InícioTurismoMochilão e pé na estrada: Estadia de graça e trabalho voluntário viajando...

Mochilão e pé na estrada: Estadia de graça e trabalho voluntário viajando ao redor do mundo

- continua após a publicidade -

O desejo de muitos jovens é desbravar o planeta com uma mochila nas costas. Todavia, muitas vezes, sobra idealismo, mas falta dinheiro para realizar o sonho, mesmo em viagens de baixo custo, com estadia em albergues.

Para juntar estes jovens com um modo de vida mais sustentável, foi criado, em 1971, na Inglaterra, o programa de intercâmbio WWOOF, também conhecido como Organic Farms.

A ideia do movimento internacional é conectar viajantes, dispostos a fazer trabalho voluntário, a produtores de alimentos orgânicos do mundo todo.

O intercâmbio funciona da seguinte maneira: primeiramente o interessado em participar do WWOOF escolhe um destino (há fazendas cadastradas em mais de 120 países: Reino Unido, Nigéria, Chile, Brasil, Índia, França, Alemanha…), depois seleciona em uma lista onde deseja fazer o trabalho voluntário e por último, é só fazer as malas.

Os viajantes voluntários trabalham nas fazendas, aprendendo mais sobre o plantio de alimentos orgânicos, criação de animais e a agricultura sustentável. Em troca, ganham a estadia gratuita.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

No Brasil, há uma lista enorme de produtores membros do WWOOF. Tem fazendas no Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Bahia, Minas Gerais, Goiás e diversos outros estados.

No site do WWOOF Brasil, os interessados encontram informações detalhadas sobre as fazendas que oferecem a acomodação de graça em troca de trabalho voluntário: tipo e tamanho da propriedade, cultivos, línguas faladas pelos anfitriões, acomodação e alimentação oferecidas e descrição da família.

Para participar do programa, a única despesa é se associar ao WWOOF do local em que você pretende se hospedar. A taxa é uma anuidade, que varia de preço de país para país, mas em geral, é bem baratinha. Como a entidade é uma organização sem fins-lucrativos, o valor é utilizado para manutenção de sites e outras ferramentas de auxílio aos WWOOFers, como são chamados os hóspedes.

É preciso ter no mínimo 18 anos para ser um WWOFFer. Mas crianças acompanhadas dos pais são aceitas em muitas fazendas.

No mundo todo há um crescimento da agricultura orgânica.

Nos países europeus, a área de cultivo de alimentos sem o uso de agrotóxicos passou de 5 milhões de hectares em 2002 para 11,1 milhões em 2015. Isso reflete diretamente o aumento da demanda do consumidor, que busca ingredientes mais saudáveis e saborosos, sem resíduos de substâncias químicas, comumente associadas ao aparecimento de doenças, como o câncer.

E aí, interessado em fazer uma viagem diferente nestas férias?

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Enfermeira do SAMU é detida por desacato e omissão de socorro em Ribeirão

De acordo com registro policial, a mulher teria sido grosseira e ofendido policiais militares; o caso está sendo apurado

Rebeca Andrade faz historia em Tóquio e é prata

É a primeira brasileira a ganhar uma medalha na categoria.

Mãe drogada, Abusada, Pressionada, Simone não aguentou

A estrela das Olimpíadas teve uma vida terrível. Separada da mãe viciada, abusada sexualmente por médico do Comitê de Ginástica Norte-Americano, cobrada por recordes.

Chuva de meteoros será visível em todo o Brasil nesta madrugada

Delta Aquariidis deixará de 20 a 30 rastros luminosos cruzando o céu a cada hora durante o pico do fenômeno

Concurso público em Ribeirão Preto abrem inscrição dia 2 de agosto

Com 62 vagas, concurso contempla nove áreas para profissionais de níveis médio e superior; salários variam entre R$ 2,7 mil e R$ 5,9 mil
- PUBLICIDADE -