alertam “países que utilizam não conseguirão conter a Covid-19”

Um estudo da Universidade do Chile revelou ser apenas 3% eficaz após a primeira dose, aumentando para 56,5% duas semanas após a segunda.

Em Barretos quem manda é o prefeito e peita o ditador de SP

Barretos libera abertura de lojas, academias, salões de beleza, bares e restaurantes na fase vermelha

CPI da Covid vai investigar Presidente, Governadores e prefeitos

Por vontade do STF a investigação seria apenas contra o presidente, mas os estados e municípios foram incluídos. Mais uma pizza com dinheiro publico.

Trecho da av. Independência será interditado nesta quarta (14)

Bloqueio será realizado para as obras do corredor Norte-Sul 2 e 3, pelo programa Ribeirão Mobilidade

Concurso público para bolsistas do Programa de Aprimoramento estão com vagas abertas em Ribeirão Preto

Serão contratados profissionais de Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Nutrição, Psicologia e Terapia Ocupacional; inscrições irão até dia 30 de abril
- PUBLICIDADE -